Quem sai aos seus…

Em Portugal, autarcas, dirigentes de lares, funcionários da segurança social e do INEM (Instituto Nacional de Emergência Médica) estão no centro dos vários casos de vacinação indevida (vigarice) denunciados em vários pontos do país, alguns a ser alvo de inquéritos por parte do Ministério Público. É fácil aos angolanos saberem quem foram os mestres dos nossos dirigentes… O primeiro caso de vacinação a violar os critérios estabelecidos no plano nacional a ser denunciado envolveu José Calixto, presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, que justificou ter sido vacinado na…

Leia mais

Europa abre cordões à bolsa

O Banco Europeu de Investimento vai conceder um empréstimo de 50 milhões de euros ao Ministério da Saúde angolano para o combate à Covid-19, anunciou hoje a embaixadora da União Europeia (UE) em Angola, Jeannette Seppen. Segundo a diplomata europeia, que falava hoje durante a cerimónia de doação de material de biossegurança e de testes de Covid-19 ao Governo angolano, o referido empréstimo será combinado com uma doação de cinco milhões de euros para assistência técnica. No âmbito da pesquisa em nutrição, incluído o impacto da crise da Covid-19, Jeannette…

Leia mais

Criminosos já vendem vacinas

Ainda a vacinação contra a covid-19 não começou a sério em toda a Europa e já circulam anúncios de vacinas falsificadas à venda na internet. Como avança hoje o Jornal de Notícias (Portugal), um estudo da Checkpoint Research, empresa internacional especializada em cibersegurança, identificou anúncios que prometem vacinas a 300 euros. No passado dia 3 o Folha 8 noticiou que a Interpol emitira um alerta global aos seus 194 países membros, incluindo Portugal, alertando-os para se prepararem para ataques das redes de crime organizado que em breve vão actuar nas…

Leia mais

Covid-19 acelera em África

África ultrapassou nas últimas 24 horas os 1,2 milhões de infectados pelo novo coronavírus, quase duplicando as infecções em pouco mais de um mês, e contabilizando mais 342 mortos em relação ao dia anterior, segundo dados oficiais. O Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), que reúne os dados dos 55 membros desta organização, refere que a região conta agora com 1.202.918 infectados, mais 7.621 do que terça-feira. A meio de Julho, os casos de Covid-19 em África eram sensivelmente metade (625.702 a 15 de…

Leia mais

Da luta séria à demagogia para derrotar o Covid

A 20 de Abril o Presidente de Madagáscar, Andry Rajoelina (foto), lançou um produto para a prevenção e cura da Covid-19, ainda que a sua eficácia não tivesse sido objecto de qualquer estudo científico publicado. O chefe de Estado assegurou, no entanto, que “foram realizados testes” e que “duas pessoas foram curadas com este tratamento”. “E ste chá de ervas dá resultados em sete dias”, afirmou o Presidente junto de ministros, embaixadores e jornalistas no Instituto Malgaxe de Investigação Aplicada (IMRA, na sigla inglesa), que desenvolveu a bebida. O Presidente…

Leia mais

Quénia, Maláui e Gana já vacinam contra a malária

O Quénia começou hoje a administrar a primeira vacina contra a malária a crianças nas áreas rurais com elevadas taxas de transmissão, tornando-se o terceiro país em África a aplicar o medicamento. O ministro da Saúde queniano considerou, numa mensagem colocada no Twitter, que hoje é um “dia histórico” para este país, o terceiro a introduzir a aplicação da vacina em África, a seguir ao Maláui e ao Gana. A malária é uma das principais causas de morte em África, tirando a vida de 435 mil pessoas todos os anos,…

Leia mais

Aposta na forma(ta)ção de génios (do MPLA) para tudo

O Governo angolano quer (é, pelo menos, o que diz) “diminuir a excessiva consultoria externa” e promove, a partir de hoje, uma acção formativa dirigida a 200 técnicos para “assegurar a operacionalização” dos serviços da Justiça e Direitos Humanos. Bem visto. A culpa nesta matéria como em quase todas em que o MPLA confunde o corredor de fundo com o fundo do corredor é, reconheçamos, dos consultores externos. Num ou noutro caso, convenhamos, poderá haver ainda uma mãozinha de Jonas Savimbi ou até mesmo de Isabel dos Santos… O ciclo…

Leia mais

OMS dá o peixe. Ensinar a pescar? Isso é que era bom!

A Organização Mundial de Saúde (OMS) entregou a Angola 11.505 doses de tratamento da tuberculose, doença que, em 2018, provocou 1.477 óbitos reportados, de um total de 70.362 casos notificados. “É que os antibióticos são para tomar todos os dias depois das refeições. Como nós aqui nem uma refeição por dia temos…” A contribuição da OMS ao Ministério da Saúde de Angola incluiu também duas viaturas, financiadas pela Aliança Mundial para Vacinas e Imunização (GAVI), para o reforço do programa de vacinação na província de Luanda, capital do país, que…

Leia mais

Surto de sarampo na Lunda Sul já causou 50 mortos

O surto de sarampo que está a atingir a província angolana da Lunda Sul há três meses já provocou meia centena de mortos, incluindo pelo menos 20 crianças, revelou fonte sanitária. Em África, o crescimento de casos de sarampo entre 2018 e 2019 foi de 700%. No que a Angola respeita, falta saber quem deve ser responsabilizado. Entre os potenciais culpados estão (como em tudo o que é mau e na óptica do Governo) os portugueses. Mas como eles já cá não estão desde 1975, não será de responsabilizar os…

Leia mais

A raiva veio para ficar?

Na província da Huíla 32 pessoas morreram de raiva em 2018, um aumento de 13 casos em relação a 2017, sendo a falta de vacina anti-rábica apontada como a principal causa das mortes com vítimas menores de idade. Em Novembro de 2018 , a ministra da Saúde angolana, Sílvia Lutucuta, garantiu que Angola já tinha vacinas suficientes… A informação sobre os casos da Huíla foi agora avançada, no Lubango, pelo técnico provincial de vigilância epidemiológica do departamento de saúde pública na Huíla, Hélio Chiangalala. O técnico salientou que o número…

Leia mais