França quer ensinar a pescar. China apenas “dá” peixe…

O Governo francês anunciou hoje uma mudança estratégica na assistência ao desenvolvimento dos países africanos, em resposta ao aumento da influência política e económica da China neste continente, na qual privilegia as questões ambientais e sociais. “É inconcebível dar rédea solta aos novos actores que vemos empenhados no campo da ajuda ao desenvolvimento”, assumiu o ministro dos Negócios Estrangeiros, Jean-Yves Le Drian, numa conferência de imprensa onde esteve também o seu homólogo da Economia, Bruno Le Maire, realizada em Paris no final do primeiro conselho presidencial dedicado especificamente à ajuda…

Leia mais

Quem brinca com o fogo…

A Procuradoria-Geral da República diz que há investigações em curso no Serviço Nacional de Recuperação de Activos para identificar o património de Manuel Vicente. Como goza de imunidade (e de impunidade), o Presidente do MPLA, João Lourenço, está descansado quanto a uma eventual identificação do seu património. Quando tal for possível emigrará para Barcelona ou Washington… A PGR angolana anunciou no início deste ano a apreensão de mais de mil imóveis inacabados, bem como edifícios e estaleiros “construídos com fundos públicos” que se encontravam na posse do China International Fund.…

Leia mais

Fiado + fiado = falência

O analista da agência de notação financeira Fitch Ratings, que segue a economia de Angola, considera que será difícil ao Governo garantir novos financiamento para pagar a totalidade da dívida que vence nos próximos anos. “Traduzindo” para melhor entendimento, o Governo está com dificuldades em arranjar mais fiado para pagar os fiados anteriores. “A creditamos que as autoridades angolanas vão continuar a servir a dívida em moeda estrangeira em 2020 e 2021, mas com a data da amortização a aproximar-se, o Governo vai ter de garantir novas fontes de financiamento,…

Leia mais

Cangulo com motor ou
Rolls Royce sem motor?

Angola representa mais de 50% do Produto Interno Bruto (PIB) de toda a Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC) e deve ser o “motor” para a integração da economia regional, afirma o ministro da Economia angolano, Sérgio Santos, acrescentando que, para o crescimento da produção nacional, os “mercados naturais são os mercados regionais”. Sérgio Santos, ministro da Economia e Planeamento, defendeu que o país tem “um importante papel a jogar” e “uma grande oportunidade” para integrar as 11 economias da região. O ministro falava em Luanda, durante uma…

Leia mais

De fiado em fiado até à falência final

O secretário de Estado das Finanças de Angola, Osvaldo João, garantiu que o país governado há 45 anos sempre pelo mesmo partido (o MPLA) vai honrar os compromissos financeiros com os credores comerciais apesar da forte subida dos juros, noticiou a Bloomberg. Está-se mesmo a ver, não está? “Vamos sempre pagar, não falhámos nenhum pagamento, não deixámos de honrar o serviço da dívida, e, portanto, isso diz-nos que está tudo a correr bem”, disse Osvaldo João à agência de informação financeira Bloomberg no seguimento da forte subida dos juros que…

Leia mais

Servos do “reich” do MPLA

O Governo angolano substituiu a responsável do sector da saúde da embaixada de Angola em Portugal, a qual tem merecido fortes críticas dos doentes que se queixam de passar fome e de terem sido abandonados pelo seu país. É, aliás, uma situação recorrente e que há muito só não envergonha o Governo porque isso é coisa que o MPLA não tem. A exoneração de Rosa da Silva de Almeida, e a nomeação de João José Bastos dos Santos para o cargo de responsável deste sector, foram formalizadas através de dois…

Leia mais

FMI põe Angola em “stand by”

A consultora Eurasia considera que o Fundo Monetário Internacional adiou o pagamento do empréstimo a Angola para avaliar a reestruturação da dívida do país à China, devendo também aumentar o programa em 740 milhões de dólares. Entre outros paradigmas da governação do MPLA, que já dura há 45 anos, registe-se que pedir fiado está no seu ADN. É claro, reconheça-se, que não é crime (é até normal) pedir fiado. O problema está quando os credores perguntam como é que o MPLA pensa pagar as dívidas. Aí a resposta é, segundo…

Leia mais

Tribunal dos EUA analisa diferendo com a Aenergy

Representantes do Estado angolano e da empresa norte-americana General Electric devem apresentar-se numa audiência preliminar num tribunal de Nova Iorque, EUA, a 30 de Outubro, para responder a uma acção intentada pela empresa Aenergy. A primeira audiência preliminar vai ter lugar no Tribunal Federal dos Estados Unidos, no distrito sul de Nova Iorque. A audiência preliminar deverá determinar, perante acusação e defesa, se o caso vai mesmo a julgamento, esclarecendo a natureza da acção judicial, o motivo de o processo se localizar na jurisdição do distrito sul de Nova Iorque,…

Leia mais

Angola pede fiado para
pagar o fiado anterior

A agência de “rating” Standard & Poor’s (S&P) avisa – numa linguagem que não é entendível no Executivo do MPLA – que Angola deverá emitir em 2020 dívida comercial no valor de 7,6 mil milhões de dólares, descendo face aos 8,4 mil milhões emitidos em 2019. De acordo com um relatório sobre a emissão de dívida nos mercados emergentes, enviado aos investidores, Angola deverá ter, no final deste ano, um volume de dívida comercial de 50,9 mil milhões de dólares (46,9 mil milhões de euros), um ligeiro acréscimo face aos…

Leia mais

Tem o rei na barriga ou
está na barriga do rei?

A Procuradoria-Geral da República de Angola (PGR do MPLA) nega a existência de “qualquer negociação em curso com a cidadã Isabel dos Santos ou seus representantes, referente aos processos (criminal e cível) que contra ela decorrem”. E nega bem. As negociações existem e estão a ser feitas directamente com a Presidência da República, não tendo o general Pitta Grós, como assalariado, de ter disso conhecimento. A PGR reagiu, em comunicado, à divulgação de uma matéria, por alguns órgãos de comunicação social nacionais (caso do Folha 8) e internacionais, segundo a…

Leia mais