“Deus” e o rei jacaré (vegetariano)

José Eduardo dos Santos foi o “escolhido de Deus”, se bem que muitos ainda pensem que ele próprio era o deus. E foi ele, numa dessas duas qualidades, quem escolheu João Lourenço para o substituir e que, imediatamente, o apunhalou pelas costas (a prova provada que “deus” também se engana). Passamos assim a ter uma simbiose de Kim Jong-un e Teodoro Obiang. Por Orlando Castro Assegurada que estava (que estará sempre) a esmagadora vitória do MPLA nas eleições, o Folha 8 mantém firme a sua campanha mundial para que João…

Leia mais

Deus e o Diabo são uma só “pessoa”?

Imaginemos (segundo a ERCA imaginar ainda não é crime mas talvez possa estar perto de ser um acto “repugnante”) que o Estado angolano é uma entidade de bem. Assim sendo, acreditamos no Procurador-Geral da República (mesmo sendo um general do MPLA), Hélder Pitta Gróz, quando afirmou, em Janeiro de 2018, que o Presidente João Lourenço tinha sido o primeiro a apresentar a sua declaração de bens, estava a falar verdade. A Declaração de Bens é (ou deveria ser) apresentada em envelope fechado e lacrado, até 30 dias após a tomada…

Leia mais

Depois do “escolhido de Deus” eis o próprio “Deus”

“Esperança”, “repatriamento” e “mudança” lideram as escolhas para a “Palavra do Ano” em Angola, cuja eleição decorre até segunda-feira, às 23:59, contando com cerca de 3.000 votos, anunciou hoje a Plural Editores, que organiza a iniciativa. Na corrida estão ainda as palavras “resgate”, “justiça”, “autarquias”, “melhorar”, “câmbio”, “investimento” e “cidadania”, por ordem dos votos entrados em www.palavradoano.co.ao. A “Palavra do Ano” de 2018, em Angola, será conhecida “nas primeiras semanas de Janeiro”, numa cerimónia a realizar em Luanda. Relativamente à escolha das palavras para fazerem parte da lista de elegíveis,…

Leia mais

Gafanhotos sem patas são surdos (eis a tese do MPLA)

As notícias chegam tarde, sempre muito tarde, ao jornal da Angola do MPLA. As análises éticas e cientificas desaguam sempre para os leitores depois de já terem barbas as análises efectuadas por outros jornalistas a sério, aqueles que têm independência económica e intelectual para opinar sem dependerem dos que pensam ser os donos das mentalidades e das vontades dos cidadãos do país. Estes mudam de ideologia de acordo com as suas conveniências e as contas bancárias pessoais. Por Domingos Kambunji Já é demasiado velha a anedota acerca do “cientista” que…

Leia mais

Rastos das ascendências
nas fogueiras anti bruxas

O ambiente cultural, o cabedal civilizacional que suporta todo um característico modo de estar, de viver na carícia da transmissão e no prosseguimento dos sentimentos das comunidades e sociedades falantes da língua portuguesa, sob o indicativo partilhado da boa-fé, da moral e dos bons costumes, fruto de uma coexistência secular, de um caminhar pungente e dolorido, cúmplice aprendizado pelos tempos históricos, corre o sério risco de ficar arruinado, esvaziado de sentido, com as tentativas de assassinato que tantas vezes aqueles valores e modos estruturantes dos relacionamentos humanos são alvo. Por…

Leia mais

Até ver ainda é Deus no céu
e, claro, Santos na Terra!

O Presidente da República do MPLA (se fosse de Angola teria, necessariamente, outro comportamento), João Lourenço, qualificou hoje, em Luanda, José Eduardo dos Santos, famigerado “escolhido de Deus” e “arquitecto da Paz”, como exímio diplomata, “que conduziu, com mestria e saber, o processo de reconhecimento, pela comunidade internacional, do Estado angolano, fundado a 11 de Novembro de 1975”. João Lourenço discursava na 8ª Reunião de Embaixadores de Angola no Exterior, que decorre, até sexta-feira, em Luanda e que pretende – segundo a fidedigna informação do MPLA – alicerçar uma diplomacia…

Leia mais

O oxigénio do divino camarada Presidente

“O oxigénio que respiramos também é um ganho da paz”, afirma António Luvualu de Carvalho, embaixador-itinerante e membro do Comité Central do MPLA, em declarações à Televisão Pública de Angola (TPA). Por Rafael Marques de Morais (*) Trata-se de uma declaração cujo intuito é endeusar o presidente – o arquitecto da paz – e colocar o MPLA ao mesmo nível que o conselho de apóstolos de Jesus Cristo, ou seja, “intangível”, para usar uma palavra muito cara a Luvualu. Nas redes sociais, as palavras de Luvualu correm a uma velocidade…

Leia mais

Só mesmo Deus pode ajudar

Robert Mugabe, presidente vitalício do Zimbabué, velho e querido amigo do seu homólogo angolano, José Eduardo dos Santos, foi à ONU dizer que a culpa de tudo o que se passa no seu reino se deve às sanções económicas aplicadas pelo Reino Unido, EUA e outros países ocidentais. Por Orlando Castro Recordando (e aqui fica a lembrança para sua majestade o rei de Angola) que Mugabe disse em tempos que só Deus o pode tirar de presidente, não há mesmo necessidade de haver eleições para tentar substituir Mugabe. Eleições só…

Leia mais

A fé de cada um

Por mais descrente que um homem possa parecer, há vezes em que toda a força falha. Incapazes de disciplinar nossos sentimentos, buscamos auxílio em coisas que não podem ser vistas ou tocadas. Por Gabriel Bocorny Guidotti Jornalista e escritor Porto Alegre – Brasil Esse é o significado da fé: mover de montanhas, motivar legiões. Afinal, existe um Ser Superior ou somos vítimas de conspirações humanas que durante milénios nos conjuraram mentiras? A religião, assim como supostamente nos deu o começo, nos trouxe também o final. Primeiro o homem é homem,…

Leia mais