Eu seja ceguinho!, diz o cego

A ministra das Finanças de Angola, Vera Daves, disse hoje que várias vezes teve de dizer aos banqueiros comerciais para se acalmarem porque a prioridade do país é o financiamento em termos concessionais, abaixo das taxas do mercado. Se possível, como comprova a história do MPLA, entrando os banqueiros com o dinheiro e o governo com a experiência. Isto porque, no fim, os financiadores ficariam com a experiência e o MPLA com o dinheiro… “Recebemos muitas propostas dos bancos comerciais para financiar projectos específicos, e a nossa iniciativa é dizer…

Leia mais

Fiado + fiado = falência

A economia de Angola, gerida há 45 anos pelo MPLA, passou a fazer parte dos 42 países analisados em pormenor pelo Instituto Financeiro Internacional (IFI), o órgão representativo dos credores privados, e é um dos três países com mais dívida para pagar este ano. Recorde-se a tese fundamental do MPLA: Os investidores entram com o dinheiro e o MPLA entra com a experiência. No fim, os investidores ficam a experiência e o MPLA com o dinheiro. Isto enquanto os credores não obrigarem o país a abrir… falência. “Mais de 190…

Leia mais

S.O.S. a todos os credores

O líder do Clube de Paris disse hoje que os credores privados terão de participar no alívio da dívida dos países mais vulneráveis, admitindo, ainda assim, a possibilidade de haver “excepções específicas e muito limitadas”. Em entrevista à agência de informação financeira Bloomberg, o chefe do Tesouro do Ministério das Finanças da França, Emmanuel Moulin, que acumula a presidência do Clube, disse que “um tratamento de dívida ao abrigo do Enquadramento Comum para o Tratamento da Dívida para além da Iniciativa de Suspensão do Serviço da Dívida (DSSI) vai requerer…

Leia mais

França quer ensinar a pescar. China apenas “dá” peixe…

O Governo francês anunciou hoje uma mudança estratégica na assistência ao desenvolvimento dos países africanos, em resposta ao aumento da influência política e económica da China neste continente, na qual privilegia as questões ambientais e sociais. “É inconcebível dar rédea solta aos novos actores que vemos empenhados no campo da ajuda ao desenvolvimento”, assumiu o ministro dos Negócios Estrangeiros, Jean-Yves Le Drian, numa conferência de imprensa onde esteve também o seu homólogo da Economia, Bruno Le Maire, realizada em Paris no final do primeiro conselho presidencial dedicado especificamente à ajuda…

Leia mais

Quem brinca com o fogo…

A Procuradoria-Geral da República diz que há investigações em curso no Serviço Nacional de Recuperação de Activos para identificar o património de Manuel Vicente. Como goza de imunidade (e de impunidade), o Presidente do MPLA, João Lourenço, está descansado quanto a uma eventual identificação do seu património. Quando tal for possível emigrará para Barcelona ou Washington… A PGR angolana anunciou no início deste ano a apreensão de mais de mil imóveis inacabados, bem como edifícios e estaleiros “construídos com fundos públicos” que se encontravam na posse do China International Fund.…

Leia mais

Fiado + fiado = falência

O analista da agência de notação financeira Fitch Ratings, que segue a economia de Angola, considera que será difícil ao Governo garantir novos financiamento para pagar a totalidade da dívida que vence nos próximos anos. “Traduzindo” para melhor entendimento, o Governo está com dificuldades em arranjar mais fiado para pagar os fiados anteriores. “A creditamos que as autoridades angolanas vão continuar a servir a dívida em moeda estrangeira em 2020 e 2021, mas com a data da amortização a aproximar-se, o Governo vai ter de garantir novas fontes de financiamento,…

Leia mais

Cangulo com motor ou
Rolls Royce sem motor?

Angola representa mais de 50% do Produto Interno Bruto (PIB) de toda a Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC) e deve ser o “motor” para a integração da economia regional, afirma o ministro da Economia angolano, Sérgio Santos, acrescentando que, para o crescimento da produção nacional, os “mercados naturais são os mercados regionais”. Sérgio Santos, ministro da Economia e Planeamento, defendeu que o país tem “um importante papel a jogar” e “uma grande oportunidade” para integrar as 11 economias da região. O ministro falava em Luanda, durante uma…

Leia mais

De fiado em fiado até à falência final

O secretário de Estado das Finanças de Angola, Osvaldo João, garantiu que o país governado há 45 anos sempre pelo mesmo partido (o MPLA) vai honrar os compromissos financeiros com os credores comerciais apesar da forte subida dos juros, noticiou a Bloomberg. Está-se mesmo a ver, não está? “Vamos sempre pagar, não falhámos nenhum pagamento, não deixámos de honrar o serviço da dívida, e, portanto, isso diz-nos que está tudo a correr bem”, disse Osvaldo João à agência de informação financeira Bloomberg no seguimento da forte subida dos juros que…

Leia mais

Servos do “reich” do MPLA

O Governo angolano substituiu a responsável do sector da saúde da embaixada de Angola em Portugal, a qual tem merecido fortes críticas dos doentes que se queixam de passar fome e de terem sido abandonados pelo seu país. É, aliás, uma situação recorrente e que há muito só não envergonha o Governo porque isso é coisa que o MPLA não tem. A exoneração de Rosa da Silva de Almeida, e a nomeação de João José Bastos dos Santos para o cargo de responsável deste sector, foram formalizadas através de dois…

Leia mais

FMI põe Angola em “stand by”

A consultora Eurasia considera que o Fundo Monetário Internacional adiou o pagamento do empréstimo a Angola para avaliar a reestruturação da dívida do país à China, devendo também aumentar o programa em 740 milhões de dólares. Entre outros paradigmas da governação do MPLA, que já dura há 45 anos, registe-se que pedir fiado está no seu ADN. É claro, reconheça-se, que não é crime (é até normal) pedir fiado. O problema está quando os credores perguntam como é que o MPLA pensa pagar as dívidas. Aí a resposta é, segundo…

Leia mais