Pólvora seca do governo
na versão (+ ou -) molhada

O ministro da Agricultura e Florestas angolano defendeu hoje “soluções definitivas e não emergenciais” para acudir à população da província do Cunene, afectada pela seca, que, nos últimos meses, terá provocado a morte de 12.000 cabeças de gado. A solução está difícil. Há 44 anos que o MPLA a procura mas ainda não a encontrou… “T emos de encontrar soluções definitivas, porque a emergência tem de parar, temos de deixar de fazer as coisas de forma emergencial. Esse é o nosso ponto de vista. O normal no Cunene é não…

Leia mais

Governo pede o apoio
dos criadores de gado

O Governo angolano quer um preço mínimo para a venda do milho e soja, para incentivar a produção de gado no país, mas pede também o envolvimento dos criadores na dinamização na produção nacional de vacinas para os animais. Vamos então fazer o que ainda não foi feito. Isto é, neste caso, serem os criadores a fazer o que caberia ao Executivo (caso fosse sério) fazer. A posição foi transmitida hoje pelo secretário de Estado da Agricultura e Pecuária, Carlos Alberto Jaime Pinto, durante uma visita à anual Feira do…

Leia mais

Jipes, aparelhos de som e computadores. As novas “missangas” do século XXI

Na campanha eleitoral do MPLA, nada parece convencer: o apoio popular recebido não tem sido espontâneo, o afecto do candidato pelos mais pobres e desvalidos é mera encenação, o “ar de estadista” de João Lourenço é pura ilusão de óptica… nada consegue desfazer a impressão de que se trata de um “candidato de plástico”, que não sente nem suscita verdadeira empatia junto do eleitorado do partido. Por Tchockwe Tchockwe Sem surpresa, o Povo assiste “anestesiado” ao desenrolar da cena, sabendo, de antemão, que “o jogo” está viciado, que a farsa…

Leia mais

Importar gado? Uma história velhinha

Angola está a estudar comprar à Namíbia uma parte das 10.500 cabeças de gado que necessita para repovoar o planalto de Camabatela, para com isso reduzir o avultado volume de importações de carne que ainda tem de fazer. Para esse efeito, e de acordo com informação disponibilizada à Lusa pelo Ministério da Agricultura de Angola, o secretário de Estado para o Sector Empresarial Agrícola, Alberto Jaime Pinto, realiza a partir de hoje e até sexta-feira uma visita de trabalho à vizinha Namíbia, para discutir com as autoridades daquele país a…

Leia mais