UNITA, PRA-JA e BD dão xeque (quase mate) ao MPLA

Os líderes da UNITA (Adalberto da Costa Júnior), do PRA-JA SERVIR ANGOLA (Abel Epalanga Chivukuvuku) e do BLOCO DEMOCRÁTICO (Justino Pinto de Andrade) radiografaram hoje, em conferência de Imprensa, o estado da nação (do MPLA), afirmando que “acompanham com preocupação a tendência do Partido no Poder de mergulhar o país num caos, comprometendo as conquistas políticas, sociais e económicas”. Eis a minuciosa análise conjunta dos três partidos que, desde logo, poderá significar um marco decisivo na evolução do país, pondo o detentor do poder há 45 anos, o MPLA, em…

Leia mais

Radiografia do que… resta

O país não aguenta mais a continuidade deste circo de faz de conta, girando e patinando com carretos partidos, que não o tiram do mesmo sítio, em função da aselhice, quer dos mecânicos assucatados quer dos condutores que confundem a gestão da coisa pública com o ego umbilical dos palhaços, trapezistas no… solo. É hora de acabar com a pirotecnia, arregaçar as mangas e trabalhar, criando a unidade na diversidade (veja a análise de William Tonet). A estratégia do Presidente da República, João Lourenço, de imitar o Ocidente no combate…

Leia mais

Quem minou a celestial
picada para o paraíso?

A consultora Fitch Solutions considera (à revelia da propaganda do executivo de João Lourenço) que a incerteza à volta da capacidade do Governo de Angola de implementar as reformas está a manter a desconfiança dos investidores, atribuindo um risco agudo às operações no país. Só não vê quem quer, mas – é claro – até 2002 a culpa foi de Jonas Savimbi passando, em 2017, a ser do clã Eduardo dos Santos. “A pesar de as reformas ajudarem na avaliação do risco de Angola relativamente ao ambiente de investimento e…

Leia mais

Quem foi que disse?

O Folha 8 lança um desafio aos seus atentos leitores. Queremos saber, sem que para isso se socorram de pesquisas na Internet, quem será o/a autor/a, ou autores, do texto que a seguir reproduzimos. É um desafio aberto e, por isso, extensível ao sempre atento Departamento de Informação e Propaganda do MPLA. Obrigado. «P ara criar as condições de estabilidade macroeconómica necessárias para um melhor ambiente de negócios, o Executivo de Angola está a implementar, com o apoio do Fundo Monetário Internacional, um Programa para a estabilização da economia angolana.…

Leia mais

Haja Deus! Igreja Católica arrasa regime de dos Santos

A Igreja Católica angolana diz – num raro e atrasado laivo de sanidade mental – que a falta de ética, a má gestão do erário público e a corrupção generalizada estão na origem da crise económica e financeira em Angola, e não apenas o petróleo, como tem dito o Governo. Por Norberto Hossi (*) Vamos repetir para ver se é mesmo verdade. A Igreja Católica – a de Angola, é claro – disse mesmo isso? Fala de falta de ética, má gestão do erário público e corrupção generalizada? Haja Deus!…

Leia mais

Sentido de Estado? – Não
Sentido de partido? – Sim

O MPLA gastou rios de dinheiro, nas comemorações do 40º aniversário da Independência nacional celebrada aos 11 de Novembro de 2015, pese a crise que assola o país, fruto das más políticas económicas adoptadas, do nepotismo, do peculato, mas principalmente, da corrupção institucional, que campeia. P or tudo isso se esperava que o discurso do Presidente da “República do MPLA”, José Eduardo dos Santos, fizesse uma retrospectiva realista e apontasse perspectivas para o futuro, próximo. Para nossa desgraça colectiva, ouviu-se um discurso vazio, sem garra, sem orientação, sem rumo e…

Leia mais

Urge mudar o gerente da loja

Urge mudar o gerente da loja - Folha 8

Desde o início do ano que a UNITA dedica as suas acções à mobilização total para a mudança em 2017. Foi com esse espírito que o seu líder, Isaías Samakuva, esteve na província do Kwanza Sul, depois de ter visitado os municípios da Cacuaco, Sambizanga e Cazenga, em Luanda. I saías Samakuva trabalhou nos municípios de Porto Amboim, Conda e Gabela, onde, nos encontros que manteve com as populações, quadros e com as autoridades tradicionais, transmitiu as teses da UNITA sobre a conjuntura actual do país, tendo indicado o caminho…

Leia mais

“Presidente da República foi convertido em monarca absoluto de Angola”

“Presidente da República foi convertido em monarca absoluto de Angola” - Folha 8

Hoje trouxemos um militante convicto, ex-secretário geral do MPLA, ex-primeiro-ministro, ex-secretário executivo da CPLP, jurista e doutorando em Direito Constitucional na Universidade de Lisboa, Marcolino José Carlos Moco, um intelectual que bateu com a porta sobre a “patuscada corruptora”, do seu próprio partido, aliando-se as vozes da indignação, para que o país não soçobre ante a voraz saga corruptora privilegiando a blindagem de formação académica. Por William Tonet F olha 8 – Como encara esta pretensão do MPLA, que tanto se opôs a uma maior ponderação, surgir agora a pedir…

Leia mais

“Deputados do MPLA devem aprovar OGE com maior sentido de Estado”

“Deputados do MPLA devem aprovar OGE com maior sentido de Estado" - Folha 8

O entrevistado do Folha 8, para além de ser um animal político, é economista de profissão. Justino Pinto de Andrade, director da Faculdade de Economia da Universidade Católica de Angola. P or si passam muitos dossiers e tem uma noção clara sobre a vivência das relações comerciais de baixo e alto calibre. Aliás contribui para isso, a localização da própria universidade, no coração do Palanca onde a vida negocial não pára e pulsa a toda hora e momento, desde o cabrité, a bacia, aos supermercados comerciais e aos supermercados da…

Leia mais