A origem do terrorismo

Décadas de fluxos de armamento para o Iraque parcamente regulados, a par da falta de controlo sobre as armas no terreno, deixaram nas mãos do grupo armado auto-intitulado Estado Islâmico um vasto e letal arsenal que está a ser usado para cometer crimes de guerra e crimes contra a humanidade a uma escala maciça, tanto no Iraque como na Síria. Assente em análises de peritos a milhares de imagens e vídeos confirmados como fidedignos, “Taking Stock: The arming of Islamic State” (Inventário: o armamento do Estado Islâmico), um relatório internacional…

Leia mais

“É uma guerra contra o
Islão e os muçulmanos”

O Caso do Estado Islâmico é um “processo político com carácter de perseguição religiosa do islamismo em Angola” dizem os réus que são acusados pelo Ministério Público de organização terrorista. N uma carta intitulada “A tese da nossa defesa”, assinada por Ahmed Nlandu José (porta-voz do grupo), dizem que “não tem ligação com Estado Islâmico”. Cinco dos suspeitos estão em prisão preventiva desde Dezembro de 2016. Eis, na íntegra, o texto da carta agora divulgada: “O Estado Angolano, através das suas instituições continuam hostis contra o Islão e os Muçulmanos,…

Leia mais

Angolanos fiéis ao Estado Islâmico?

A defesa dos seis angolanos acusados formalmente pelo Ministério Público (MP) de Angola de organização terrorista afirmou hoje que essa acusação “é infundada” e que nunca os arguidos juraram “fidelidade e obediência” ao grupo extremista Estado Islâmico. A posição foi transmitida à agência Lusa, em Luanda, pelo advogado de defesa, Sebastião Assurreira, na sequência da formalização da acusação a estes seis elementos, todos com nacionalidade angolana, cinco dos quais em prisão preventiva desde Dezembro de 2016. “Eles negaram. Não existe nenhum juramento de fidelidade. As explicações que deram sobre o…

Leia mais

Bestial, besta, bestial…

Faz amanhã cinco anos que Muammar Kadhafi foi assassinado com requintes de malvadez que, contudo, caracterizam o fim de muitos ditadores. Nino Vieira, na Guiné-Bissau, é outro exemplo. Por Orlando Castro Cinco anos depois são cada vez mais os líbios que mostram ter saudades de uma Líbia governada com mão de ferro por Muammar Kadhafi, e dizem mesmo que a vida era melhor. Tudo porque o caos tomou conta do país. Os líbios, sobretudo as gerações mais velhas, preferiam ser escravos de barriga vazia do que livres com ela vazia.…

Leia mais

EUA, Europa e Rússia alimentam todas as guerras

A União Europeia reiterou hoje o apoio ao Governo iraquiano na luta contra o auto-denominado Estado Islâmico e os seus esforços para estabilizar áreas que têm sido libertadas da organização extremista, após o atentado suicida de Bagdad que provocou mais de 130 mortos. Certamente que os EUA e a Rússia dizem o mesmo. Ecomo é que esse apoio se materializa? Obviamente vendendo armas… aos dois lados em conflito! O comércio mundial de armas pesadas cresceu 14% no período 2011/15 em relação ao período 2006/10. E como ainda há muita gente…

Leia mais

Daesh é filho da hipocrisia da Europa e dos EUA

O massacre de dezenas de pessoas hoje em Bruxelas voltou a trazer à ribalta a dor, a voluntária impotência das democracias, bem como um arsenal de hipocrisia que deveria envergonhar todas as sociedades civilizadas. Ocomércio mundial de armas pesadas cresceu 14% no período 2011/15 em relação ao período 2006/10. E como ainda há muita gente para morrer, este negócio continuará a ser muito bem lucrativo. Os EUA são o maior exportador com 33% do comércio mundial. As exportações de seis países europeus em conjunto (França, Alemanha, Reino Unido, Espanha, Itália…

Leia mais

O choro da Cidade Luz

Um fim de tarde pacato se avizinhava na Cidade Luz. De surpresa, o grupo terrorista Estado Islâmico irrompeu na calmaria para dar mostra de sua força destrutiva. Por Gabriel Bocorny Guidotti (*) P or meio de ataques coordenados em pontos de grande circulação de Paris, dezenas de franceses (e não só) perderam suas vidas. O número de mortos pode aumentar nos próximos dias, tendo em vista a gravidade do estado de saúde de muitos feridos. Nesse momento pelo qual a escuridão acoberta a humanidade, resta uma inalienável questão: por quê?…

Leia mais

Olho por olho, dente por dente?

Os ataques terroristas do Estado Islâmico em Paris, que causaram pelo menos 127 mortos e 180 feridos, levantam muitas questões. Talvez esta declaração de guerra provoque uma reacção do tipo olho por olho, dente por dente. Por Orlando Castro A lguém disse, e outros vão dizendo, mesmo que por palavras diferentes e em contextos diversos, que “nós somos filhos e agentes de uma civilização milenária que tem vindo a elevar e converter os povos à concepção superior da própria vida, a fazer homens pelo domínio do espírito sobre a matéria,…

Leia mais

Terrorismo bom e mau

Angola participa, amanhã e terça-feira, em Madrid, Espanha, numa reunião especial do Comité contra o Terrorismo do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU). E quem melhor do que a equipa de Eduardo dos Santos para falar sobre o assunto? E spanha é, aliás, um local emblemático para o regime de Eduardo dos Santos, sobretudo quando estão a aumentar as pressões para que o parlamento espanhol investigue o escândalo de corrupção na venda de armas a Angola, em que o general Armando da Cruz Neto esteve alegadamente envolvido.…

Leia mais

Uns cortam o pescoço. Outros atiram-nos aos jacarés

Uns cortam o pescoço. Outros atiram-nos aos jacarés - Folha 8

O chamado Estado Islâmico continua a executar, com ou sem vídeos, quem os chateia ou, também, quem é útil à sua propaganda. Ao que tudo indica, alguns dos integrantes deste grupo terrorista, pela sua metodologia de “trabalho”, bem poderiam ter “estagiado” em Angola. Seguem a originária metodologia do regime que, embora sem alarde, também “decapita” todos aqueles que pensam de forma diferente. São disso exemplos, entre outros, Alves Kamulingue e Isaías Cassule. Os jihadistas justificam as decapitações como retaliação aos ataques dos EUA. A comunidade internacional uniu-se para condenar a…

Leia mais