UNITA, PRA-JA e BD dão xeque (quase mate) ao MPLA

Os líderes da UNITA (Adalberto da Costa Júnior), do PRA-JA SERVIR ANGOLA (Abel Epalanga Chivukuvuku) e do BLOCO DEMOCRÁTICO (Justino Pinto de Andrade) radiografaram hoje, em conferência de Imprensa, o estado da nação (do MPLA), afirmando que “acompanham com preocupação a tendência do Partido no Poder de mergulhar o país num caos, comprometendo as conquistas políticas, sociais e económicas”. Eis a minuciosa análise conjunta dos três partidos que, desde logo, poderá significar um marco decisivo na evolução do país, pondo o detentor do poder há 45 anos, o MPLA, em…

Leia mais

Não basta ter razão

“O Bloco Democrático (BD) apoia a resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas de 1 de Julho, sobre um “cessar-fogo imediato e abrangente” em todos os conflitos que se registam no mundo, numa altura em que a humanidade se confronta com uma ameaça de dizimação global cuja mitigação exige a coordenação de esforços e de ampla solidariedade, incluindo de todas as partes em conflitos. Os países poderosos e belicistas têm gasto imensos recursos financeiros, materiais e de investigação para produzirem armas mortíferas, relaxando o investimento na educação, saúde e…

Leia mais

BD pede ajuda ao Povo

O Bloco Democrático (BD), é um partido político legal, registado no Tribunal Constitucional de Angola, pelo Despacho nº 34/TC/2010, do seu Juiz Presidente, datado de 20 de Outubro de 2010. Ressalta das suas linhas programáticas, a defesa da Democracia e da Justiça Social, sendo seu objectivo maior “Fazer de Angola uma potência económica de dimensão atlântica para enriquecer os angolanos”, instaurando um regime de liberdade, num Estado Social de Direito. De acordo com um seu comunicado, “as brigadas de recolha de assinaturas do Bloco Democrático – BD estão em acção…

Leia mais

Eleições a 23 de Agosto
com o BD dentro da CASA

Os líderes dos principais partidos da oposição angolana, UNITA e CASA-CE, concordaram com a data de 23 de Agosto para a realização de eleições gerais, apelando para que sejam “livres, justas e transparentes”. Repete-se o apelo e, ao que tudo indica, também se vai repetir o ADN do regime: a fraude. A posição foi expressa no final da reunião do Conselho da República, que aprovou por unanimidade a proposta do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, para a realização de eleições gerais no dia 23 de Agosto deste ano.…

Leia mais

Sondagem da FoA dá vitória (40,4%) à CASA-CE

Uma sondagem feita pela organização da sociedade civil Friends of Angola (FoA), sedeada nos Estados Unidos da América, aponta que, caso as eleições previstas para este ano sejam justas, a coligação eleitoral CASA-CE vence o pleito. Asondagem durou um mês – de Dezembro de 2016 a Janeiro do ano em curso -, e atribui 40,4 por cento dos votos à coligação chefiada por Abel Chivukuvuku, organização política criada quatro meses antes das eleições de 2012 e que, ainda assim, conquistou oito lugares na Assembleia Nacional. No total foram sete os…

Leia mais

Oposição abandonou o parlamento (do MPLA)

Os deputados da FNLA, UNITA, CASA-CE e PRS, abandonaram hoje a sessão parlamentar. Em causa está a inclusão para discussão e votação na generalidade – proposta hoje pelo MPLA – dos projectos de Lei do Regimento da Assembleia Nacional, da Lei Orgânica do Sistema de Informação e Gestão dos Processos Eleitorais, bem como a Lei de Alteração à Lei Orgânica sobre as Eleições Gerais, previstas para 2017. O Bloco Democrático (BD) já reagiu saudando e solidarizando-se com a Oposição e recordando que “estas eleições de 2017 já começaram mal, e…

Leia mais

Seis anos de Bloco Democrático

Foi no dia 4 de Julho de 2010 que um conjunto ainda restrito de indivíduos de várias proveniências políticas e partidárias, animado pelo sentir único de contribuir para o desenvolvimento democrático de Angola, decidiu dar corpo à ideia de criar um partido político capaz de materializar tal objectivo. Assim nasceu o Bloco Democrático, Para o qual o capital político da auto-extinta FpD – Frente para a Democracia – foi decisivo. Desde então, o Bloco Democrático tem sobrevivido a todas as tentativas de o enfraquecer e mesmo até silenciar, desde o…

Leia mais

BD deplora agressão a jornalista da Voz da América

BD deplora agressão a jornalista da Voz da América - Folha 8

O Bloco Democrático (BD), “tomou conhecimento dos actos de agressão de que foi vítima o Jornalista da Voz da América, Manuel José, por parte de nove elementos das Forças Armadas Angolanas – FAA, armados com metralhadora Kalashnikov, e três da DNIC, com pistolas em punho”. E is o comunicado do BD: “Manuel José, foi algemado com as mãos às costas e barriga ao solo, depois de ver doze armas de fogo apontadas a si, posteriormente pisoteado, com botas militares, e insultado verbalmente, pelos agressores – que supostamente estariam ao serviço…

Leia mais

Oposição exige eleições autárquicas em 2015

Oposição exige eleições autárquicas em 2015 - Folha 8

A oposição em Angola insiste que há condições para que as eleições autárquicas sejam realizadas antes de 2017 e rejeitou os argumentos do presidente José Eduardo dos Santos que disse que provavelmente só em 2017 haverá condições para tal. AUNITA, por exemplo, pensa que se houver vontade por parte do Presidente da República as autarquias podem ser uma realidade em 2015. Com efeito, o líder da bancada parlamentar do partido do Galo Negro, Raúl Danda, considera que as razões avançadas por Eduardo dos Santos, como obstáculos, para a implementação das…

Leia mais

Existe democracia? “Sim”, diz o MPLA. “Não”, dizem todos os outros

As forças opositoras ao MPLA, partido que governa Angola desde 11 de Novembro de 1975, dizem haver um grande défice de  princípios democráticos no país. O partido no poder realça os ganhos da paz para o país. Um grupo de ONGs organizou a conferencia sobre a paz, reconciliação nacional e democracia. A organização pretendia ouvir a versão dos três movimentos de libertação nacional, hoje partidos, sobre a paz, o processo de reconciliação nacional e da democracia em Angola. O historiador Almerindo Jaka Jamba a representar a UNITA  considerou haver ainda muito por fazer,…

Leia mais