Os quatro MPLA’s

No último editorial do William Tonet a imagem do MPLA que este descreve logo no início do seu texto e que passo a citar “A natureza perversa do “MPLA/vingativo, que assassinou o MPLA/ nacionalista e democrático de Viriato da Cruz, Mário Pinto de Andrade, Matias Miguéis e outros, autoritariamente imposta, em 1964, por Agostinho Neto e Lúcio Lara, a ferro, fogo e rios de sangue…” resume de um modo muito sucinto a história do partido. Mas eu, olhando de fora, tenho uma ideia talvez um pouco mais complexa do MPLA.…

Leia mais

Presidente ostraciza quem lhe deu a vitória

A ironia, na política, gera confusão e, vinda da boca de um Presidente da República, causa estilhaços, nos sectores nevrálgicos da política, da economia e do tecido social, principalmente estando o país na indefinição de viver um processo de ruptura ou transição conturbada. Por William Tonet “S e deixássemos a festa continuar talvez viessem a morrer de congestão de tanto comer”, disse, João Lourenço referindo-se ao umbigo e aos próprios camaradas de partido: MPLA, que, com ele, engalana(ra)m, a galeria da “acumulação primitiva de capital”. Esta infeliz tirada, mais uma,…

Leia mais

Nova tentativa para pôr a “CASA” em ordem e na ordem

O secretário executivo nacional adjunto da CASA-CE tomou hoje posse, para, entre outros desafios, recuperar a dinâmica funcional da organização, que actualmente enfrenta problemas internos. Ainda vai a tempo? Não custa tentar. Há muitos angolanos à espera… No acto, presidido pelo coordenador para a Acção Política e Revitalização da CASA-CE, Manuel Fernandes, tomaram posse com Muanza Kitongo, os secretários nacionais das distintas esferas políticas e seus respectivos adjuntos, dos quais se destacam Nelson Pestana Bonavena, secretário nacional para os Assuntos Eleitorais, e anunciados os secretários executivos provinciais e seus adjuntos.…

Leia mais

Mamãe, eu quero mamar!

Um grupo de deputados da CASA-CE enviou uma carta ao presidente da Assembleia Nacional a pedir a divisão da Grupo Parlamentar da coligação, revela a VoA. “Mamãe, eu quero mamar”, parece ser o refrão da canção dos bandidos… Os nervos entre os membros da coligação encontram-se à flor da pele, mesmo depois de o Tribunal Constitucional ter refutado a criação do partido Podemos-JÁ, integrado por dirigentes da CASA-CE, entre os quais o próprio líder Abel Chivukuvuku, escreve Coque Mukuta na VoA. Alexandre Sebastião André, presidente do Partido de Apoio para…

Leia mais

TAAG. JLo exonerou,
nomeou, exonerou!

O Presidente de Angola aprovou hoje, por decreto, a transformação de companhia aérea angolana TAAG em sociedade anónima, primeiro passo para a provável privatização da empresa, cujo Conselho de Administração foi exonerado. João Lourenço também exonerou o Conselho de Administração da Empresa Nacional de Exploração de Aeroportos e Navegação Aérea (ENANA) e criou, sob dependência do Ministério dos Transportes, uma comissão de gestão encarregada da reestruturação da companhia. João Lourenço decreta a criação da TAAG, SA, “sem quebra de identidade e personalidade jurídica”, em vez da TAAG – Linhas Aéreas…

Leia mais

Militantes da FNLA exigem expulsão de Lucas Ngonda

Cerca de 1.800 militantes da Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA), reunidos em “Assembleia Magna”, no Cine São João, em Luanda, exigem, ao invés de suspensão, a expulsão do presidente Lucas Benghy Ngonda do partido, bem como a alteração da data de realização do Congresso para o fim deste mês. Por Antunes Zongo Refira-se que, o Congresso Extraordinário da FNLA foi convocado pela maioria do Comité Central, reunido no passado dia 04.03.17, no qual também foram suspensos dos seus mandatos, o presidente Lucas Ngonda e o secretário-geral, António Muhongo.…

Leia mais