“PAPE” À MESA DO PAPÁ…

Oficialmente, 100.194 jovens foram formados em todo país, em 2022, nos diversos cursos profissionais ministrados pelo Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP), contra os cerca de 75 mil de 2021. informação foi avançada, na província do Bié, pelo director geral do INEFOP, Manuel Mbangui, durante a inauguração do Centro de Integrado de Emprego e Formação Profissional do Cuito. Para o efeito, estão em funcionamento nas 18 províncias 1.439 unidades formativas, destas 158 são centros de formação e o restante são pavilhões de arte e ofícios, que são assistidos…

Leia mais

AS TETAS DA T(R)ETA DO MPLA

O Governo do MPLA (no Poder há 47 anos) manda dizer que a produção e a comercialização de produtos pecuários, como carne, leite e ovos, vai ganhar outra dinâmica, nos próximos três anos, com a implementação do Plano Nacional de Fomento e Desenvolvimento da Pecuária (PLANAPECUÁRIA). plano, coordenado pelo ministro de Estado para a Coordenação Económica, foi aprovado através do Decreto Presidencial n° 13/23 de 6 de Janeiro, e enquadra-se naquilo a que, pomposamente, séquito do general João Lourenço (também chamado governo) considera conjunto de medidas políticas estratégicas do Governo,…

Leia mais

(CON)FISCO GERAL MAS… SELECTIVO

A Administração Geral Tributária (AGT) angolana arrecadou 58,5 mil milhões de kwanzas (108 milhões de euros) em Imposto Predial (IP) e 3,8 mil milhões de kwanzas (7 milhões de euros) em Impostos sobre Veículos Motorizados (IVM) em 2022. informação foi transmitida hoje pelo director dos Serviços Ficais da AGT, Denis Barbosa, dando conta que as arrecadações do IP representaram um acréscimo de 2% face ao ano de 2021 e do IVM representou um aumento de 10% em relação a 2021. O órgão responsável pelo fisco angolano espera que as arrecadações…

Leia mais

MPLA MOSTRA AOS TUGAS COMO SE GOVERNA

Não fosse, mas afinal é, o triste facto de 47 anos depois o nosso povo continuar a passar fome, continuar a ser gerado com fome, continuar a nascer com fome e a morrer pouco depois com fome… se calhar o Natal faria algum sentido. No entanto, os que têm, pelo menos, três refeições por dia vão ter, certamente, um bom Natal. Quanto aos milhões que nem um prato de pirão têm, para esses haverá mais do mesmo em 2023. Boas Festas Presidente João Lourenço. m Dezembro de 2019, “sensibilizada com…

Leia mais

QUANDO O ZIGUEZAGUE PROVOCA TORCICOLOS

Rafael Marques, activista dos direitos humanos, denunciou hoje, num fórum em Washington, o que o Folha 8 (entre outros) tem denunciado por diversas vezes. Ou seja, que o Judiciário “tornou-se um epicentro da corrupção” em Angola e acusou o Presidente, João Lourenço (de quem recebeu uma condecoração), de retaliar politicamente contra inimigos pessoais. o Fórum da Sociedade Civil, um evento integrado na Cimeira Estados Unidos da América (EUA)-África, Rafael Marques teceu duras críticas ao sistema “de patrocínio e recompensa” existente em Angola, “que promove a corrupção”. Dando como exemplo a…

Leia mais

QUEM MANDA NO OGE, QUEM É?

A ministra das Finanças, Vera Daves, disse hoje que as autoridades angolanas (leia-se do MPLA) e os parceiros financeiros internacionais estão a estudar a possível operacionalização dos instrumentos de cobertura dos riscos associados à proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2023. egundo Vera Daves, a proposta do OGE para o exercício económico de 2023 abarca riscos, sobretudo relacionados com a captação da receita fiscal e a captação da receita de financiamento. Ou seja, as boas contas económicas e financeiras (como, aliás, todas as outras) que o MPLA faz…

Leia mais

SÃO SAPOS, MAS A EMENTA É VEGANA

O presidente da UNITA, Adalberto da Costa Júnior, diz que deputados vão tomar posse, apesar de apelos em contrário. O partido contestou os resultados das eleições, mas promete “continuar a resistência” nas instituições do Estado. É, afinal, a versão Samakuva II, mas com sapos de outra geração… Jonas Savimbi dizia que a UNITA ia de derrota em derrota até à vitória final. Adalberto da Costa Júnior actualizou a mensagem e, assim, a UNITA vai de vitória (moral) em vitória (permitida pelo MPLA) até à derrota final. Em 2016, o então…

Leia mais

SEIS POR MEIA DÚZIA, MAIS DO MESMO

Na corrida às quintas “eleições” angolanas, o líder do MPLA, João Lourenço, também Presidente da República, Titular do Poder Executivo e Comandante-em-Chefe das Forças Armadas, aposta no que chama de “obra feita” para preservar o poder do partido que governa o país desde 1975 e mostrar que ainda tem o povo (20 milhões têm a barriga vazia) ao seu lado. João Lourenço, que se recandidata a um segundo mandato como Presidente da República, substituiu nas listas do MPLA o seu número 2, trocando o actual vice-presidente Bornito de Sousa pela…

Leia mais

MPLA RECICLA ESTRATÉGIA E TROCA SEIS POR… MEIA DÚZIA

O Governo angolano aprovou hoje o Relatório de Balanço dos últimos cinco anos de mandato, destacando como êxitos o que, de facto, foi um enorme fiasco. Ou seja, a consolidação daquilo que o país não é, um Estado democrático e as acções contra a corrupção. Mais uma vez o MPLA passa um atestado de inferioridade intelectual e matumbez aos angolanos, bem como à comunidade internacional, se bem que esta está-se nas tintas para isso. O documento, aprovado na sétima sessão ordinária do Conselho de Ministros, orientada pelo Presidente angolano, João…

Leia mais

MORRAM PRIMEIRO E QUEIXEM-SE DEPOIS

João Lourenço, líder do MPLA, partido no poder em Angola há 46 anos, e igualmente Presidente da República (não nominalmente eleito) e Titular do Poder Executivo, criticou os adversários políticos de estarem a levar a cabo “uma campanha interna e externa de descredibilização das eleições, mesmo antes de elas se realizarem”, situação que considerou inédita. Esqueceu-se, obviamente, de reconhecer que, nas “eleições” anteriores, antes da votação já o MPLA sabia o resultado. “Os nossos adversários, mesmo sendo parte da organização das eleições, porque estão na Assembleia Nacional (onde o MPLA…

Leia mais