A MAIS ALTA INFLAÇÃO DESDE JUNHO DE… 2017

A inflação em Angola voltou a aumentar em Abril, pelo 12.º mês consecutivo, registando uma variação homóloga de 28,02%, um máximo de quase sete anos, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE). Folha de Informação Rápida (FIR) do Índice de Preços no Consumidor Nacional (IPCN) indica que esta variação representa um acréscimo de 17,61 pontos percentuais em relação à observada em igual período do ano anterior. Em Março, a inflação tinha atingido 26,09% em termos homólogos. É preciso recuar a Junho de 2017, altura em que a inflação se situou…

Leia mais

VÁ-SE LÁ PERCEBER ESTE REINO!

Enquanto o presidente da Associação de Hotéis e Resorts de Angola (AHRA) saudou hoje o Plano Nacional de Fomento ao Turismo (Planatur), que prevê criar 50 mil empregos directos, até 2027, número que considerou fácil de atingir, o BNA aumentou taxa de juro de 18% para 19% para controlar pressões inflacionistas e a TAAG assumiu hoje dificuldades na manutenção da frota de aviões, devido à escassez de divisas. amiro Barreira, presidente da AHRA, realçou que, pela primeira vez, o Governo angolano assumiu, com o plano aprovado quinta-feira, o turismo como…

Leia mais

INCOMPETÊNCIA É GENÉTICA NO MPLA

Seguindo a tradição decretada pelas ordens superiores do Presidente do MPLA, a inflação voltou a subir em Angola, pela décima vez consecutiva, fixando-se nos 24,07% em termos homólogos, o valor mais alto em quase dois anos, e nos 2,58% em termos mensais, entre Janeiro e Fevereiro. esde Setembro de 2018, quando a variação mensal atingiu os 2,69%, que a oscilação não era tão intensa, sobretudo na província de Luanda, onde os preços aumentaram 3,45% face a Janeiro. Os dados constam na Folha de Informação Rápida divulgada pelo Instituto Nacional de…

Leia mais

INFLAÇÃO (DES)CONTROLADA TENDE A… PIORAR

O economista angolano, Wilson Chimoco, considera que a inflação em Angola está descontrolada, e que “nenhuma política pública vai conseguir pará-la enquanto não se assistir ao aumento da produção local”. É claro que, depois de se descalçarem para utilizar os dedos dos pés para contarem acima de dez, os peritos do MPLA dizem o contrário. m declarações hoje à Lusa, Wilson Chimoco disse que o Governo decidiu agravar as taxas aduaneiras, na mais recente actualização que fez, para a importação do arroz e trigo, para 40% e 20%, respectivamente, quando…

Leia mais

UM BRINDE À INFLAÇÃO (21,99%)…

A inflação em Angola acelerou para 21,99% em Janeiro, o valor mais elevado em 18 meses e que representa um acréscimo de 9,44 pontos percentuais face ao mês homólogo, segundo o Instituto Nacional de Estatística angolano. “Tudo normal, estamos no bom caminho”, dirá com certeza o MPLA. e acordo com a Folha de Informação Rápida (FIR), o Índice de Preços no Consumidor Nacional registou uma variação de 2,49% entre Dezembro de 2023 e Janeiro de 2024, a maior da série disponibilizada na FIR, que abrange 36 meses (desde Janeiro de…

Leia mais

NOVO IMPOSTO (CEOC) JÁ AÍ ESTÁ

As transferências de salários de expatriados em Angola podem sofrer “um impacto significativo” com a aplicação da nova Contribuição Especial sobre Operações Cambiais (CEOC), que poderá também reflectir-se na inflação, segundo o consultor da Deloitte João Erse, em declarações à Lusa à margem de uma sessão de esclarecimento sobre a CEOC, organizada pelo Banco Caixa Geral Angola. CEOC, que entra hoje em vigor, é aplicável a todas as transferências para o exterior em moeda estrangeira, com uma taxa de 2,5% para pessoas singulares e 10% para pessoas colectivas, sendo o…

Leia mais

PETRÓLEO E INFLAÇÃO TRAVAM CRESCIMENTO

A consultora BMI Research reviu em alta a previsão de crescimento de Angola para este ano, antecipando agora um crescimento de até 1%, depois da expansão de 0,5% prevista para 2023, com a inflação nos 17,5%. s analistas da BMI Research, na actualização do cenário macroeconómico para Angola, dizem: “Revimos a nossa previsão de crescimento do Produto Interno Bruto de 0,6% para 1%, depois de resultados melhores do que o previsto no terceiro trimestre de 2023, que comprovaram a resiliência da economia não petrolífera”. No documento com o título “Crescimento…

Leia mais

INFLAÇÃO E CRESCIMENTO PARA TODOS OS GOSTOS

O Banco Nacional de Angola (BNA) anunciou hoje que a taxa de inflação deverá atingir os 19% em 2024, estimando que o Produto Interno Bruto cresça 2,2%, suportado (como não poderia deixar de ser) pelo sector não petrolífero. anúncio foi feito pelo governador do BNA, Tiago Dias, no final do segundo dia de reunião do Comité de Política Monetária do banco central europeu. Segundo o responsável, as estimativas de inflação para 2024 têm como base a aceleração dos termos de troca, insuficiência de oferta de bens e serviços e vulnerabilidade…

Leia mais

NA ROTA DO PARAÍSO VIA CAMINHO (MARÍTIMO) PARA O HUAMBO…

O economista-chefe do Banco Fomento Angola (BFA), José Miguel Cerdeira, no cumprimento de ordens superiores do general Presidente de Angola, afirma que o BFA reviu a previsão de recessão em Angola em 2023, prevendo que tenha conseguido uma expansão de até 1%, acelerando para até 2,4% em 2024. Por sua vez, devido à ordem superior ter sido escrita em inglês pelo perito, ex-ministro das Finanças do MPLA, Archer Mangueira, a Consultora Oxford Economics teve dificuldades de tradução e avançou com a previsão de uma inflação de 23% este semestre… m…

Leia mais

INFLAÇÃO, COUVES E 48 ANOS DE MPLA

O economista angolano Wilson Chimoco disse hoje que a inflação no país, que em Novembro voltou a acelerar – tal como o Folha 8 ontem noticiou – para 18,19% em termos homólogos, deverá fechar o ano acima dos 20%, em resultado dos “custos estruturais” da economia angolana. Para 2024 o MPLA deverá resolver todos estes problemas com a implementação do PCRB… e acordo com o especialista, erros de previsão e a efectividade da estratégia de combate à inflação concorreram para a aceleração da inflação em Novembro, quer na variação mensal…

Leia mais