“Panaspis João Lourenço”

Um mês depois da morte de Nelson Mandela não pararam de surgir homenagens à sua memória. Desta feita, a uma nova espécie de lagosta que foi descoberta na costa da África do Sul os cientistas deram o nome do antigo líder sul-africano (Munidopsis Mandelai). Seguiu-se o Crocodylus Eduardo dos Santos e surgiu agora a Panaspis João Lourenço. A lagosta representa uma descoberta para a comunidade científica já que não é muito similar a um crustáceo da mesma espécie. Encontrada na costa da África do Sul em 2011 permaneceu sem uma…

Leia mais

Das roças do café às
“roças” do petróleo!

A Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG) de Angola e a petrolífera italiana ENI anunciaram esta segunda-feira a quinta descoberta de petróleo no Bloco 15/06, nas águas profundas de Angola. Em comunicado, as duas entidades referem que a descoberta foi feita no projecto de exploração Agidigbo, que contém recursos entre 300 e 400 milhões de barris de petróleo leve. Curiosamente, ou nem por isso, o anúncio surge na véspera da Conferência Angolana de Petróleo e Gás 2019, uma iniciativa da África Oil & Power, que amanhã arranca em…

Leia mais

Tarântulas, lagostas, jacarés e marimbondos

Investigadores de várias nacionalidades anunciaram a descoberta em Angola (onde mais poderia ser?) de uma nova espécie de tarântula, com o nome científico “Ceratogyrus attonitifer”, mas que também ficou conhecida, dadas as características, por “chifruda”, indica um estudo publicado na revista African Invertebrates. Segundo o estudo, a tarântula habita maioritariamente na zona da bacia do rio Okavango, que atravessa o sudeste de Angola, o nordeste da Namíbia, e entra pelo norte do Botsuana, não é venenosa para os seres humanos e já convive com os povos tradicionais da região há…

Leia mais

Génios há poucos e os que
há integram este governo

A equipa do Presidente João Lourenço foi muito bem escolhida. Quase todos os dias membros do Governo, ou afins, surpreendem o país e o mundo com a revelação de descobertas inovadoras e nunca pensadas em Angola, sobretudo nos últimos 43 anos. É obra! Dir-se-ia que algumas são verdadeiras pérolas. Hoje, por exemplo, o ministro de Estado do Desenvolvimento Económico e Social, Manuel Nunes Júnior, disse que Angola precisa de melhorar o ambiente de negócios e tornar o processo de aplicação de capitais no país mais célere e eficiente, para atrair…

Leia mais