ASSIM SE VÊEM OS (BONS) VIZINHOS

O Presidente de Angola, João Lourenço, manifestou hoje “consternação devido às perdas humanas e materiais em consequência das inundações na África do Sul”, exprimindo ao seu homólogo sul-africano a solidariedade do povo e do Governo angolano. Fez muito bem em não se abster… “Com profundo pesar e consternação temos vindo a acompanhar a situação dramática que se abateu sobre a província do Kwazulu-Natal, provocada pelas intensas chuvas e consequentes inundações, que já provocaram cerca de quatro centenas de vítimas mortais, encontrando-se ainda desaparecidas sob os escombros várias dezenas de pessoas”,…

Leia mais

ENTRE O FABRICO DE VACINAS E A PRODUÇÃO DE POBRES

A África do Sul lançou, na Cidade do Cabo, a primeira fábrica que produzirá vacinas contra a Covid-19 no continente. O país, que tem liderado a luta pela igualdade de acesso às vacinas anti-Covid-19, garante a produção de vacinas do princípio ao fim. Enquanto isso, outro país africano de referência, Angola, continua a produzir pobres (já passou os 20 milhões) e a apostar que é possível viver sem… comer. Financiada pelo milionário das biotecnologias Patrick Soon-Shiong, a fábrica chamar-se-á NantSA e terá instalações investigação científica de ponta e capacidade para…

Leia mais

ELE AJUDOU A PRENDER RENDEIRO

Arnaldo Manuel Carlos, que lidera o Serviço de Investigação Criminal (SIC) em Angola, foi quem fez a ligação entre as autoridades policiais portuguesas e sul-africanas que começaram a vigiar o ex-banqueiro português João Rendeiro, hoje detido na África do Sul. Ele e Luís Neves, director da Polícia Judiciária (PJ) lusa, são amigos de longa data. Luís Neves, apesar de várias vezes convidado, só aceitou dirigir a PJ graças ao pedido da ministra da Justiça, Francisca Van Dunem. Arnaldo Manuel Carlos é desde 2019 director-geral do SIC, onde nos últimos tempos…

Leia mais

Moçambique existe, a CPLP… não

O especialista militar sul-africano Abel Esterhuyse questionou hoje o objectivo da formação militar das tropas governamentais de Moçambique pela União Europeia (UE). E enquanto isso, a CPLP desapareceu no prostíbulo da cobardia política e institucional dos seus membros. “Julgo que nesta altura toda a ajuda é bem-vinda e não há dúvida de que poderão dar um contributo credível, mas a questão, mais uma vez, é saber para que estão a preparar as forças moçambicanas”, questionou Abel Esterhuyse, em declarações à Lusa. “Talvez esteja enganado, mas não tenho a certeza que…

Leia mais

Violência na África do Sul interrompe administração de vacinas contra a Covid-19

A África do Sul suspendeu a administração de vacinas contra a Covid-19 devido à violência que tem afectado o país, disseram hoje as autoridades de saúde do país que enfrenta um aumento exponencial de casos. “Por agora, tivemos de suspender as vacinas em Kwazulu-Natal”, anunciou o grupo hospitalar privado Netcare, citado pela agência France-Presse, que dá conta que a suspensão está ligada às dificuldades dos fornecedores em obter medicamentos para os hospitais que transitam desde a capital económica, Joanesburgo. “Enfrentámos dificuldades relacionadas com a escassez de trabalhadores, que não puderam…

Leia mais

Fartura de fome e de… monumentos

O ministro da Defesa Nacional e Veteranos da Pátria, João Ernesto dos Santos “Liberdade”, anunciou na cidade do Lubango, província da Huíla, a inauguração, para breve, do Monumento de Cassinga. “A inauguração do Monumento de Cassinga vai traduzir, na prática, os anseios das populações pela liberdade e independência”, afirmou o ministro. Vejamos o que, sobre o Monumento aos Mártires de Cassinga, nos diz o mais credível jornal de propaganda do MPLA, o Pravda. Assim, “numa zona coberta de árvores do tipo mumue, jaracandá, figueira e eucaliptos, estão os dois túmulos…

Leia mais

Quando se vai a óbito!

Angola registou 11 novas infecções pelo novo coronavírus e um óbito, a oitava morte, de um total agora de 166 casos positivos, informou hoje a ministra da Saúde. Sílvia Lutucuta disse que a vítima mortal é de um cidadão de 61 anos, transferido da província do Cuanza Norte, com síndrome respiratório crónico agravado e que tinha já de base uma doença pulmonar infecciosa grave e diabetes. Segundo a ministra, o doente chegou ao banco de urgência do Hospital Militar já num estado crítico, “e que foi a óbito em pouco…

Leia mais

A ordem é: Viver sem comer
e morrer sem ficar doente

O Estado angolano (o MPLA, mais exactamente) anunciou, em comunicado, que vai diminuir o número de pacientes e acompanhantes no exterior, devido à actual crise financeira que o país vive e pela falta de verbas disponíveis. A decisão terá tido luz verde do Presidente durante uma das muitas visitas ao estrangeiro… Em comunicado, o Ministério da Saúde refere que a solução passa por, doravante, tratar os pacientes em Angola “à semelhança da maioria da população tratada no país, permitindo assim a reversão do quadro actual”. As únicas excepções continuarão a…

Leia mais

Turismo sobre carris

Angola recebe dentro de uma semana o primeiro comboio turístico, proveniente de Dar Es Salaam, Tanzânia, que traz ao país mais de 100 turistas estrangeiros para uma estada de oito dias, num itinerário promovido pela sul-africana Rovos Rail. Esta actividade foi hoje anunciada em conferência de imprensa pela coordenadora da Benguela Turismo, Rebeca Barreiros, e responsáveis do Ministério da Hotelaria e Turismo de Angola. O comboio chega a Angola, entrando pela fronteira do Luau, província do Moxico, no dia 26 de Julho, com 53 turistas norte-americanos, suíços, australianos, belgas, neozelandeses,…

Leia mais

Que tal honrar os mortos reconciliando os… vivos?

O ministro da Justiça e Direitos Humanos de Angola, Francisco Queirós, disse hoje, em Pretória, que a trasladação dos restos mortais do general da UNITA, Arlindo Chenda Pena (‘Ben Ben’), corresponde à vontade do Presidente angolano, João Lourenço, de “reconciliar a grande família angolana”. Reconciliar só através dos mortos? Francisco Queirós, que chefia a delegação angolana responsável pelo processo de trasladação dos restos mortais do antigo vice-chefe do Estado-Maior das Forças Armadas de Libertação de Angola (FALA), então braço militar da União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA),…

Leia mais