UNITA, PRA-JA e BD dão xeque (quase mate) ao MPLA

Os líderes da UNITA (Adalberto da Costa Júnior), do PRA-JA SERVIR ANGOLA (Abel Epalanga Chivukuvuku) e do BLOCO DEMOCRÁTICO (Justino Pinto de Andrade) radiografaram hoje, em conferência de Imprensa, o estado da nação (do MPLA), afirmando que “acompanham com preocupação a tendência do Partido no Poder de mergulhar o país num caos, comprometendo as conquistas políticas, sociais e económicas”. Eis a minuciosa análise conjunta dos três partidos que, desde logo, poderá significar um marco decisivo na evolução do país, pondo o detentor do poder há 45 anos, o MPLA, em…

Leia mais

Angola em tempos de incertezas

O discurso do Presidente da República de Angola, João Lourenço, na abertura da 4ª sessão Legislativa da IV Legislatura não tem credibilidade. A intervenção é pobre para a crise instalada há 45 anos. Na quinta-feira, 15 de Outubro, o Presidente da República destacou os efeitos provocados pela pandemia da Covid-19 na economia e assegurou que seu Governo “vai continuar a apostar na política de desenvolvimento e diversificação económica, bem como na estabilidade macroeconómica”. Por José Marcos Mavungo (*) Li ao pormenor o bonito discurso do Chefe de Estado angolano, na…

Leia mais

Críticas da oposição,
servilismo do MPLA

O grupo parlamentar da UNITA, o maior partido da oposição que o MPLA ainda permite que existe em Angola, deu hoje “cartão vermelho” ao discurso do estado da Nação proferido pelo Presidente, João Lourenço, na Assembleia Nacional, considerando “uma mão cheia de nada”, afirmação assertiva e coincidente com a análise feita pelo Folha 8. O protesto foi realizado no final da cerimónia de abertura do novo ano legislativo, na qual o chefe de Estado angolano (não nominalmente eleito e também Presidente do MPLA e Titular do Poder Executivo) profere, por…

Leia mais

Nação em estado viroso

O Presidente da República, João Lourenço, discursou hoje na reunião plenária solene que marca o arranque do ano parlamentar em Angola. Como esperado, o discurso sobre o Estado da Nação nada mais foi do que uma mão cheia de nada, um exercício de malabarismo dialéctico com laivos de demagogia. Não admira, por isso, que os deputados da UNITA (ver foto) tenham usado máscara para se protegerem… Angola criou 19 mil empregos no primeiro semestre de 2020, altura em que foram também registados 7 mil despedimentos e 14 mil suspensões de…

Leia mais

O que (não) mudou em dois anos (segundo o rei… João)

O Presidente da República angolana, João Lourenço, reconheceu hoje, no seu discurso sobre o Estado da Nação, que, apesar do seu empenho, nos dois anos iniciais do seu mandato, ainda há muito para fazer para satisfazer as necessidades da população. Quem diria? Também é o caso do partido de que é Presidente, o MPLA. “Apesar do seu empenho” nos 44 anos de Poder absoluto, “ainda há muito para fazer para satisfazer as necessidades da população”. Dirigindo-se aos deputados da Assembleia Nacional e ao povo angolano, na abertura do ano parlamentar,…

Leia mais

O estado da Nação
e a nação do Estado

O Presidente da República discursa amanhã, terça-feira, na reunião plenária solene que marca o arranque do ano parlamentar em Angola, que se prolonga até 15 de Agosto de 2020. O mundo vai parar. João Lourenço não brinca em serviço. As prioridades da Assembleia Nacional vão ser a aprovação do Orçamento Geral do Estado, que tem de dar entrada até 31 de Outubro, a finalização do pacote legislativo autárquico e o enquadramento legislativo das reformas fiscais. O Parlamento é composto por 220 deputados, sendo que 130 são eleitos pela representação proporcional…

Leia mais

E sobre o Estado da Nação,
os chineses que escolham!

A UNITA, maior partido da oposição angolana, desafia o Presidente de Angola, João Lourenço, a fazer, segunda-feira, um “diagnóstico real” do país, bem como as linhas de força para os principais desafios, no discurso sobre o Estado da Nação. João Lourenço vai discursar, segunda-feira, na Assembleia Nacional sobre o Estado da Nação, na abertura da segunda sessão legislativa da IV legislatura, imperativo legal, que já cumpriu o ano passado, cerca de um mês depois de ter assumido a Presidência do país. O líder da bancada parlamentar da UNITA, Adalberto da…

Leia mais

Discurso de sua majestade o rei José Eduardo dos Santos

Eis, na íntegra, a versão real do discurso que sua majestade escreveu para ser hoje lido na Assembleia Nacional. No entanto, a versão apresentada não coincide. Consta que a princesa herdeira do trono sugeriu que o paizinho fizesse algumas alterações. E ele aceitou. “S aúdo cordialmente todos os presentes neste início de mais um ano a que simbolicamente chamamos de Parlamentar. A Casa da Democracia (isto é como quem diz!) abre hoje as suas portas para o início da última Sessão Legislativa da presente Legislatura e agradeço o privilégio que…

Leia mais