BRANQUEAR O MPLA, CONSPURCAR A OPOSIÇÃO E ACUSAR PORTUGAL

A Cedesa, entidade que estuda assuntos da África Austral mas com destaque para Angola e que tem sede em Lisboa, diz que o país se tornou “um aliado importante” dos EUA e que “um falhanço americano” nas relações com os angolanos seria “um falhanço global” da estratégia norte-americana face à China. “A atitude dos EUA face a Angola sempre foi ambivalente, e não será agora que irá enveredar por um caminho de confronto, quando Angola se tornou um aliado importante, por dois motivos muito reais”, começa por referir a Cedesa…

Leia mais

NINA NÃO DEIXA SAUDADES

Nina Maria Fite, a embaixadora cessante dos Estados Unidos em Angola (já foi substituída pelo diplomata, nascido na República Democrática do Congo, Tulinabo Salama Mushingi), voltou a elogiar, em Luanda, o processo de reformas económicas em curso no país. Foi suficiente para o órgão oficial do MPLA (Jornal de Angola) escrever: “EUA elogiam reformas económicas em Angola”. A diplomata americana, fez essas projecções à imprensa no termo da audiência que lhe foi concedida, na Cidade Alta, pelo Presidente da República, João Lourenço, a quem foi apresentar os cumprimentos de despedida.…

Leia mais

Moco pariu (mais) um camundongo

À margem da Assembleia-Geral das Nações Unidas, o presidente angolano (não nominalmente eleito) recordou uma história muitas vezes esquecida, a de que os primeiros escravos que chegaram ao que hoje se chama EUA, eram oriundos de Angola. João Lourenço, igualmente presidente do partido que governa o país há 46 anos, encontrou-se com uma descendente destes primeiros africanos. Faz parte da família Tucker e é descendente desses primeiros africanos, de que a história reza, e que chegaram por mar à América do Norte vendidos, em 1619, por um traficante de escravos,…

Leia mais

Joe Biden é rico e mal-agradecido

Segundo o DIP (Departamento de Informação e Propaganda do MPLA), via Jornal de Angola (JA), vários temas de interesse comum entre Angola e os Estados Unidos da América estiveram em análise, em Washington, durante o encontro que o Presidente João Lourenço teve com o conselheiro de Segurança americano, Jake Sullivan. O encontro, com a duração de mais de uma hora, diz o DIP, foi considerado “excelente” pela embaixadora dos Estados Unidos em Angola, Nina Maria Fite, que lamentou a impossibilidade de Joe Biden estar presente devido a compromissos inadiáveis (tinha…

Leia mais

Se não fosse o MPLA o que seria dos EUA?

O Chefe de Estado angolano, João Lourenço, vai ser amanha homenageado, em Washington (EUA), pela Fundação Internacional para a Conservação do Ambiente (ICCF), pelo envolvimento em iniciativas de defesa ambiental, refere – é claro – uma nota da Secretaria de Imprensa do Presidente da República que substitui os jornalistas nesta deslocação. Na gala de homenagem da ICCF o Presidente João Lourenço irá puxar dos seus galões e, na presença de altas figuras da política local e internacional, com realce para a presença do homólogo colombiano, Iván Duque Márquez, e congressistas…

Leia mais

Nova aliança militar para travar a China

Estados Unidos da América, Austrália e Reino Unido anunciaram um acordo histórico de segurança no Indo-Pacífico, tendo como principal objectivo conter o avanço da China. Negociado em segredo, o pacto militar, conhecido como Aukus, permitirá por exemplo que a Austrália construa submarinos de propulsão nuclear pela primeira vez, a partir de tecnologia americana. Além disso, o acordo também inclui áreas como inteligência artificial, tecnologia quântica e cibersegurança. Essa é a maior parceria no sector de defesa em décadas para esses países, que têm demonstrado preocupações nos últimos anos com a…

Leia mais

Foi há 20 anos

Na manhã desse 11 de Setembro de 2001, 19 terroristas sequestraram quatro aviões comerciais de passageiros, levando-os a colidir dois deles contra as Torres Gémeas do complexo empresarial do World Trade Center, na cidade de Nova Iorque, nos EUA. O terceiro avião de passageiros colidiu contra o Pentágono, a sede do Departamento de Defesa dos EUA, no Condado de Arlington, Virgínia, nos arredores de Washington, D.C. O quarto avião caiu num campo aberto próximo de Shanksville, na Pensilvânia, depois de alguns de seus passageiros e tripulantes terem tentado retomar o…

Leia mais

Do MPLA de Trump ao Trump do MPLA

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, disse hoje, numa mensagem escrita de felicitações pelo dia da independência dos EUA, 4 de Julho, enviada ao seu homólogo norte-americano, que os dois países estão no “caminho certo” para “importantes realizações conjuntas”. João Lourenço, endereçou uma mensagem de felicitações ao Presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden, por ocasião do dia da independência daquele país, que se celebra a 4 de Julho, enaltecendo os esforços feitos pelos dois países no sentido do “estreitamento contínuo” das suas relações. “Os nossos dois…

Leia mais

MPLA não só promete como… promete

O ministro da Justiça e dos Direitos Humanos angolano, Francisco Queiroz, reconheceu hoje que o país ainda não atingiu a primeira posição dos padrões para eliminar o tráfico de seres humanos, mas está a esforçar-se para atingir o ponto de excelência. Não pediu desculpa nem anunciou o fornecimento gratuito de certidões às vítimas. “Para estarmos na posição 1 teríamos que não ter nenhuma manifestação de tráfico de seres humanos dentro do país, nas fronteiras e estar totalmente livres deste mal. Infelizmente, ainda não atingimos esse patamar, mas é um esforço…

Leia mais

Tráfico e exploração de crianças em Angola

Jovens e crianças angolanos, de ambos os sexos, são explorados por traficantes no seu próprio país e fora dele, alerta o relatório do Departamento de Estado norte-americano sobre tráfico de seres humano, hoje divulgado. Numa espécie de país que tem 20 milhões de pobres… vale (quase) tudo. “Os traficantes exploram angolanos, incluindo jovens de 12 anos em trabalhos forçados no fabrico de tijolos, no serviço doméstico, construção, agricultura, pescas e exploração artesanal de diamantes e outros sectores de mineração”, refere o relatório. Segundo o documento, meninas angolanas com 13 anos…

Leia mais