FAMÍLIA CONFIRMA ESTADO CRÍTICO E PEDE PRIVACIDADE

A família de José Eduardo dos Santos pediu hoje respeito pela sua privacidade num momento em que se mantém “crítico e delicado” o quadro clínico do antigo chefe de Estado angolano. “A família do engenheiro José Eduardo dos Santos, que agradece todas as mensagens de carinho, apoio e as orações que tem recebido, solicita que, neste momento tão difícil, seja respeitada a sua privacidade”, refere um comunicado divulgado em nome da família. Os filhos agradecem “o reconhecimento, o alto grau de estima, o interesse expressado pela sua saúde e bem-estar,…

Leia mais

EDUARDOS DOS SANTOS, “O PACIENTE”

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, afastou hoje a possibilidade de o Governo decidir sobre o tratamento médico do antigo Presidente angolano José Eduardo dos Santos, vincando que “a decisão é geralmente da família”. Já agora, só faltava mesmo ser João Lourenço a decidir. Mas, com o MPLA, nunca se sabe… Questionado pelos jornalistas sobre se a sua presença junto à clínica onde José Eduardo dos Santos está internado significa que o Governo dará orientações aos médicos para desligarem as máquinas, o governante respondeu: “Não, quando se…

Leia mais

INICIADA HÁ 100 ANOS. UMA FAMÍLIA DE DIFERENTES FEITOS IGUAIS

Fez como faziam outros colonos que por aqueles tempos antigos chegavam a uma terra, Angola, onde rareavam mulheres brancas em idade casadoira. “Amigou” com uma nativa, negra. Da vida em comum que viria a ser a sua nascem três filhas. O porvir de todas elas, mãe e filhas, é o que mais cuida de acautelar quando chega a hora de casar – um passo dado sem contar na sua primeira vinda à Metrópole, mais de vinte anos depois de ter partido. A honradez com que o fez António Gomes, o…

Leia mais

QUEM NÃO SE RESPEITA A SI PRÓPRIO…

Os teus pais têm motivos de sobra para serem respeitados, independentemente do que te tiverem feito de errado ou do tipo de pessoa (de más atitudes) que tenham demonstrado ser nos últimos tempos da tua história de vida. Eles são, acima de serem teus pais, seres humanos, portanto, por natureza, falíveis. Por Fernando Kawendimba Psicólogo e escritor Devemos respeitar alguém pelo que é, mas também pelo que devia ter sido. Há aqueles que não assumem a paternidade, não oferecem assistência socio-económica, não transmitem valores, para além dos contra-valores que deles…

Leia mais

SER FAMILIAR E TER FAMÍLIA

Óbvia e objectivamente, tu não és um ser isolado no mundo; és alguém pertencente a grupos com características diferentes e iguais às tuas. Nasceste num grupo ao qual estás ligado por laços consanguíneos, mas também afectivos, de afinidade, suscitando nos membros um espírito de pertença: na família, esse corpo não só físico, os membros pertencem-se. Por Fernando Kawendimba Escritor A familiaridade é a maternidade para o parto natural da felicidade. Tens uma necessidade de companhia agradável, própria ou alheia, insaciável. A tua vida quotidiana faz sentido se estiveres com alguém,…

Leia mais

Dos Santos fez de Angola
uma empresa unipessoal

Uma antiga correspondente da agência France-Presse e da RFI – Rádio França Internacional em Angola, Estelle Maussion, descreve, num livro que será lançado amanhã, quarta-feira, que o antigo Presidente angolano, José Eduardo dos Santos criou “um sistema” que tomou o país e não antecipou “a ruptura” que o seu sucessor iria fazer. “José Eduardo dos Santos é a personagem principal deste livro. Tem uma trajectória fascinante, chega ao poder aos 36 anos, quando há muitos conflitos, instaurou um sistema político e económico. Para além da conjuntura, ele é alguém muito…

Leia mais

Por que devo continuar a viver em Angola?

Já me ocorreu – especialmente pouco depois que fui libertado da cadeia – a ideia de pegar na família e instalar-me num país do Ocidente, sim, abandonar Angola e não querer mais ouvir falar deste país onde nasci há quase 35 anos. Por Nuno Álvaro Dala Na verdade, a referida ideia continua a ocorrer-me, e tem sido assim especialmente nos últimos 3 anos. Não apenas por causa do Processo em si. Têm concorrido para tal ideia, as complicações imensas relacionadas com os tremendos danos, provocados pelo Estado, que jamais serão…

Leia mais

Vingança servir-se-á fria?

Não tenho dúvidas nenhumas que se as eleições presidenciais de Angola dependessem dos votos dos portugueses ou até dos restantes habitantes do planeta Terra incluindo os africanos, JLo ganharia com percentagens estalinistas tal a forma eficiente como a máquina propagandista emepeliana trabalha. Por Brandão de Pinho Todavia para já e até ver – mesmo que porventura nem todos possam poder exercer o direito de voto nas autárquicas – só os angolanos inscritos nos cadernos eleitorais poderão participar no escrutínio para eleger o próximo presidente da República de Angola. Muitas vezes…

Leia mais

Ajudemos o Nicolas

Os amigos e colegas do activista cívico Fernando António Tomás, mais conhecido por “Nicolas o Radical”, lançam um dramático apelo, ao qual o Folha 8 se junta solidariamente, para que seja prestada ajuda a este compatriota que vive momentos dramáticos: «S abemos que constituímos um povo generoso e solidário. Muitos de nós, temos ajudado várias pessoas que nem sequer conhecemos pessoalmente, em inúmeras situações, metendo sempre em primeiro lugar os interesses do nosso próximo. Neste momento estamos a necessitar de ajuda urgente para um companheiro de luta, o nosso irmão,…

Leia mais

SIC não sabe do criminoso? Então prende a mulher e a filha (e o cão que se cuide)

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) de Angola continua a andar em sentido contrário à Constituição e à lei, prendendo arbitrariamente cidadãos, que nada têm a ver com práticas delituosas. Para além do espírito de alcateia, explicam – nada explicando – que apenas cumprem as inimputáveis “ordens superiores”. Como nos velhos tempos do fascismo e ditadura, umas vezes prendem inocentes, para investigar, outras, abusadamente, são levados, como moeda de troca, visando que o foragido se entregue por, no seu lugar, estarem os pais (mãe ou pai), a mulher ou os…

Leia mais