E as (nossas) crianças?

E as (nossas) crianças? - Folha 8

Neste último dia do ano socorro-me do que o Presidente da República de Angola, não eleito nominalmente e há 35 anos no poder, José Eduardo dos Santos, disse por ocasião do 1 de Junho de 2011, Dia Internacional da Criança. Por Orlando Castro N a mensagem do dono disto tudo lia-se: “Hoje, Dia Internacional da Criança, queremos saudar as crianças do nosso país e do mundo, fazendo votos para que lhes seja prestada uma atenção cada vez mais activa e empenhada na resolução dos seus múltiplos problemas”. Eduardo dos Santos,…

Leia mais

Notas antigas de kwanza deixam de ser aceites

Notas antigas de kwanza deixam de ser aceites - Folha 8

As notas de kwanza da família lançada em 1999 pelo Banco Nacional de Angola (BNA) vão deixar de ser aceites como meio de pagamento a partir do final do dia de hoje segundo regulamentação em vigor. D e acordo com informação do banco central, esta família de notas de kwanza deve ser aceite apenas até 31 de Dezembro de 2014, saindo então de circulação. Entre 01 de Janeiro e 30 de Junho de 2015 essas notas “poderão ainda ser depositadas nos balcões dos bancos comerciais”, explica o BNA. Sobre as…

Leia mais

Até tu petróleo?

Até tu petróleo? - Folha 8

O abrandamento do crescimento económico na China está a dificultar as exportações de petróleo de Angola, que terá em Fevereiro um dos piores meses, a avaliar pelos carregamentos já acordados, noticia a agência financeira Bloomberg. D e acordo com o programa de carregamento já acordado para Fevereiro, este será um dos piores meses em termos de exportações de petróleo de Angola para a China, o principal comprador de crude do segundo maior produtor africano. “As dificuldades em exportar o petróleo da África Ocidental mostra que o excesso de oferta está…

Leia mais

Nova ajuda de Angola a Cabo Verde

Nova ajuda de Angola a Cabo Verde - Folha 8

Um navio com o segundo lote de ajuda por parte de Angola às vítimas da erupção vulcânica na ilha do Fogo chega a Cabo Verde no início do ano, informou hoje a Embaixada de Angola na Cidade da Praia. E m nota de imprensa, a Embaixada de Angola indicou que o navio, com material de construção e bens alimentares, atracará no dia 02 de Janeiro no país. A mesma fonte informa que a entrega dos equipamentos será feita no dia 03 de Janeiro às autoridades cabo-verdianas, na ilha do Fogo.…

Leia mais

A visão de Abel Chivukuvuku

A visão de Abel Chivukuvuku - Folha 8

Segundo o Presidente da CASA-CE, Abel Epalanga Chivukuvuku, Angola vive há 12 anos em paz, com a devida referência ao persistente e endémico conflito de baixa tensão na província de Cabinda. N o entanto, afirma, tem crescido o ambiente de preocupação, receio e ansiedade no íntimo de milhões de angolanos, quanto ao futuro do país a curto ou médio prazos. Este clima de preocupação, receio e ansiedade foi gerado por três factores, todos eles interligados. Em primeiro lugar, considera Abel Chivukuvuku, derivou do facto de o actual titular do poder…

Leia mais

Renamo rejeita resultados e insiste num governo de gestão

Renamo rejeita resultados e insiste num governo de gestão - Folha 8

A Renamo, principal partido de oposição moçambicana, rejeitou os resultados proclamados hoje pelo Conselho Constitucional (CC), que dão a vitória à Frelimo e ao seu candidato, Filipe Nyusi, insistindo na exigência de um governo de gestão. N ós, “desde a proclamação dos resultados pela Comissão Nacional de Eleições, dissemos que esses resultados estavam manchados por diversas irregularidades que fazem com que não sejam credíveis. Portanto, a Renamo, de maneira nenhuma, não aceita essas eleições”, afirmou o mandatário da Renamo, André Majibire, falando à imprensa, momentos após a validação e proclamação…

Leia mais

Tentativa de golpe de Estado na Gâmbia

Tentativa de golpe de Estado na Gâmbia - Folha 8

A Gâmbia sofreu hoje uma tentativa de golpe de Estado que acabou por falhar, levada a cabo por um grupo de militares que se aproveitaram da ausência do Presidente para atacar vários edifícios governamentais. D e acordo com os relatos dos meios de comunicação locais, citados pela agência espanhola Efe, os militares atacaram, durante a madrugada, o Palácio Presidencial de Bajul, a capital, e um quartel militar na ponte de Denton, que liga a cidade com o resto do país, além de outras edifícios na cidade, afirma o jornal local…

Leia mais

Povo faminto “aplaude” regresso às Nações Unidas

Povo faminto “aplaude” regresso às Nações Unidas - Folha 8

Angola inicia no primeiro dia do ano de 2015 um mandato de dois anos como membro não-permanente no Conselho de Segurança da ONU. Dentro do galinheiro as raposas festejam. A presença de Angola, a segunda em 13 anos de paz, representa o reconhecimento do papel do Executivo angolano na estabilidade em África, mas também a sua afirmação internacional. Ou, igualmente, a cegueira daqueles para quem os ditadores amigos são sempre bestiais. A fase em que, como outros, passam a besta ainda vai demorar algum tempo. O mandato de dois anos…

Leia mais

O Kim Jong Queiroz

O Kim Jong Queiroz - Folha 8

Nós já percebemos que, para o Álvaro Artur Domingos Queiroz, as Universidades de Bá Cu e a do Catambor, no ranking mundial, estão muitos pontos acima da Universidade de Harvard, onde estudou o Presidente Obama. Por Domingos Kambunji T ambém já percebemos que a Universidade José Eduardo dos Santos é, para o Álvaro Artur, muito melhor do que o MIT ou as Universidades de Princeton, Yale, Columbia, Stanford, ou a de Chicago (só para citar algumas). Compreendemos que esse mercenário, da propaganda e informação, pense assim porque não consegue ver…

Leia mais

Ao cuidado do “querido líder” José Eduardo dos Santos

Ao cuidado do "querido líder" José Eduardo dos Santos - Folha 8

O presidente do Parlamento guineense, Cipriano Cassamá, disse hoje que pretende em 2015 uma aproximação da instituição que dirige com os jornalistas para, destacou, a “moralização da sociedade e combater a corrupção”. N um encontro de confraternização com os jornalistas na Assembleia Nacional, Cipriano Cassamá pediu aos jornalistas que se juntem “aos esforços” do Parlamento para fiscalização da acção governativa, moralização da sociedade, das más práticas dos agentes públicos e denúncia da corrupção. O líder do Parlamento pediu mesmo que haja “uma cumplicidade” entre o hemiciclo e os jornalistas na…

Leia mais