Ditadura quer assassinar a liberdade de Imprensa

A Rádio Despertar, um dos órgãos que, desde o seu nascimento, escancara as portas ao pluralismo de ideias e opiniões, comemorou no dia 26 de Dezembro de 2020, catorze anos de existência, brindando-me com o papel de prelector, ladeado por gente honrada. Por William Tonet (*) Aceitei, o repto, mas pensei, ingenuamente, que um dos colegas de painel, não se fizesse presente, o Dr. Israel Bonifácio, do MPLA, mas eis que se fez presente, chegando mesmo antes do presidente da UNITA, do líder da bancada parlamentar deste partido, do secretário…

Leia mais

Personalidade de todos os anos

A revista “Time” escolheu o Presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, e a vice-presidente, Kamala Harris, como as figuras do ano 2020, explicando que a dupla vencedora das eleições presidenciais (nominais) de 3 de Novembro obteve o maior número de votos de sempre, derrotando Donald Trump por sete milhões de votos e “mostrando que as forças da empatia são maiores que as fúrias da divisão”. Por Orlando Castro Por Angola, em 2018 João Lourenço andou perto, mais perto esteve em 2019 e em 2020 faltou quase para pouco para…

Leia mais

União Europeia alimenta os antropófagos

O Governo de Angola (MPLA) recebeu hoje uma doação de 20 milhões de euros da União Europeia (UE) para, supostamente, apoiar a resposta do país à recuperação e a diversificação da economia que há 45 anos está à espera de ser feita. Saiam trufas pretas, caranguejos gigantes, cordeiro assado com cogumelos, bolbos de lírio de Inverno, supremos de galinha com espuma de raiz de beterraba e queijos acompanhados de mel e amêndoas caramelizadas e umas garrafas de Château-Grillet 2005 para a mesa do Titular do Poder Executivo. Por Orlando Castro…

Leia mais

Colonização mental ocidental é contínua contra África

O mundo… parou! A minha “topografia-umbilical”, qual mundo, orgulhosamente, de utopia, carrega hoje, mais do que ontem, vergonha incontida, face à nossa colectiva omissão, inacção ou voto depositado, na maioria das vezes, ingenuamente, a favor de uma casta governante, incompetente, ditatorial, corrupta, malfeitora e assassina, cujo “mérito” é a criminosa liderança de países africanos e subdesenvolvidos, para o abismo sub-humano, superando os índices do colonizador. Por William Tonet A COVID-19 está aí, como prova acabada… O MPLA/actual, infelizmente, não se distingue, dos demais, pelo contrário… Estes falsos revolucionários, no período…

Leia mais

A primeira-dama

Demorou mas conseguimos chegar finalmente à conclusão de que o país tem uma pessoa que afinal pode “prometer fazer tudo o que lhe for possível” para resolver todas as carências de atenção que os angolanos pobres sofrem. Essa pessoa é a primeira-dama. Por Domingos Kambunji O país não necessita de ter um presidente para prometer resolver todos os atrasos no desenvolvimento civilizacional do país porque tem uma primeira-dama que “promete fazer tudo o que lhe for possível para”… O país não necessita de uma Ministra da Saúde para prometer porque…

Leia mais

MPLA (des)caracterizado assume ditadura

As semelhanças comportamentais, separadas pelo tempo, aproximam-se, todos os dias, do espelho identitário, parido em 1964, por António Agostinho Neto e, recriado em 2017, por João Manuel Gonçalves Lourenço. Por William Tonet A natureza perversa do “MPLA/vingativo, que assassinou o MPLA/nacionalista e democrático de Viriato da Cruz, Mário Pinto de Andrade, Matias Miguéis e outros, autoritariamente imposta, em 1964, por Agostinho Neto e Lúcio Lara, a ferro, fogo e rios de sangue e, quando se pensava ter essa época dantesca ficado no passado, eis que ressuscita, no máximo esplendor, em…

Leia mais

“Deus” e o rei jacaré (vegetariano)

José Eduardo dos Santos foi o “escolhido de Deus”, se bem que muitos ainda pensem que ele próprio era o deus. E foi ele, numa dessas duas qualidades, quem escolheu João Lourenço para o substituir e que, imediatamente, o apunhalou pelas costas (a prova provada que “deus” também se engana). Passamos assim a ter uma simbiose de Kim Jong-un e Teodoro Obiang. Por Orlando Castro Assegurada que estava (que estará sempre) a esmagadora vitória do MPLA nas eleições, o Folha 8 mantém firme a sua campanha mundial para que João…

Leia mais

Herói ou vilão? A mentira contumaz…

O MPLA diz-se profundamente sentido, muito chocado, pelo facto de jovens revolucionários, em representação de uma maioria, sem escola, sem saneamento básico, sem água canalizada, sem emprego, sem esperança e sem futuro, indiferentes às guerras, à tragédia do 27 de Maio de 1977, à bestialidade e boçalidade dos actuais políticos, no poder, terem, estoicamente, escalado (subido) a estátua de António Agostinho Neto, durante a manifestação do dia 10 de Dezembro de 2020, no largo 1.º de Maio, data considerada como da fundação do MPLA. Por William Tonet Foi um feito…

Leia mais

Matumbos, mas nem tanto!

O Presidente angolano (não nominalmente eleito), Titular do Poder Executivo e líder do MPLA (partido no Poder há… 45 anos), João Lourenço, disse hoje que o seu país (o dos angolanos é outro) tem hoje “uma melhor apreciação da gravidade” da corrupção e afirmou que o seu partido “não tem de que se envergonhar” na luta contra si próprio, ou não fosse o pai e a mãe da corrupção. Por Orlando Castro Durante o seu discurso nas comemorações dos (supostos) 64 anos do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA),…

Leia mais

Palhaçada em Santa Paciência

Se alguém tivesse dúvidas de que o MPLA (Matilha de Predadores Ladrões de Angola) é um exemplo de hipocrisia e estupidez ficou com essa dúvida completamente desfeita, totalmente esclarecida. Os membros desta matilha predadora são o exemplo mais evidente de quem demonstra falta de respeito pelo ser humano e pelos compatriotas vivendo na miséria, emboscados num oportunismo parasitário em campanhas de relações públicas para engodar e enganar a sensibilidade dos cidadãos. Por Domingos Kambunji Os Metenojo Parasitas Larápios Aviltantes foram, numa campanha de marketing, distribuir falsa caridade no bairro de…

Leia mais