E o vencedor é… o MPLA

O Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA), Egídio de Sousa Santos “Disciplina”, foi condecorado em 3 de Setembro de 2019, em Lisboa, Portugal, pelo Presidente daquele país, Marcelo Rebelo de Sousa, com a medalha da Grande Cruz de Mérito Militar. Hoje, dia em que será reeleito, e para além dos parabéns que já deve ter recebido do seu homólogo João Lourenço, o Tio Celito estará provavelmente a elaborar a lista de condecorações para os próximos anos. Agostinho Neto será com certeza um deles. Entregue numa cerimónia…

Leia mais

Os políticos e as fraldas

O Presidente João Lourenço destacou no dia 23 de Setembro de 2019 o “esforço de mudança” em Angola, através do qual espera colocar o país “no mesmo patamar em que se encontram as nações empenhadas em promover o seu sucesso”. Por Norberto Hossi Estamos no caminho certo. O MPLA governa há 45 anos e promete atingir esse desiderato quanto chegar aos 100 anos de poder ininterrupto. Já só faltam 55 anos. “Está a realizar-se em Angola, com a participação de políticos, da sociedade civil, da população em geral e do…

Leia mais

A mensagem do Tio Celito

O Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, disse, numa mensagem gravada para a RTP África, que é preciso “ultrapassar rapidamente” as desigualdades e injustiças do “terrível ano” que acabou, manifestando “confiança” num melhor 2021. Em Angola, lembremos, foi “apenas” um dos muito terríveis anos para 20 milhões de pobres. “É preciso ultrapassar rapidamente 2020, é preciso ultrapassar rapidamente a pandemia, é preciso ultrapassar rapidamente o que há de pior, de mais profundo, desigual e injusto na crise económica e social”, disse Marcelo Rebelo de Sousa. O chefe…

Leia mais

Amigos para sempre

O Presidente angolano, igualmente Presidente do MPLA e Titular do Poder Executivo, João Lourenço, elogiou o trabalho de Portugal no combate à Covid-19, numa mensagem evocativa do 10 de Junho, em que defende o “contínuo estreitamento das relações de amizade e de cooperação” entre os dois países, quiçá com vontade de exemplificar com os casos Manuel Vicente e Isabel dos Santos. Em mensagem enviada a Marcelo Rebelo de Sousa, que ao contrário de João Lourenço foi nominalmente eleito Presidente da República e não é – ao mesmo tempo – líder…

Leia mais

Marcelo diz que está tudo na santa paz do (seu) MPLA

O Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa (o tal que felicitou João Lourenço pela vitória mesmo antes de os resultados oficiais terem sido divulgados), afirmou hoje que na relação entre Portugal e Angola só há “boas notícias” e foram essas que marcaram a agenda de um encontro de quase uma hora com o seu homólogo angolano, João Lourenço. Questionado pelos jornalistas, o Presidente português negou que os dois tenham discutido eventuais implicações do arresto movido pela Procuradoria-Geral da República (PGR) angolana das contas e participações da empresária angolana Isabel dos…

Leia mais

Lourenço agradece ao camarada “tio Celito”

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Manuel Augusto, anunciou hoje que teve um encontro durante a manhã com o Presidente da República português, Marcelo Rebelo de Sousa, para agradecer o apoio na luta contra a corrupção e nas reformas. “Gostaria de informar que tive um encontro esta manhã com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a quem transmiti este agradecimento e a quem também pedi que continuasse, que Portugal continuasse a apoiar Angola nessas reformas e nesse combate porque vai beneficiar Angola, em primeira instância, mas também…

Leia mais

Marcelo condecorou
o general “Disciplina”

O Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA), Egídio de Sousa Santos “Disciplina”, foi condecorado hoje, terça-feira, em Lisboa, Portugal, pelo Presidente daquele país, Marcelo Rebelo de Sousa, com a medalha da Grande Cruz de Mérito Militar. Se a bajulação fosse condição “sine qua non” para ganhar um Prémio Nobel, Portugal ganhava-os todos. Entregue numa cerimónia em que também foram distinguidos oficiais portugueses, a medalha da Grande Cruz de Mérito Militar é a mais importante condecoração militar atribuída pelo Estado português. A condecoração do oficial superior angolano…

Leia mais

A bajulação dos medíocres

Ferro Rodrigues, o presidente socialista do Parlamento português, tal como já antes fizera Jaime Gama, enalteceu hoje – só faltou (ao que parece) pôr-se de joelhos – em Luanda, o papel “fundamental” de António Agostinho Neto, não só na luta pela independência de Angola, mas também na mudança de regime em Portugal, protagonizada em 1974. No calendário dos socialistas (mas não só) lusos, não consta o dia 27 de Maio de 1977. E, ao fim e ao cabo, se Marcelo é o bajulador dos bajuladores, Ferro Rodrigues tem o mesmo…

Leia mais

Sabujice presidencial

“O corolário desta criadagem sabuja é a nota de duas linhas (envergonhada mas diligente) publicada pelo Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, congratulando João Lourenço por uma vitória que, roubo à parte, nem sequer foi ainda formalmente anunciada. A minha vergonha como cidadão português não pode hoje comparar-se ao justificado orgulho cívico do povo angolano” (João Paulo Batalha no Folha 8). Marcelo Rebelo de Sousa, presidente (nominalmente eleito) de Portugal encontrou-se no dia 5 de Agosto de 2016, no Brasil, com o vice-presidente de Angola, Manuel Vicente,…

Leia mais

Ajoelhou e vai rezar
– O amor está no ar!

A Direcção da UNITA afirma que recebeu, “escandalizada”, com “estupefacção” e “desilusão”, a declaração do chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, felicitando o candidato do MPLA pela vitória nas eleições gerais de quarta-feira. Também Nuno Dala arrasa a hipocrisia servil e bajuladora do presidente português. “A UNITA reafirma que, até este momento, em Angola não existe nenhum Presidente da República eleito, como também ainda não existem quaisquer deputados eleitos”, lê-se num comunicado do Secretariado Executivo da Comissão Política do partido. No sábado, o Presidente português, Marcelo Rebelo de…

Leia mais