A CULPA NÃO É DA CHUVA

O novo comandante-geral da Polícia Nacional (do MPLA), Arnaldo Manuel Carlos, aponta a elevação do sentimento de segurança das populações como uma das prioridades. Mal seria se apontasse algo diferente. O problema não está no diagnóstico, está – há 46 anos – na medicação. Quando chove dentro de casa, o problema não é a chuva… Ao falar à Imprensa (sem perguntas previamente enviadas) depois de ser empossado nas funções, pelo Presidente da República, João Lourenço, Arnaldo Carlos disse que a concretização desse desiderato vai passar por fazer, primeiro, uma breve…

Leia mais

SE JOÃO LOURENÇO O DIZ…

Na última noite de 2021, o Chefe de Estado angolano (não nominalmente eleito) e também Presidente do MPLA (partido no Poder há 46 anos) e Titular do Poder Executivo, João Lourenço, participou, através de uma mensagem endereçada a partir de Luanda, na emissão especial da RTP que assinalou a transição de ano nos países da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa). As palavras do Presidente João Lourenço dirigidas aos povos das nações que formam a CPLP foram as que se seguem: «É com muito prazer que nesta Quadra Festiva…

Leia mais

O PROMESSÓMETRO DO PGR

O procurador-geral da República de Angola, general Hélder Pitta Grós, disse hoje, em Luanda, que este ano foram instaurados cerca de 700 novos processos-crimes relacionados com a actividade económica e financeira. Hélder Pitta Grós, que se dirigia numa mensagem de fim de ano aos funcionários da Procuradoria-Geral da República (PGR), referiu que especial atenção continua a ser dada no combate “ao crime de colarinho branco”, nomeadamente peculato, corrupção passiva e activa, recebimento indevido de vantagens, participação económica em negócios, branqueamento de capitais e todo o tipo de crime económico e…

Leia mais

MAIS DO MESMO… COMO SEMPRE

O Presidente angolano, João Lourenço, chegou hoje a Abou Dhabi, Emirados Árabes Unidos, para uma visita oficial na qual se prevê a assinatura de vários memorandos de entendimento, entre os quais a supressão de vistos. É mais um capítulo do livro “Mais do mesmo, seis por meia dúzia”. De acordo com uma nota da Casa Civil do Presidente da República, o chefe de Estado vai ter encontros ao mais alto nível com o príncipe herdeiro dos Emirados Árabes Unidos, o xeque Mohammed bin Rashid Al Maktoum, e altas entidades do…

Leia mais

A INCOMPETÊNCIA É SEMPRE RELATIVA

A Assembleia Nacional de Angola (do MPLA) aprovou hoje, na globalidade, o Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2022, com votos favoráveis somente do partido no poder há 46 anos, e críticas generalizadas da oposição, que apontam “vícios do passado”. Entretanto, o Bureau Político do MPLA aprovou o regulamento do Conselho de Honra do MPLA, novo órgão do partido, onde terá lugar José Eduardo dos Santos, e a greve dos médicos angolanos já dura há uma semana. A proposta de Lei do OGE 2022 foi hoje aprovada com 135 votos…

Leia mais

VENHAM VER A EXCEPÇÃO…

O Presidente angolano, João Lourenço, convidou, hoje, a visitar o Centro Especializado de Pandemias e Endemias, inaugurado em Calumbo, município de Viana, aqueles que criticaram a aquisição pelo Governo de um complexo residencial com este efeito. “Com relação a este centro, dizer que houve muita polémica quando se anunciou a decisão da construção desta unidade. A resposta aos polémicos é o que estamos a apresentar hoje, portanto, venham ver, esta é a resposta”, disse João Lourenço em declarações à imprensa, à margem da inauguração do centro. Em causa está a…

Leia mais

ATÉ EM PENSAMENTO MENTEM

O presidente angolano, João Lourenço, anunciou hoje que o executivo está a fazer um “investimento colossal” na área da saúde e anunciou que serão iniciadas as obras de seis novos hospitais em 2022. Previsivelmente o número de pobres passará de 20 milhões para 0 (zero), a malária será extinta, serão criados milhões de empregos e os dias passarão a ter… 24 horas. João Lourenço, que se dirigia à (sua) Nação no discurso que marcou hoje a abertura do ano parlamentar, salientou que nos últimos quatro anos foram feitos investimentos importantes…

Leia mais

Placebos (propagandísticos) também curam

A ministra da Saúde angolana disse hoje, em Luanda, que a força de trabalho no sector passou de 65.294 profissionais para 87.161, nos últimos dois anos, elevando o número de médicos para 7.715. Para além de uma prova de vida, Sílvia Lutucuta quis fazer mais uma acção de propaganda e, obviamente, de bajulação ao “querido líder”. Sílvia Lutucuta, que discursava na abertura do I Workshop de Lançamento dos Protocolos Clínicos, descobriu agora a pólvora ao dizer que a actualização das normas de atendimento médico-hospitalar é importante para o sector no…

Leia mais

Solução para o problema ou problema para a solução?

As dificuldades económicas (quatro ministros da Economia em quatro anos de governo) e as divergências no seu próprio partido, o MPLA (há 46 anos a ser dono de Angola), são os principais problemas que o Presidente da República (não nominalmente eleito), igualmente Presidente do MPLA e Titular do Poder Executivo, João Lourenço, vai enfrentar em 2022, ano em que Angola terá eleições gerais, antecipadamente ganhas pelo MPLA. Para Ricardo Soares de Oliveira, professor do Departamento de Política e Relações Internacionais da Universidade de Oxford e autor do livro “Magnífica e…

Leia mais

Governação de excelência. Quatro ministros da economia em quatro anos

João Lourenço, na sua qualidade de Presidente de Angola (não nominalmente eleito), por proposta do Titular do Poder Executivo (João Lourenço) e com a bênção do Presidente do MPLA (João Lourenço) exonerou Sérgio Mendes dos Santos do cargo de ministro da Economia e nomeou para o cargo Mário Caetano de Sousa. Até agora (mais haverá, com certeza) a pasta da Economia teve em quatro anos… quatro titulares. Apesar de ser o perito dos peritos em todas as matérias da governação, seja nas questões macro económicas ou no achatamento polar das…

Leia mais