E se o Povo acorda?

O Bureau Político do MPLA exortou hoje os angolanos a honrarem a “memória dos Heróis da Liberdade”, defendendo a paz, democracia e reconciliação nacional, encorajando o líder do partido e Presidente de Angola a prosseguir com as suas políticas. O comunicado do MPLA que assinala o Dia do Herói Nacional, feriado angolano que comemora o dia do nascimento de Agostinho Neto, primeiro Presidente após a independência de Angola, responsável pelos assassinatos de milhares e milhares de angolanos nos massacres de 27 de Maio de 1977, sublinha que o pensamento político-estratégico…

Leia mais

MPLA homenageia, em Menongue, o maior assassino angolano

De acordo com o órgão oficial do MPLA, Jornal de Angola (JA), a cidade de Menongue, província do Cuando Cubango, acolhe o acto central das festividades do 99º aniversário do nascimento do primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto e o 42º da sua morte, ocorrida a 10 de Setembro de 1979, em Moscovo, antiga União das Repúblicas Socialista Soviética (URSS). O Folha 8 “junta-se” à homenagem… Por Orlando Castro Continuemos a citar a correia de transmissão do MPLA, JA: «O Governo provincial realiza, de 12 a 16 deste mês,…

Leia mais

Conluio com os assassinos de Estado

A homenagem prestada pelas elites políticas e militares angolanas a um dos maiores expoentes do terrorismo de Estado em Angola, falecido recentemente, é um acto chocante, deplorável e sórdido. Por Carlos Pacheco Historiador angolano (*) Confesso que escrevo este texto atravessado por sentimentos de grande indignação. Nem mesmo quando me pedem para ser menos antipático com o regime político do MPLA e me tentam convencer de que as novas cúpulas responsáveis pelo destino de Angola são mais sérias e nada as iguala aos sinistros dirigentes e parasitas do passado, honestamente…

Leia mais

Folha 8 junta-se à homenagem a Agostinho Neto

A “pedido” (isto é como quem diz!) do Bureau Político, da ERCA, da Fundação Agostinho Neto e de todas as incomensuráveis sucursais do MPLA, o Folha 8 associa-se à efeméride de 17 de Setembro em honra do herói mundial (e arredores), o angolano António Agostinho Neto. Por Orlando Castro O Dia do Herói Mundial (que substituirá o Dia do Herói Nacional, designação muito pequena para a amplitude do protagonista) é uma comemoração partidária transformada, por força da ditadura, em nacional angolana e agora em mundial, em memória do nosso maior…

Leia mais

À procura de um milagre…

O Presidente da República, João Lourenço, afirmou nesta segunda-feira, em Luanda, que o Executivo está preocupado com o aumento do custo de vida, resultante da subida dos preços dos produtos, estando a trabalhar no sentido de melhorar a situação. Depois seguiu para o Vaticano, quem sabe para ver se consegue o milagre de transformar a demagogia em pão, a incompetência em fuba e as promessas em realidades. João Lourenço falava à imprensa após depositar uma coroa de flores na estátua do fundador da Nação, herói do MPLA e o maior…

Leia mais

Um genocida deve ser abraçado e perdoado?

A comissão liderada pelo Ministério da Justiça e Direitos Humanos de Angola para homenagear as vítimas do conflito político entre 1975 e 2002 aprovou hoje dois projectos de despacho e decreto presidencial, para emitir certidões de óbito. A informação foi avançada no final do sexto encontro da Comissão para a Implementação do Plano de Reconciliação em Memória das Vítimas dos Conflitos Políticos, no qual participou também o ministro da Comunicação Social, João Melo, e representantes dos partidos UNITA, FNLA, PRS e MPLA e organizações da sociedade civil. Segundo o porta-voz…

Leia mais

Presidente do MPLA não pode falar em nome de todos os angolanos

O Presidente dos angolanos do MPLA, João Manuel Gonçalves Lourenço, disse, em Harare, que o antigo Chefe de Estado zimbabueano, Robert Mugabe, foi uma figura de destaque no processo de luta de libertação dos povos do continente africano. Tal como Agostinho Neto, acrescentamos nós… Por Orlando Castro João Lourenço falava à imprensa pouco depois da chegada a Harare, e ainda no Aeroporto Internacional Robert Gabriel Mugabe (JLo merece, obviamente, ter também um aeroporto – talvez no Cuito Cuanavale – com o seu nome) assinou um livro de condolências em homenagem…

Leia mais

Fuba do mesmo saco

O Presidente República, do MPLA e Titular do Poder Executivo, João Lourenço, prestou homenagem, em Havana, Cuba, ao pelos vistos único fundador da nação angolana, António Agostinho Neto, com a deposição de uma coroa de flores no busto erguido em sua memória. O que diria o mundo se, por exemplo, Ângela Merkel prestasse homenagem a Adolf Hitler? Por Orlando Castro Ouvidos os hinos nacionais de Angola e Cuba e depois de se ter inclinado invertebradamente sob o busto do maior genocida de Angola, Agostinho Neto, João Lourenço agradeceu o espírito…

Leia mais

Morreu José Patrocínio

O activista dos direitos humanos e director executivo da OMUNGA, José António Martins Patrocínio, morreu hoje no Hospital Geral de Benguela. Lamentado e homenageando um Homem Bom, o Folha 8 republica um seu artigo de opinião aqui publicado no dia 16 de Setembro de 2015, sob o título “Angola, mais um ano de (in)dependência”. «A caminho do 40º aniversário do 11 de Novembro, é hora de fazermos um balanço deste já não pequeno percurso. Normalmente, tenho dificuldades de iniciar este meu processo de revisão e reflexão, começando apenas a 11…

Leia mais

Finalmente…

Dezassete anos depois, a família de Jonas Savimbi disse que vai ficar “finalmente em paz”, depois dos restos mortais do líder histórico e fundador da UNITA terem sido entregues formalmente aos familiares e ao partido. Em declarações à Agência Lusa, Durão Sakaíta assegurou a família “ficará finalmente em paz” depois de sábado, dia das exéquias fúnebres do seu pai que decorrem na pequena localidade de Lopitanga, a cerca de 30 quilómetros do Andulo, no norte da província do Bié. Durão Sakaíta, um dos filhos mais velhos de Savimbi, falava momentos…

Leia mais