O teté de Téte

O novo chefe da diplomacia angolana, Téte António, afirmou hoje que vai dar continuidade ao trabalho que tem vindo a ser realizado, privilegiando a diplomacia económica e a diáspora angolana, bem como a reforma do Ministério das Relações Exteriores. Mais do mesmo, como é natural. “A diplomacia tem de assentar numa casa organizada e funcional para ter resultados lá fora”, disse, em declarações aos jornalistas, após o acto formal da passagem de pastas com o seu antecessor, Manuel Augusto. “Estamos conscientes de que não vamos herdar o mundo que tínhamos…

Leia mais