JLo exonera general “Dino”

O chefe de Estado angolano exonerou hoje de funções nas casas de Segurança e Militar do Presidente da República três oficiais generais, entre os quais o tenente-general Leopoldino Fragoso do Nascimento “Dino”, considerado um dos maiores empresários do país. De acordo com uma nota divulgada pela Casa Civil do Presidente da República, João Lourenço exonerou os três oficiais generais ao abrigo da Lei de Defesa Nacional e das Forças Armadas “e depois de ouvido o Conselho de Segurança Nacional”. Além do tenente-general Leopoldino Fragoso do Nascimento “Dino”, que até agora…

Leia mais

Sonangol Tra(ns)figura
e reforma Dino e Kopelipa

A petrolífera angolana Sonangol anunciou hoje a contratação de duas empresas internacionais de “trading” e refinação para fornecimento de combustíveis, o que representa o fim do monopólio da Trafigura. De acordo com informação disponibilizada hoje pela Sonangol, o concurso público para este efeito foi lançado a 17 de Janeiro, com o convite dirigido a 20 das maiores empresas internacionais do sector, das quais 11 apresentaram propostas. Após um processo de negociação, que decorreu desde 1 de Fevereiro, e na sequência de uma “avaliação de economicidade das propostas”, foram contratadas as…

Leia mais

Miala “activa” fantasmas
de Eduardo dos Santos

O Presidente da República destacou hoje, em Luanda, a importância dos serviços de inteligência na garantia da defesa e soberania de Angola. João Lourenço falava na cerimónia de tomada de posse do novo chefe do Serviço de Inteligência e Segurança do Estado (SINSE), general Fernando Garcia Miala. Oo Palácio Presidencial, o Chefe de Estado disse que o general Fernando Miala, embora empossado numa conjuntura de paz no país, não deixa de ter grandes desafios na sua missão. Segundo o Presidente, a experiência deste responsável militar, que já havia exercido o…

Leia mais

Portugal diz que investiga.
Kopelipa ri às gargalhadas

O general dos generais angolanos do MPLA (versão José Eduardo dos Santos), Manuel Hélder Vieira Dias “Kpelipa” estará a ser investigado pelo Ministério Público português por suspeitas (obviamente falsas ou não fosse o regime que nos desgoverna desde 1975 o mais impoluto dos impolutos regimes à face da Terra) de branqueamento de 402 milhões de euros, em Portugal. Segundo noticia este sábado o Correio da Manhã (CM), jornal português que o MPLA (ainda) não conseguiu comprar, o valor terá dado entrada em contas pessoais do generalíssimo e de offshores, entre…

Leia mais

Um ratinho que ameaça
fazer cair a montanha

A propósito da “Operação Fizz” está a levantar-se em Angola um alarido monstro, semelhante ao que pudesse levar uma montanha a ameaçar desabar por causa dum rato! Mas as provas de que houve crime são irrefutáveis. Nunca será demais repetir, tão cegos são os dirigentes mais radicais do MPLA, a evidência desse crime de lavagem de dinheiro sujo na compra de três sumptuosos apartamentos na freguesia do Estoril, perto de Lisboa, Portugal, é insofismável e as provas chegam e sobram para prender qualquer gatuno que assim proceda. Mas não é…

Leia mais

Factos da “Operação Fizz”

No passado dia 9 deste mês houve debate na Rádio MFM, um verdadeiro debate consagrado à impugnação de que foi alvo o ex-vice-presidente da República de Angola, Manuel Vicente. Aqui adiante expomos o que os factos fundamentais de um banal acto criminoso de lavagem de dinheiro, falsificação de documentos e corrupção, activa e passiva, a justificar a intervenção da justiça portuguesa. A Operação Fizz começou em Abril de 2011, altura em que Manuel Vicente, PCA da gigantesca petrolífera Sonangol desde 2009 até Janeiro de 2012 e vice-presidente da República de…

Leia mais

A soberania pertence
ao Povo e não ao MPLA

O presidente e cabeça-de-lista da UNITA às eleições gerais angolanas realizadas quarta-feira apelou à população para defender a “soberania expressa nas urnas” e para que se assuma como “procurador” de um eventual crime de manipulação de resultados eleitorais. Isaías Samakuva, falava em Viana, arredores de Luanda, numa declaração ao país para abordar o processo eleitoral, depois de a Comissão Nacional Eleitoral (CNE – sucursal do MPLA) ter divulgado resultados provisórios – que o partido não reconhece – dando a vitória ao MPLA, com 61% dos votos e a eleição de…

Leia mais

Da bajulação jessiana
à imérita justificativa

Os arautos da bajulação têm-se desdobrado em maratonas justificativas e explicativas, na media governamental e afins, quanto a mais uma violação da CRA (Constituição da República de Angola), no caso, dos artigos 120.º, 129.º, 130.º, 131.º, 132.º, por parte do Titular do Poder Executivo, José Eduardo dos Santos elevado, partidocrata e legislativamente, a imérito, perdão quiseram que fora emérito. Por William Tonet Uma ou outra não careciam, face aos danos causados à imagem do próprio bajulado. O imerismo é um adjectivo abjecto, originário do latim “immeritus”, que servia para rotular…

Leia mais

Usurpação da Presidência

Um Despacho Presidencial, com o n.º 147/17, datado de 26 de Junho e apenas divulgado na semana passada. No documento, José Eduardo dos Santos, o ainda presidente de Angola, determinou que o general Manuel Hélder Vieira Dias Júnior «Kopelipa», ministro de Estado e chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, passa a “responder pelos assuntos do Gabinete do Vice-Presidente da República enquanto durar a ausência daquela entidade”. Por Sedrick de Carvalho A entidade é Manuel Vicente, que, segundo o despacho, anda ausente do país numa visita privada mas…

Leia mais

“Quem manda não é Kopelipa”

O dirigente do MPLA Bento dos Santos “Kangamba”, general cujo prestígio militar o leva a já não ter ombros suficientes para tantas estrelas, negou hoje que a Presidência do seu tio, José Eduardo dos Santos, esteja a cargo do general “Kopelipa”, ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, garantindo que a Constituição está a ser cumprida. E se ele garante… Com tradução para português, “Kangamba” disse que, “entre nós, os políticos e generais, ninguém substitui o Presidente, e se há alguém a dizer que…

Leia mais