Uns dizem que fazem, outros fazem!

A MCR – Média Comunicação Regional TV é uma empresa de Matosinhos (Portugal) que produz tudo o que, com qualidade de conteúdos e excelência técnica, tenha a ver com imagem. Fernando Oliveira, o “pai” do projecto que nasceu em 2012 (três anos depois do inédito despedimento colectivo de dezenas de jornalistas do Jornal de Notícias, então o maior jornal português) é – nesta profissão não se conjuga o pretérito perfeito – um repórter de imagem com provas dadas em diversos meios de comunicação social portugueses. Por Norberto Hossi Fernando Oliveira…

Leia mais

Os dias longos na prisão de uma Jornalista

A manifestação de 24.10.20 deixou marcas indeléveis no corpo e na mente de quem a viveu e, depois, sentiu na carne as agruras de um encarceramento forçado e injusto, pelo simples crime de, no exercício da sua profissão. estar a cobrir um acto noticioso, também, com respaldo constitucional; o direito de informar. Foi, é, o caso de Suely de Melo. Por William Tonet O regime, através do seu braço policial, na saga de coarctar direitos e garantias fundamentais, extrapolou competências ao encarcerar cerca de uma dezena de jornalistas, que nada…

Leia mais

MPLA criou a sua PIDE
mas chamou-lhe… ERCA

O jornalista e conselheiro da ERCA – Entidade Reguladora da Comunicação Social Angolana (sucursal do MPLA para este sector que inclui também o Ministério da Comunicação Social), Carlos Alberto, denunciou hoje uma alegada “perseguição política criminosa” de que será alvo da parte de militantes do MPLA, partido no poder, afectos ao órgão, e “teme pela vida”. “E stamos, portanto, perante uma perseguição política criminosa e de coacção psicológica clara contra a minha pessoa devido, em meu entender, a uma incompetência generalizada, incluindo o sector da comunicação social, do partido MPLA,…

Leia mais

O Jaime quase… quase…

Coitado do Jaime Azulay. Deve ser muito triste ser Jaime Azulay. Comparamo-lo com o nosso colega de escola, o Miguel, que baptizámos com a alcunha o “Coitos Abortados”. O Jaime quando puxa dos galões dourados de jornalista todos conseguem ver que esses galões não são de ouro, são de latão demasiado manchados de verdete. Por Domingos Kambunji O Jaime ficou muito satisfeito porque o presidente da Re(i)pública da Angola do MPLA, em Cuba, deu-lhe um aperto de mão e reparou que ele padecia do síndroma da obesidade. (As 164 pessoas…

Leia mais

Morreu um dos maiores

O Jornalista João Fernandes morreu esta terça-feira aos 81 anos. Pelos sítios por onde tenho andado, e quando me falam de Jornalismo, conto como tudo isto me aconteceu. Tal como recordo algumas das grandes figuras do Jornalismo angolano que na altura, 1972/73, me serviam de referência, de exemplo, e que por isso “apadrinharam” o amor que – apesar de tudo – ainda tenho a esta, e por esta, profissão. Por Orlando Castro Se na rádio recordo, entre outros, Alexandre Caratão, Carlos Sanches, Ribeiro Cristóvão, Fernando Antunes (Congo), Norberto de Castro,…

Leia mais

A mensagem é má? Então
urge calar o mensageiro

Um juiz do Tribunal do Macomia, norte de Moçambique, confirmou na sexta-feira a detenção do jornalista moçambicano Amade Abubacar, anunciou fonte de uma das instituições de defesa da liberdade de imprensa que contesta o processo. Calar o mensageiro para ocultar a mensagem é a estratégia de qualquer ditadura. Infelizmente. Fonte do Comité para a Protecção de Jornalistas (CPJ), organização independente, anunciou a decisão na Internet, acrescentando que há esforços a decorrer para o conseguir libertar sob caução. Amade Abubacar, jornalista da rádio comunitária Nacedje e colaborador do portal Zitamar News,…

Leia mais

Salú, o meu “menino”, ameaçado pelo MPLA

Salú Gonçalves é um jovem, um homem, chefe de família, pai e profissional. O Salú, apesar de tudo e das distâncias que um dado tempo nos separou, teve, tem e terá sempre, o meu calor fraternal, a minha solidariedade pública. Ei-la. Por William Tonet Tocaram o meu “menino”. Sim, menino, por no meu disco duro mental, continuar perene a imagem de um menino irreverente, que no tempo de partido único, queria ser jornalista, obtendo a minha bênção. E entrou por mérito próprio, trilhando depois todos os degraus e agruras de…

Leia mais

Prémio “Herói Mundial
da Liberdade de Imprensa”
para Rafael Marques

O jornalista angolano Rafael Marques de Morais foi nomeado como o 70º Herói Mundial da Liberdade de Imprensa, prémio atribuído pelo Instituto Internacional da Imprensa (IPI), indicou hoje a organização. Em comunicado, o IPI realça que Prémio Herói Mundial da Liberdade de Imprensa homenageia jornalistas que deram uma contribuição significativa para a promoção da liberdade de imprensa, particularmente em face de elevado risco pessoal. Segundo o IPI, Rafael Marques, também activista dos direitos humanos e “persona non grata” para o MPLA/Estado , “tem enfrentado décadas de assédio e processos jurídicos…

Leia mais

Obrigado Director!

Há onze anos escrevi o texto que se segue: Perguntei hoje à minha sombra (velha companheira dos dias sem pão e dos pães sem dias) se concordava em que eu escrevesse algo a dizer que o Jornalista angolano William Tonet é um herói do verdadeiro Jornalismo em Angola. A resposta foi lapidar: “Sem dúvida” (mal fora se ela dissesse o contrário). E se estamos de acordo, é mesmo sobre isso que vou escrever. Por Orlando Castro Uma rápida consulta ao dicionário permite-me dizer que herói é “um homem extraordinário pelas…

Leia mais

Jornalista detido. Primeira vítima de João Lourenço?

O cabeça-de-lista do partido mais votado (MPLA) nas eleições gerais de 23 de Agosto de 2017, sem o apuramento do escrutínio em 15 das 18 províncias do país, João Lourenço tomou posse como o terceiro dirigente do MPLA, na qualidade de presidente da República. Por Direcção do Folha 8 Numa mega cerimónia, a passagem do testemunho não teve o calor aguardado, por ser o primeiro entre vivos, mas o presidente do Tribunal Constitucional emergiu como paladino ideológico do partido no poder, com um discurso político digno de registo, vaticinando já…

Leia mais