Angolano? Só se for negro

Cerca de 200 cidadãos de Angola que, há mais de 40 anos, fizeram a ponte aérea para Portugal, vão poder ter, a partir de Janeiro de 2020, um bilhete de identidade angolano, afirmou o vice-cônsul em Lisboa, Mário Silva. Eis uma prova de racismo primário do MPLA porque, de facto, está a considerar apenas, só e exclusivamente, cidadãos negros. Na mesma situação estiveram e estão milhares, muitos milhares, de angolanos… brancos. Por Orlando Castro Segundo o diplomata angolano, “estas pessoas, que fizeram a ponte aérea entre Luanda e Lisboa há…

Leia mais

Branco mau, preto bom?
Preto mau, branco bom?

«Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor da sua pele, pela sua origem ou ainda pela sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, elas podem ser ensinadas a amar», disse Nelson Mandela. Por Orlando Castro Apesar dos “progressos na luta contra o racismo” dos últimos 50 anos, “a discriminação racial ainda representa um perigo claro para pessoas e comunidades” em todo o mundo, dizia o então secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. A intervenção da Polícia de Segurança Pública, este domingo, no bairro da…

Leia mais

Não há brancos na nossa diáspora em… Portugal?

Luanda vai tornar-se, em 2019, a capital mundial da paz e da amizade entre os povos dos cinco continentes e a diáspora (?), indicou hoje, em Lisboa, a ministra da Cultura angolana, Carolina Cerqueira. Discursando durante uma confraternização com artistas e representantes devidamente seleccionados da comunidade angolana em Portugal, no âmbito da Semana Cultural de Angola em Portugal, Carolina Cerqueira indicou que o convite foi feito pela Directora-geral da UNESCO, Andrew Azulay, durante a visita do Presidente João Lourenço à sede da instituição, em Julho deste ano. Segundo a governante,…

Leia mais

Sr. Embaixador: Nem tudo é economia, nem tudo é MPLA

O embaixador de Angola em Portugal, Carlos Alberto Fonseca, considera que a internacionalização das empresas portuguesas para Angola é uma “forma auspiciosa” de fazer crescer as duas economias, considerando as relações comerciais entre os dois países como complementares. “A ngola e Portugal são economias complementares, e isso por si só potencia a importância do crescimento de uma economia para o crescimento da outra”, disse Carlos Alberto Fonseca, na intervenção inicial do painel dedicado a Angola no Portugal Exportador, que decorre em Lisboa. “O Investimento Directo Externo de Portugal em Angola,…

Leia mais

Tugas fora, MPLA dentro.
A escravatura continua…

Angola está prestes a comemorar 43 anos de (in)dependência. Saíram os portugueses e entrou o MPLA. E com o MPLA entrou a corrupção, a cleptocracia, o esclavagismo, a pobreza, a mortalidade infantil e a institucionalização de que um país rico não deve gerar riquezas mas, isso sim, ricos. A Comissão Económica do Conselho de Ministros aprovou no dia 7 de Maio, sob a orientação de João Lourenço, o Programa de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza do quinquénio 2018-2022. Não vale a pena saber do que consta. Tal como os…

Leia mais

Só para (alguns) angolanos

Julho de 2012. Realizou-se, em Matosinhos (Porto), um Encontro Inter-Regional das Comunidades Angolanas Residentes nas Regiões Norte e Centro de Portugal. Foi uma iniciativa do Consulado Geral de Angola no Porto, tendo, segundo a Angop, participado mais de 1.200 pessoas. Por Orlando Castro Os organizadores disseram, entre outras coisas, que a realização do senso dos cidadãos angolanos residentes no estrangeiro iria permitir que “constem da estatística nacional e que o Governo faça um planeamento real e científico do desenvolvimento do país”. Consultado, na altura, o site do Consulado organizador nada…

Leia mais

Se Angola é o MPLA,
nunca serei angolano

No dia 28 de Julho de 2007, na Faculdade de Economia do Porto (Portugal), realizou-se uma conferência sobre o processo eleitoral em Angola. Caetano de Sousa, presidente da Comissão Nacional Eleitoral (CNE), foi o orador principal do evento ao qual compareceram cerca de 200 angolanos de primeira e mais meia dúzia de segunda. Por Orlando Castro Com uma hora de atraso, o encontro começou com o aplauso da assistência à entrada do Embaixador de Angola, Assunção Afonso Sousa dos Anjos, bem como das cônsules em Lisboa e no Porto, respectivamente…

Leia mais

Existem angolanos brancos?

Ao longo dos últimos 40 anos tenho defendido aquilo que considero o mais correcto para a minha terra, Angola. Mesmo quando, do ponto de vista dos poderes instituídos, ser branco é incompatível com ser angolano. Por Orlando Castro P ara os que estão por dentro dos meandros da política angolana, as minhas posições são claras. Para os que estão por fora, em particular para os meus amigos portugueses, tais posições poderão parecer contraditórias. E isto porque, usando o mais nobre critério jornalístico (a liberdade), tanto critico o MPLA e o…

Leia mais

Se for negro não entra

Em Bolzano, cidade em Itália que fica na fronteira austríaca, refugiados negros são impedidos de embarcar nos comboios que partem em direcção a Innsbruck, na Áustria, e Munique, na Alemanha. A polícia bloqueia as portas dos vagões: se o passageiro for branco, a passagem é permitida, se for negro, pedem passaporte. Por Janaina Cesar E m Bolzano, cidade em Itália que fica na fronteira austríaca, refugiados negros são impedidos de embarcar nos comboios que partem em direcção a Innsbruck, na Áustria, e Munique, na Alemanha. A polícia bloqueia as portas…

Leia mais