“Ngola Digital” reduz a mortalidade infantil

Pelo menos 81 escolas angolanas vão passar a ter salas de informática com ligação à Internet, no âmbito do “Ngola Digital”, um programa do Governo angolano que visa aumentar a literacia digital e tapar o Sol com uma peneira esburacada… durante a noite. É obra! A informação foi transmitida hoje pelo secretário de Estado para as Telecomunicações e Tecnologias de Informação de Angola, Manuel Oliveira, no final de cerimónia de inauguração de três salas de informática em escolas de Luanda. No âmbito do programa “Ngola Digital”, coordenado pelo Ministério das…

Leia mais

Vergonha, vergonha, vergonha, vergonha!

A SIC (televisão portuguesa) emitiu uma reportagem, esta terça-feira, em que dava conta da existência de cerca de 200 crianças subnutridas e doentes, sozinhas num barracão nos arredores de Luanda. Com cara de virgem ofendida mas sem conseguir ocultar a sua imagem de marca (meretriz), o Governo do MPLA pediu informações sobre o seu paradeiro “para que sejam salvas”. Texto actualizado em 31.07 com o esclarecimento da SIC. O Governo angolano (que há 45 anos é da responsabilidade do MPLA) pediu ajuda para localizar as cerca de 200 crianças, subnutridas…

Leia mais

A esperança foi a última, mas já morreu!

O dia destapou uma triste, cruel e incontornável realidade: João Lourenço “assassinou” o que restava de esperança sobre a consolidação da ténue democracia, implantada, em 1992 (face à resistência militar da UNITA), com a ascensão e entronização de um método inovador de ditadura. Por William Tonet 1.Sem justiça, não há democracia! Com justiça partidocrata, refém de uma só vontade, não há democracia! Um Tribunal Constitucional com 11 magistrados, sendo 10 do MPLA, não opera com isenção, imparcialidade e sentido de justiça, que o diga o PRA-JA. O seu coordenador, Abel…

Leia mais

As estátuas estão a ser derrubadas

José Eduardo dos Santos e o seu regime, onde proliferam sipaios e um ou outro chefe de posto, continua a sua, bem sucedida e internacionalmente elogiada, luta para colocar Angola como o país que tem mais milionários do mesmo clã por metro quadrado. Como isto foi escrito aqui no Folha 8 em 1 de Novembro de 2014, a actualização exige apenas que se substitua José Eduardo dos Santos por João Lourenço. Por Orlando Castro Embora o regime do MPLA continue todos os dias a pôr os angolanos mais pobres, mais…

Leia mais

O MPLA é Angola
e Angola é… ele

A dita remodelação governamental em Angola nada mais é, nada mais pretende ser, do que a manutenção do já institucionalizado ao longo de 45 anos culto canino e acéfalo de quem está no Poder, no caso João Lourenço. A consultora Eurasia acredita que vai ajudar João Lourenço a continuar a agenda reformista. E acredita (diz que acredita) por que o seu “core business” (negócio central) está nos antípodas do real interesse do Povo. Por Orlando Castro (*) A consultora Eurasia considera que a remodelação governamental em Angola serviu para diminuir…

Leia mais

São (todos) bons rapazes!

A UNITA, maior partido da oposição de Angola, condenou e repudiou “com a maior repulsa” actos de chineses contra africanos residentes na China devido à Covid-19. O volume do investimento chinês em Angola ultrapassou os 20.000 milhões de dólares (18 mil milhões de euros). Coisa pouca… Em comunicado, o Comité Permanente da Comissão Política da UNITA considera “ignóbeis actos atentatórios da dignidade da pessoa humana” os relatos de desavenças, “alguns graves”, entre chineses e membros da comunidade africana no país asiático. A UNITA apelou ao executivo de Angola que tome…

Leia mais

Escravos sim, matumbos não!

O Presidente de Angola voltou ao seu melhor. Se eu exonero, logo… existo, pensa – e muito bem – o também Presidente do MPLA e Titular do Poder Executivo. João Lourenço, continua a blindar o seu histórico consulado dando prioridade máxima às exonerações e mínima (ou quase nula) à governação. Tudo normal, portanto. Por Orlando Castro Façamos um apelo à memória que, só por si, desmonta o fogo de artifício, o fogo-fátuo, de quem por incompetência vai dando tiros de pólvora seca (exonerações) para ver se encontra alguém que saiba…

Leia mais

Um operário, dez capatazes

A consultora Fitch Solutions considera que a razão de ser, de estar e de sobreviver do MPLA (o ouro negro) a produção de petróleo em Angola deverá cair 41%, equivalente a 550 mil barris até 2028, quando comparada com os níveis de 2019, para 762 mil barris por dia. Isso, é claro, não impedirá o Governo de continuar a “governar” para dar mais milhões aos seus milionários, mantendo o esclavagismo dos milhões que têm pouco ou… nada. “A produção desapontante em Angola, o segundo maior produtor de petróleo na África…

Leia mais

Na sanita do esquecimento

No Bairro Povoado, formado por aqueles que foram expulsos da Praia da Areia Branca, por superiores instruções e interesses do ex-Presidente José Eduardo dos Santos e sua excelsa filha, empreendedora e engenheira de referência a nível mundial, vi um comentário de um digno cidadão angolano, expresso numa reportagem televisiva da SIC, a viver em condições humilhantes e indignas, referindo que os habitantes de tal bairro estavam na “Sanita do Esquecimento”. Por Carlos Pinho Pois é, digno cidadão angolano, que vives em situação indigna e que foste indignamente tratado pelas empresas…

Leia mais

A casta superior de uns e
a escravatura da maioria

No mais íntimo do seu ser, João Lourenço sente, realmente, que faz parte de uma “casta superior”, a quem foi divinamente atribuída a “missão evangélica” de tomar conta de Angola e dos seus Povos, dos negócios do Estado e da Arca do Tesouro nacional. E quando assim é, aos povos do seu reino só resta peixe podre, fuba podre e a perna atada a uma corrente… Os novos donos do MPLA e, por isso, do país, refutam que haja partidarização em Angola, na escolha dos quadros que dirigem o país.…

Leia mais