Diversificar os loengos,
sem mexer no… petróleo

Angola produziu 1,356 milhões de barris de petróleo por dia em Outubro, menos 43.000 face a Setembro, segundo o relatório mensal da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) hoje divulgado. E, por cá, falar de petróleo é falar de quem está no poder há 44 anos – o MPLA. Os valores publicados, com base em dados de fontes secundárias, registam uma quebra da produção, depois de uma revisão em baixa dos valores de Setembro, que passaram de 1,411 para 1,399 milhões de barris por dia. Angola manteve a posição…

Leia mais

Estratégia do MPLA para a Sonangol divide opiniões

O ministro dos Recursos Minerais e Petróleos de Angola, Diamantino de Azevedo, disse hoje sentir “alguma incompreensão” quanto à saída da Sonangol de empresas em que tinha participações e garantiu que o objectivo é colocar a petrolífera ao nível de outras “grandes operadoras de petróleo”. “N ós temos dito que a Sonangol deve concentrar-se no seu ‘core business’, que é o petróleo, os hidrocarbonetos, às vezes sentimos alguma incompreensão nesse sentido”, referiu o ministro Diamantino de Azevedo, intervindo no encerramento do acto de apresentação técnica do projecto de construção da…

Leia mais

Menos 8 mil barris diários

A produção petrolífera angolana voltou a descer, em Agosto, o equivalente a 8.000 barris diários face a Junho, mas mantendo-se como o segundo maior produtor africano, atrás da Nigéria, segundo dados da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP). De acordo com o último relatório mensal da OPEP, divulgado hoje, Angola atingiu em Agosto uma produção diária de 1,448 milhões de barris de crude, face aos 1,456 milhões do mês anterior, com dados baseados em fontes secundárias da organização. Este é o segundo pior resultado de Angola em 2018, depois…

Leia mais

Menos 88.300 barris
de petróleo por dia

A produção petrolífera angolana voltou às quebras em Junho, equivalente a 88.300 barris diários no espaço de um mês, afastando-se da Nigéria, que consolidou a liderança entre os produtores africanos, segundo a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP). De acordo com o último relatório mensal daquela organização, relativo a Junho e divulgado hoje, Angola atingiu neste mês uma produção diária média de 1,431 milhões de barris de crude (após revisão da OPEP ao relatório de Maio), com dados baseados em fontes secundárias. Com este registo, em volume produzido, Angola…

Leia mais

África do Sul e Nigéria recuperam

As duas maiores economias de África, a África do Sul e a Nigéria, anunciaram um crescimento do Produto Interno Bruto no segundo trimestre do ano, após vários meses em recessão. Ainda assim, vários especialistas consultados pela agência France-Presse consideram que as perspectivas são mais preocupantes no caso da economia nigeriana. “E nquanto o crescimento sul-africano está com tendência ascendente, a situação na Nigéria continua muito frágil”, considerou John Ashbourne, economista da Capital Economics para o continente africano. Os economistas ouvidos pela AFP consideraram decepcionantes os resultados da economia nigeriana, apesar…

Leia mais

Petróleo, corrupção & (muito boa) Cª (MPLA)

Angola aumentou a produção de petróleo de Outubro para Novembro em 124,8 mil barris diários, alcançando a Nigéria na liderança dos produtores de crude em África, indica o último relatório mensal da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP). De acordo com dados do relatório baseados em fontes secundárias da OPEP, Angola e Nigéria igualaram-se em Novembro nos 1,692 milhões de barris de petróleo produzidos por dia. Angola registou a maior subida de produção entre os países analisados no relatório da OPEP, enquanto a Nigéria também aumentou a actividade, com…

Leia mais

Mais e mais… petróleo

Angola foi em Junho, pelo quarto mês consecutivo, o maior produtor de africano de petróleo, com 1,773 milhões de barris de crude por dia, acima dos 1,523 milhões de barris diários da Nigéria. Ainformação, que resulta de fontes secundárias, consta do relatório de Junho da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP), e reflecte um aumento na produção angolana de 4.000 barris diários face ao mês de maio. Já a Nigéria, que enfrenta problemas com grupos armados que comprometem as operações petrolíferas, começou 2016 com 1,853 milhões de barris diários…

Leia mais

EUA trocam Angola pela Nigéria

A Nigéria voltou a ser o principal fornecedor de petróleo da África subsaariana aos Estados Unidos da América, ultrapassando Angola, que liderou o abastecimento nos últimos meses, segundo dados do departamento de energia norte-americano. A Nigéria exportou 274 mil barris de produtos petrolíferos (essencialmente crude) para os EUA durante o mês de Fevereiro, enquanto Angola não ultrapassou os 133 mil barris diários, menos de 10% da produção angolana. Apesar de ser o principal produtor de petróleo na África subsaariana, este registo da Nigéria nas vendas aos EUA poderá ser temporário,…

Leia mais

Detida a ex-ministra
do petróleo da Nigéria

A ex-ministra do Petróleo da Nigéria, Alison-Madueke, foi detida em Londres, por suspeita de corrupção e branqueamento de capitais, mas libertada sob caução, confirmaram hoje as autoridades nigerianas e membros da família da antiga governante. A Nigéria tem, de facto e de jure, muito a aprender com Angola. Fizessem como faz o regime de José Eduardo dos Santos e nada disso acontecia. Como se sabe, por cá não há corrupção nem branqueamento de capitais, muito menos quando se trata de petróleo… A detenção foi confirmada pelo porta-voz presidencial, Garba Shehu,…

Leia mais

Afrobasket/2015. Bajulação não garante vitórias

Angola perdeu devido à política de bajulação. Angola tem mais portadores de HIV-Sida do que desportistas. Realismo, corrupção e lavagem de dinheiro. Desorganização foi a causa da derrota. Parabéns ao “querido líder” ficaram na mala das derrotas. Mas os nossos atletas estão de parabéns. Assim é impossível fazer melhor. Política de bajulação F oi assim que às 22h55 do dia 30.08.15, encerrou o campeonato de basquetebol masculino, com a convincente vitória da Nigéria 74 (em 38 campeonatos, conquista o primeiro trofeu), ante a campeoníssima Angola – 65 (detém 11 títulos).…

Leia mais