Nota 20 em educação patriótica

O secretário itinerante do comité provincial do MPLA em Luanda, general Bento dos Santos Kangamba, considerou, em Luanda, que a revisão constitucional (que ele não sabe o que é) proposta pelo Presidente da República, João Lourenço, visa corresponder ao ritmo de desenvolvimento do país. Bento Kangamba falava à imprensa, à margem da VI reunião metodológica nacional sobre a organização do trabalho do partido. Na ocasião, o general considerou oportuna a proposta de revisão da Constituição, justificando que a medida vem demonstrar que o Presidente da República “está a dar conta…

Leia mais

“Deus” e o rei jacaré (vegetariano)

José Eduardo dos Santos foi o “escolhido de Deus”, se bem que muitos ainda pensem que ele próprio era o deus. E foi ele, numa dessas duas qualidades, quem escolheu João Lourenço para o substituir e que, imediatamente, o apunhalou pelas costas (a prova provada que “deus” também se engana). Passamos assim a ter uma simbiose de Kim Jong-un e Teodoro Obiang. Por Orlando Castro Assegurada que estava (que estará sempre) a esmagadora vitória do MPLA nas eleições, o Folha 8 mantém firme a sua campanha mundial para que João…

Leia mais

A versão afro de Queiroz

Como é natural nas ditaduras, o regime do MPLA (não confundir com Angola e muito menos com os angolanos) prefere ser assassinado pelo elogio do que salvo pela crítica. Nessa perspectiva, a Embaixada de Angola em Lisboa convidou, em Abril de… 2012, Belarmino Van-Dúnem para ir a Portugal falar do papel da paz na afirmação de Angola, palestra no quadro do Dia da Paz e Reconciliação Nacional. Por Orlando Castro Como esperado, o orador criticou a postura de alguns sectores da sociedade portuguesa, particularmente de certa imprensa que – disse…

Leia mais

Os Manicos do Pravda do MPLA

Aquele candengue que é moço de recados do que o Comité Central do MPLA manda fazer e dizer no jornal da Angola do MPLA, o Caetano Júnior, bastante júnior e por isso demasiado imaturo para ter uma visão global de tudo o que se relaciona com o bom senso, o bem estar dos angolanos e a ética, está muito zangado com os deputados da oposição na Re(i)pública da Angola do MPLA. Por Domingos Kambunji É compreensível, não aceitável, este tipo de comportamentos dos monangambés do jornal da Angola do MPLA…

Leia mais

Marcelo diz que está tudo na santa paz do (seu) MPLA

O Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa (o tal que felicitou João Lourenço pela vitória mesmo antes de os resultados oficiais terem sido divulgados), afirmou hoje que na relação entre Portugal e Angola só há “boas notícias” e foram essas que marcaram a agenda de um encontro de quase uma hora com o seu homólogo angolano, João Lourenço. Questionado pelos jornalistas, o Presidente português negou que os dois tenham discutido eventuais implicações do arresto movido pela Procuradoria-Geral da República (PGR) angolana das contas e participações da empresária angolana Isabel dos…

Leia mais

FMI mente e goza, à grande, com a fome dos angolanos

O representante do Fundo Monetário Internacional (FMI) em Angola, Marcos Rietti Souto, disse hoje que as reformas em curso no país “são do Governo angolano e não da instituição financeira”, defendendo que “apesar de difíceis”, estas trarão “resultados positivos”. Por outros palavras, como faziam os coloniais maus “chefes de posto”, a culpa do que eles mandavam fazer era sempre dos sipaios. “Reconhecemos que muitas dessas reformas, essas medidas, não são medidas fáceis, elas são para a economia e para a população, mas elas são reformas do Governo angolano, não são…

Leia mais

A uma só voz os sipaios disseram: “Sim Patrão”!

A Assembleia Nacional do MPLA aprovou hoje, como esperado e de acordo com as ordens superiores, a proposta de Orçamento Geral do Estado (OGE) de Angola para 2020 com 119 votos favoráveis, 46 contra e nove abstenções. O patrão manda e (a conselho dos tachos) todos os sipaios dizem “Sim, senhor presidente”. O documento, que já tinha sido alvo de parecer favorável das comissões parlamentares de Economia e Finanças, de Assuntos Constitucionais e Jurídicos e de Administração Local e Poder Local, foi debatido esta manhã em plenário. A discussão foi…

Leia mais

Êxito planetário do Congresso da JMPLA

O “Burrou” Político do “Cumeteu” Central do MPLA congratula-se pelo enorme sucesso que foi a realização do Congresso da JMPLA. Neste espectáculo de variedades foi eleito para o cargo de secretário-geral da JMPLA o jovem Cassula Obediente a Marimbondos. Por Bento Sulano Atento O novo secretário-geral da JMPLA, no discurso de encerramento, apresentou ao governo da Re(i)pública da Angola do MPLA uma série enorme de reivindicações. Na impossibilidade de referirmos todas essas reivindicações destacamos apenas as mais importantes. Os jovens do MPLA exigem que o governo continue a garantir bons…

Leia mais

Preconceituoso manhoso

É uma grande comédia ler as lições de “moral, ética e boas maneiras” de alguém que exerce a função parasitária de director adjunto do jornal da Angola do MPLA, o Caetano Júnior. De facto, o jornal da Angola do MPLA é um órgão de informação que nos territórios nacional e internacional goza do prestígio de ser um cata-vento à procura de uma orientação sem objectivos definidos, sempre a tentar plagiar a última moda demagógica de uma maneira muitíssima matumba. Por Domingos Kambunji O conformismo e o servilismo foram e são…

Leia mais

(A)MPLA masturbação colectiva dos sipaios

A Comissão Instaladora do novo projecto político de Abel Chivukuvuku, denominada PRA-JA, alterou essa denominação para “PRA-JA Servir Angola”, atendendo ao despacho do Tribunal Constitucional que impunha alteração da sigla para evitar confusão com outra que não existe mas que a sucursal do MPLA  ressuscitou só para este efeito. O despacho do presidente do Tribunal Constitucional do MPLA (se fosse mesmo de Angola seria diferente, muito diferente), que determinava a alteração da sigla PRA-JA devido à “violação do princípio da não confundibilidade da sigla existente PRJA” (Partido Republicano da Juventude…

Leia mais