Polícia do MPLA neutraliza manif de perigosos jovens

A polícia do MPLA, que supostamente deveria ser de Angola, dispersou hoje com gás lacrimogéneo mais de 200 estudantes e activistas que se manifestavam, em Luanda, contra a pretensão do Governo de cobrar propinas no ensino superior regular, a partir de 2020. Liberdade de expressão? Era bom se Angola fosse o que não é, um Estado de Direito. A manifestação ‘Propina Not’ ou ‘Propina Não’ juntou no Largo das Heroínas mais de duas centenas de jovens, que empunhando cartazes (provavelmente fabricados com material letal que indiciava a tentativa de um…

Leia mais

Drama dos alunos angolanos na Rússia

A Federação da Rússia, face à cooperação com Angola, existente no domínio da Educação, todos os anos tem disponibilizado vagas para os melhores estudantes angolanos para licenciaturas e mestrados, fazendo um processo de selecção dos candidatos com uma olimpíada com o título: “É tempo para estudar na Rússia”. Nessa “prova” são avaliadas a capacidade dos estudantes nas disciplinas de Matemática, Física, Química e escrita. Aos candidatos com melhores resultados são concedidas bolsas de estudo, sendo que toda bolsa externa é gerenciada pelo INAGBE, Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de…

Leia mais

Melhores universidades do Mundo: Estamos a caminho

Angola vai enviar, anualmente, 300 licenciados para “as melhores universidades do mundo”, iniciativa governamental que vai permitir aos estudantes angolanos “beneficiarem do contacto com as experiências formativas e científicas e dos efeitos da aprendizagem em contexto de alta exigência”. A informação consta num decreto aprovado pelo Presidente João Lourenço, de 22 de Fevereiro. O programa integra a Estratégia Nacional de Desenvolvimento de Recursos Humanos, do Programa Nacional de Formação de Quadros (PNFQ) e o Programa de Emprego e Formação Profissional angolano, nos quais estão previstas acções direccionadas a “assegurar a…

Leia mais

Fome “estuda” no Instituto Agrário do Kwanza Norte

Os conceitos em Angola estão em permanente mutação, como este, capaz de ser aplicado, em circunstâncias sui generis: “Qualquer coincidência com a realidade é mera semelhança”. No Instituto Agrário do Kwanza Norte a fome entrou sem bater à porta e ficou. Os alunos? Bem, esses tiveram de… sair. Custa a acreditar na morte de um macaco, debaixo de uma bananeira carregada de fruta. Mas é possível, que isso aconteça, em algumas florestas, com uma espécie de macacos, arrogantes, prepotentes e que se acham detentores de toda verdade, incluindo a de…

Leia mais

UAN “fecha” entrada aos estudantes mais pobres

Mais de 20 estudantes angolanos manifestaram-se esta quinta-feira, em Luanda, contra a taxa de inscrição cobrada na Universidade Agostinho Neto, 4.000 kwanzas (11 euros), e pedindo intervenção das autoridades na “redução” no valor praticado este ano. Organizada pelo Movimento dos Estudantes Angolanos (MEA), os manifestantes tencionavam marchar até ao Ministério das Finanças, em Luanda, mas a pretensão, segundo contaram foi “democraticamente” “abortada pela polícia”, com argumentos de que “não deveriam marchar na hora normal do expediente”. Concentrados em frente ao Instituto Médio de Economia de Luanda, no centro da capital,…

Leia mais

“Sois todos matumbos”,
cogita João Lourenço

O Presidente de Angola considerou hoje que a “Operação Resgate”, que tem colocado milhares de agentes nas ruas, tem um pendor “eminentemente educativo e cívico”, que “visa recuperar os melhores valores da angolanidade”. Em síntese: “Somos todos matumbos”, pensou João Lourenço. E, se calhar, tem razão. Discursando no Campus Universitário da Universidade Agostinho Neto (UAN), em Luanda, João Lourenço abordou pela primeira vez a operação, que teve início a 6 de Novembro e tem como propósito, segundo as autoridades do MPLA, combater as transgressões administrativas, venda ambulante desordenada, a imigração…

Leia mais

Carta aberta ao Bispo de Benguela

Esta Carta Aberta ao Bispo de Benguela e ao director do ISPOCAB, subscrita por diversos estudantes, refere o clima de saturação em relação ao comportamento de Sofia Ligeiro. Eis, na íntegra, o teor dessa missiva, um legítimo direito à indignação por parte dos seus autores. “N uma das cartas enviadas pelos estudantes do ISPOCAB, manifestamos o nosso mais elevado descontentamento face às atitudes da Senhora Portuguesa chamada SOFIA LIGEIRO. Dissemos nós que ela era cheia de mau carácter, que não tem educação, carrega consigo no seu ADN um elevadíssimo complexo…

Leia mais

15 livros fazem a diferença
– É “chato” sermos… pobres!

Estudantes da Escola Superior de Hotelaria e Turismo de Angola manifestaram-se hoje preocupados com a falta de infra-estruturas adequadas para o curso e a inexistência de estágios internos, recebendo (sem nada pagar em troca, recorde-se) garantias do Governo de que vai tomar “medidas práticas”. As preocupações foram apresentadas hoje às ministras angolanas do Turismo, Ângela Bragança, e do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Sambo, durante uma visita que fizeram às instalações da instituição em Kilamba, arredores de Luanda. Segundo os estudantes, em cinco anos, a qualidade…

Leia mais

Implosão social à vista.
Rastilho (já) está a arder

Mais de 200 taxistas marcharam hoje, em Luanda, em protesto contra a possível (quase certa) subida dos preços dos combustíveis no país, uma medida que irá “encarecer ainda mais” a vida dos cidadãos. O Governo angolano terá de duplicar o preço do litro de gasolina e de gasóleo em oito meses, para eliminar os subsídios que atribui à petrolífera estatal Sonangol para manter os preços baixos, estima o FMI. E com isso tudo vai aumentar em cadeia, até mesmo o “residual” número de pobres – 20 milhões. A marcha de…

Leia mais

Estudantes na Polónia
vivem situação dramática

Em Junho de 2017, muito antes das eleições, os estudantes angolanos na Polónia, receberam pela primeira vez seis meses de subsídio adiantado. Muitos dos estudantes, mais cépticos ou, talvez, mais atentos à realidade do país, diziam que tudo fazia parte da campanha eleitoral, prevendo que depois das eleições tudo seria diferente. Infelizmente, reconhecem os que acreditaram nas boas intenções do MPLA/Estado, o pior aconteceu mesmo. Desde o início de 2018 o Instituto Nacional de Gestão de Bolsas Estudo (INAGBE) pagou apenas aos estudantes angolanos na Polónia um mês. Em Março.…

Leia mais