Reservas líquidas caem
e estão ao nível de 2011

O gabinete de estudos do Banco Fomento Angola disse hoje que as reservas líquidas de Angola em moeda estrangeira caíram para 10,1 mil milhões de dólares, o valor mais baixo desde pelo menos 2011, ano em que começaram a ser feitas estas estatísticas. De acordo com o relatório semanal enviado aos investidores, os analistas do BFA sublinham que este valor, equivalente a 9,1 mil milhões de euros, “é o valor mais baixo desde pelo menos 2011, quando a actual série estatística começou”. No documento, o gabinete de estudos económicos do…

Leia mais

… Reservas internacionais
vão esburacando o fundo

As Reservas Internacionais Líquidas (RIL) angolanas caíram quase 3% entre Setembro e Outubro, para 11.613 milhões de dólares (10.329 milhões de euros), renovando mínimos desde, pelo menos, 2009. A informação resulta de dados preliminares de Outubro do Banco Nacional de Angola (BNA), compilados pela Lusa, sobre as RIL, que no espaço de um mês caíram o equivalente a 330 milhões de dólares (293 milhões de euros). Este registo soma-se à queda de 608 milhões de dólares (540 milhões de euros) no mês anterior. Entre Julho e Agosto, estas reservas já…

Leia mais

Reserva em divisas? Tudo normal. Isto é, em queda

As Reservas Internacionais Líquidas (RIL) angolanas caíram quase 10% entre Julho e Agosto, para 12.662 milhões de dólares (10.900 milhões de euros), em mínimos desde o último pedido de assistência de Angola ao Fundo Monetário Internacional (FMI), em 2009. A informação resulta de dados preliminares de Agosto do Banco Nacional de Angola (BNA), compilados pela Lusa, sobre as RIL, que no espaço de um mês caíram o equivalente a 1.340 milhões de dólares (1.150 milhões de euros). Estas reservas, de moeda estrangeira e que também servem para pagar as importações,…

Leia mais

Quedas sucessivas rimam
com reservas em divisas

As reservas internacionais angolanas voltaram em Abril às quedas, depois de uma ligeira recuperação em Março, renovando mínimos históricos desde 2010 ao chegar aos 12.733 milhões de dólares (10.778 milhões de euros). A informação resulta de dados preliminares do Banco Nacional de Angola (BNA) sobre as Reservas Internacionais Líquidas (RIL), que no espaço de um mês perderam, em valor, 345 milhões de dólares (292 milhões de euros). Estas reservas, de moeda estrangeira e que também servem para pagar as importações, equivalem às necessidades de cerca de cinco meses de importações…

Leia mais

Reservas internacionais:
De queda em queda até à…

As reservas internacionais angolanas renovaram em Fevereiro mínimos históricos, caindo para 12.839 milhões de dólares (10.432 milhões de euros) e cinco meses de importações, uma queda de 18% nos primeiros seis meses de governação de João Lourenço. Tudo normal, dirá com certeza o Governo. A informação resulta de dados preliminares do Banco Nacional de Angola (BNA) sobre as Reservas Internacionais Líquidas (RIL), que no espaço de um mês perderam, em valor, mais 221 milhões de dólares (179 milhões de euros), depois de em Janeiro a quebra ter sido de 283…

Leia mais

Reservas internacionais
em mínimos… históricos

As reservas internacionais angolanas renovaram em Dezembro mínimos históricos, caindo para 13.300 milhões de dólares (10.690 milhões de euros), uma quebra 6,6% face a Novembro e um rombo de 6.000 milhões de euros no espaço de um ano. A informação resulta de dados preliminares do Banco Nacional de Angola (BNA) sobre as Reservas Internacionais Líquidas (RIL), que no espaço de um mês perderam, em valor, mais de 945 milhões de dólares (760 milhões de euros). Estas reservas, que o BNA tem vendido aos bancos comerciais para garantir a importação de…

Leia mais

Governo estabelece quotas de pesca

O Governo angolano autorizou um máximo de quase 320 mil toneladas para captura de pescado este ano, quantidade inalterada face ao anterior, depois do corte de 10% em 2017, e com a pesca artesanal a operar com até 5.500 embarcações. De acordo com o regulamento da actividade de pesca em Angola durante o ano de 2018, que entrou em vigor a 22 de Janeiro, volta ainda a ser recomendado, para a pesca de cerco, o “licenciamento de 90 embarcações no máximo”, com até 250 toneladas. Para a pesca industrial são…

Leia mais

Febre-amarela. Esgotamos duas vezes as reservas mundiais da vacina

A Organização Mundial de Saúde (OMS) assume que a resposta à epidemia de febre-amarela em Angola, que em seis meses matou (segundo os pouco credíveis dados oficiais) cerca de 350 pessoas, levou pela primeira vez à ruptura das reservas mundiais de emergência da vacina. A informação consta de um recente relatório da OMS sobre a propagação da epidemia de febre-amarela de Angola – onde surgiu em Dezembro de 2015 -, a outros países africanos, como a República Democrática do Congo (RDCongo) e o Uganda. A gestão das reservas mundiais de…

Leia mais

Reservas travam e caem

As Reservas Internacionais Líquidas (RIL) angolanas desceram em Setembro para o valor mais baixo do ano, fixando-se em 23.768 milhões de dólares, caindo mais de 3%face a agosto. S egundo dados mensais do Banco Nacional de Angola (BNA), depois de quedas consecutivas, estas reservas tinham subido de Julho para Agosto, mas voltam às quebras, para mínimos de vários anos, em Setembro. Entre Janeiro e Setembro, Angola viu estas reservas, necessárias para garantir nomeadamente as importações nacionais de matéria-prima ou de alimentos, reduzirem-se em 11,5%, fruto da crise da cotação internacional…

Leia mais

Crédito atinge máximos

O crédito concedido pelos bancos angolanos atingiu em Agosto o valor mais alto do ano, cerca de 22 mil milhões de euros, com o comércio por grosso e retalho a liderar por sectores de actividade. S egundo dados do Banco Nacional de Angola (BNA), trata-se de um aumento de meio ponto percentual face a Julho, num ano marcado por várias oscilações no total de crédito concedido. Esse total atingiu em Agosto o máximo de ano, cifrando-se em 3,335 biliões de kwanzas (21,9 mil milhões de euros), de acordo com um…

Leia mais