ENTRE CLONES E SIPAIOS… MPLA SOMA E SEGUE

O órgão oficial do MPLA (o Jornal de Angola – JA ) elencou as principais acções realizadas pelo Presidente da República, João Lourenço, em 2021. Como os seus sipaios têm o cérebro onde o partido ordena que o tenham, nos intestinos, só sai porcaria. Vejamos então o que o JA expeliu. “Tal como prometido no discurso de investidura, a 26 de Setembro de 2017, de que trabalharia na melhoria das condições de vida e bem-estar de todos os angolanos, o Chefe de Estado não parou de realizar as acções para…

Leia mais

“CARREGANDO À SUA TRÁS”

No nosso Facebook, escrevemos: O Jornal de Angola (JA), órgão oficial do MPLA, já apresentou a sua “jornalista” candidata ao próximo Prémio Nobel da Literatura: Yara Simão. Como diria o patrono do Jornal de Angola, João Lourenço, se “haver” necessidade façam um “compromíssio” com o general Bento Kangamba para dar uns retoques no já de si “pessoano” brilhantismo linguístico da Yara Simão. Por considerar que os seus textos são tão merecedores do Nobel da Literatura como o de Yara Simão, Bento Kangamba enviou-nos o seguinte texto, publicado em 11 de…

Leia mais

Tal pai… tais filhos

A Edições Novembro, empresa do MPLA que é proprietária – entre outros meios de propaganda do regime- do Jornal de Angola, vai ter em circulação, até aos próximos meses, 11 títulos, entre os quais sete regionais, de acordo com o seu presidente do Conselho de Administração, Drumond Jaime. A informação foi avançada, em Mbanza Kongo, província do Zaire, durante a cerimónia de celebração dos 45 anos da empresa, que coincidiu com o lançamento do quinto título regional, o jornal Nkanda, que vai cobrir as províncias do Zaire, Uíge e Cabinda.…

Leia mais

Não era Canga, era tanga!

«Angola vence a pobreza», escrevia – em manchete – o Jornal de Angola no dia 18 de Junho de 2013. Era ministro da Agricultura Pedro Canga. O MPLA estava, como está desde 1975, no Governo. E é assim que se faz a história de um local mal frequentado ao qual, erradamente, se chama país. Transcrevemos, “ipsis verbis” o texto em questão: «Angola foi homenageada no domingo em Roma pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) pelo cumprimento do primeiro Objectivo de Desenvolvimento do Milénio (ODM) ao…

Leia mais

Rir e fazer rir enquanto mama

Em Maio de 2018, a administração das Edições Novembro, Empresa Pública (do MPLA) de comunicação social que é detentora – entre muitos outros – do Jornal de Angola, afirmou que a Administração anterior, chefiada por José Ribeiro, era um bando de incompetentes (ladrões, em tradução linear). Por Orlando Castro José Ribeiro não perdeu tempo a responder, encarnando o papel de virgem ofendida, disse que era tudo mentira e que, afinal, a culpa do que se estoira no bordel é da equipa chefiada por Victor Silva. Certo, certo é que o…

Leia mais

Rabo escondido com MPLA de fora

A embaixadora dos EUA, Nina Maria Fite, deu uma entrevista à RNA (do MPLA) no passado dia 2 mas só foi transmitida ontem, dia 19, e hoje mereceu manchete do Jornal de Angola (do MPLA). Foi uma, mais uma, manipulação aberrante do MPLA que manteve a entrevista em carteira para tentar, agora, minimizar os estragos do relatório da consultora Pangea Risk que revelou que o Presidente João Lourenço e outros altos dirigentes estavam a ser investigados nos EUA. Como o Folha 8 revelou no dia 16, um relatório da consultora…

Leia mais

O banquete dos Juniores Caetanos

Então não é que as redes sociais tinham razão quando diziam que o MPLA não é um movimento popular de libertação de Angola mas sim uma Matilha de Predadores Ladrões de Angola? O júnior Caetano do Jornal da Angola (JA) do MPLA vem agora dizer que ele e os seus kapangas dos órgãos oficiais de comunicação social, parasitas do dinheiro de todos os angolanos, “endeusaram pessoas cuja conduta merecia reprovação e nunca exaltação”? Por Domingos Kambunji Não nos esqueçamos que o JA homenageou durante vários anos o soba da corrupção,…

Leia mais

Sem vergonha na chipala

Victor Silva, director do Jornal de Angola do MPLA diz que “o Estado, através da Procuradoria-Geral da República (PGR), tem feito uma série de apreensões de bens e património, no âmbito da recuperação de activos do Estado que estão ou foram parar indevidamente às mãos de interesses privados ou de grupos”. A actual administração das Edições Novembro, Empresa Pública de comunicação social que é detentora do Jornal de Angola, dos Desportos, de Economia & Finanças, de Cultura, do Metropolitano de Luanda e do Planalto, afirma que a Administração anterior, chefiada…

Leia mais

Cabeças de lama rolando nas pedras

O jornal de Angola do MPLA, uma filial da ERCA do Adelino Almeida, num rasgo que só pode ser de comédia pateta, agora vem a público dar lições do que é democracia e liberdade de expressão? O jornal de Angola do MPLA que propagandeou a decisão do assassino Agostinho Neto para o MPLA iniciar uma guerra civil e mandar o MPLA fuzilar dezenas de milhar de angolanos, sem julgamento prévio, para impor uma ditadura marxista-leninista fracassada, quer dar aulas do que é democracia e liberdade de expressão? Por Domingos Kambunji…

Leia mais

Três, dois, um… a farra

O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, reiterou, nesta quinta-feira, a necessidade de acelerar a modernização das Edições Novembro, no quadro do processo de transformação em curso naquela instituição. Ou seja, disse o mesmo que já disseram Nuno “Carnaval” e João Melo. Diferentes discursos só tiveram os anteriores ministros: João Filipe Martins, Boaventura Cardoso, Rui de Carvalho, Hendrick Vaal Neto, Manuel António Rebelais, Carolina Cerqueira e José Luís de Matos. A empresa Edições Novembro – E.P. é a proprietária e produtora dos títulos Jornal de…

Leia mais