41 MILHÕES DE DÍVIDAS À PROTECÇÃO SOCIAL

Contribuintes do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) angolano devem 17,8 mil milhões de kwanzas (41 milhões de euros) ao sistema de protecção social obrigatória, disse hoje o secretário de Estado do Trabalho e Segurança Social. Pedro Filipe, que falava durante a quinta edição do ‘briefing’ do Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS), deu conta que o INSS registou perto de 2.000 contribuintes infractores no primeiro trimestre de 2022. O INSS conta actualmente com 215.409 contribuintes, uma taxa de crescimento de 2,7% em relação ao último trimestre…

Leia mais

QUEM ESTÁ A INTIMIDAR OS PROFESSORES?

O Sindicato dos Professores do Ensino Superior (Sinpes) angolano denunciou “acções de intimidação” e admitiu convocar manifestações na próxima semana, devido à falta de sinais concretos do Governo sobre a greve dos professores, há mais de um mês. Afinal a culpa não é da UNITA e dos bispos da Igreja Católica? Hum! Segundo o secretário-geral do Sinpes, Eduardo Peres Alberto, alguns professores do ensino superior público, em greve por tempo indeterminado desde 3 de Janeiro passado, estão a ser “coagidos para leccionar sob pena de verem os seus salários suspensos”.…

Leia mais

MILHÕES DE DÓLARES EM “PROJECTOS FALIDOS”

A dívida da Empresa Nacional de Diamantes de Angola (Endiama) com a banca angolana, decorrente de “projectos falidos”, rondava os 150 milhões de dólares (131 milhões de euros) e grande parte foi já amortizada, anunciou hoje a empresa. A informação foi avançada hoje pelo presidente do Conselho de Administração da Endiama, José Ganga Júnior, dando conta que o volume global da dívida era com o Banco de Fomento Angola (BFA), Banco Angolano de Investimentos (BAI) e com o Banco de Poupança e Crédito (BPC). Pelo menos 100 milhões de dólares…

Leia mais

O REGRESSO DOS… CATAMARÃS

A Sonangol entregou hoje ao Governo angolano dois catamarãs recebidos no âmbito da recuperação de créditos da petrolífera sob o grupo China Sonangol que deverão começar a ser usados nas travessias entre Luanda e Mussulo já nesta quadra festiva. Bem que o homólogo de João Lourenço (não como presidente do MPLA mas da República), Marcelo Rebelo de Sousa, poderá ser convidado para inaugurar a primeira travessia… O anúncio da entrega foi feito hoje pelo ministro dos Transportes, Ricardo d’Abreu, após a cerimónia de entrega dos dois catamarãs que foram construídos…

Leia mais

Dentro de ti, ó Angola, o fiador é quem mais ordena

Angola vai aproveitar a prorrogação da Iniciativa de Suspensão do Serviço da Dívida do G20 para pedir também a extensão da moratória do serviço da dívida bilateral não garantida até ao final do ano, anunciou hoje o Governo. “Após avaliação da conjuntura, o Governo de Angola, através do Ministério das Finanças, decidiu aproveitar a prorrogação final da Iniciativa de Suspensão do Serviço da Dívida do G20 (DSSI) e solicitou aos seus parceiros soberanos que continuassem a paralisação do serviço da dívida bilateral não garantida de 1 de Julho a 31…

Leia mais

Eu seja ceguinho!, diz o cego

A ministra das Finanças de Angola, Vera Daves, disse hoje que várias vezes teve de dizer aos banqueiros comerciais para se acalmarem porque a prioridade do país é o financiamento em termos concessionais, abaixo das taxas do mercado. Se possível, como comprova a história do MPLA, entrando os banqueiros com o dinheiro e o governo com a experiência. Isto porque, no fim, os financiadores ficariam com a experiência e o MPLA com o dinheiro… “Recebemos muitas propostas dos bancos comerciais para financiar projectos específicos, e a nossa iniciativa é dizer…

Leia mais

Fiado + fiado = falência

A economia de Angola, gerida há 45 anos pelo MPLA, passou a fazer parte dos 42 países analisados em pormenor pelo Instituto Financeiro Internacional (IFI), o órgão representativo dos credores privados, e é um dos três países com mais dívida para pagar este ano. Recorde-se a tese fundamental do MPLA: Os investidores entram com o dinheiro e o MPLA entra com a experiência. No fim, os investidores ficam a experiência e o MPLA com o dinheiro. Isto enquanto os credores não obrigarem o país a abrir… falência. “Mais de 190…

Leia mais

S.O.S. a todos os credores

O líder do Clube de Paris disse hoje que os credores privados terão de participar no alívio da dívida dos países mais vulneráveis, admitindo, ainda assim, a possibilidade de haver “excepções específicas e muito limitadas”. Em entrevista à agência de informação financeira Bloomberg, o chefe do Tesouro do Ministério das Finanças da França, Emmanuel Moulin, que acumula a presidência do Clube, disse que “um tratamento de dívida ao abrigo do Enquadramento Comum para o Tratamento da Dívida para além da Iniciativa de Suspensão do Serviço da Dívida (DSSI) vai requerer…

Leia mais

França quer ensinar a pescar. China apenas “dá” peixe…

O Governo francês anunciou hoje uma mudança estratégica na assistência ao desenvolvimento dos países africanos, em resposta ao aumento da influência política e económica da China neste continente, na qual privilegia as questões ambientais e sociais. “É inconcebível dar rédea solta aos novos actores que vemos empenhados no campo da ajuda ao desenvolvimento”, assumiu o ministro dos Negócios Estrangeiros, Jean-Yves Le Drian, numa conferência de imprensa onde esteve também o seu homólogo da Economia, Bruno Le Maire, realizada em Paris no final do primeiro conselho presidencial dedicado especificamente à ajuda…

Leia mais

Quem brinca com o fogo…

A Procuradoria-Geral da República diz que há investigações em curso no Serviço Nacional de Recuperação de Activos para identificar o património de Manuel Vicente. Como goza de imunidade (e de impunidade), o Presidente do MPLA, João Lourenço, está descansado quanto a uma eventual identificação do seu património. Quando tal for possível emigrará para Barcelona ou Washington… A PGR angolana anunciou no início deste ano a apreensão de mais de mil imóveis inacabados, bem como edifícios e estaleiros “construídos com fundos públicos” que se encontravam na posse do China International Fund.…

Leia mais