ONU procura ajuda para Bissau

O representante das Nações Unidas na Guiné-Bissau, Miguel Trovoada, inicia hoje um périplo por vários países para analisar formas de cooperação com o estado guineense. Na agenda, que se estende por todo o mês de Outubro, há encontros previstos com chefes de estado da África Ocidental, mas também visitas e contactos em Lisboa e Bruxelas. Um dos tópicos que vai fazer parte das conversas diz respeito às medidas de prevenção do Ébola, vírus a que a Guiné-Bissau tem conseguido manter-se imune, apesar da epidemia que grassa na sub-região. Miguel Trovoada,…

Leia mais

Dia Internacional dos seculos

O primeiro dia do mês de Outubro foi instituído, em 1991, pela Organização das Nações Unidas (ONU), como Dia Internacional do Idoso, com vista a uma reflexão, promoção e protecção dos seus direitos e dificuldades. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2000 havia 600 milhões de idosos no mundo, mas este número irá dobrar em 2025. Em Angola, segundo  uma fonte do Ministério da Assistência e Reinserção Social, o  Governo controla e assiste em todo o país 226.597 pessoas idosas em situações de vulnerabilidade, sendo 123.761 mulheres e 102.836 homens,…

Leia mais

3.700 crianças órfãs por causa do Ébola

Pelo menos 3.700 crianças da Guiné-Conacri, Libéria e Serra Leoa ficaram órfãs, tendo perdido pelo menos um dos progenitores, devido ao vírus do Ébola, indicam estimativas da UNICEF divulgadas hoje. O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) alertou que, dado que a epidemia se intensificou nas últimas semanas, o número de órfãos devido ao vírus pode duplicar até meados de Outubro. “Sabemos que os números que temos são apenas a ponta do iceberg”, assinalou Manuel Fontaine, director regional da UNICEF para a África Ocidental, numa vídeo-conferência a partir de Dacar. Um…

Leia mais

Mais gente com menos fome

Angola registou uma diminuição de 70 por cento da população desnutrida, com a queda desde 1990 do número absoluto da fome, revela um relatório das Nações Unidas. De acordo com esse relatório, Angola viu o número absoluto da fome cair em cerca de 43 por cento desde 1990, significando em termos relativos, uma diminuição de 70 por centro da população desnutrida, fazendo do país outro caso de sucesso, pois ultrapassou substancialmente a meta dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM) antes de 2015. O relatório sobre “O Estado da Insegurança Alimentar no…

Leia mais

Cuidem-se! Dois mil a caminho da RCA

O ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, disse hoje, em Nova Iorque, que o contingente angolano que poderá integrar a missão das Nações Unidas na República Centro Africana (RCA) rondará dois mil homens. O ministro, que falava em jeito de balanço da participação do país na 69 ª sessão de debates da Assembleia-Geral das Nações Unidas, disse que das últimas discussões ocorridas “fizeram-nos uma solicitação para uma unidade médica, uma unidade motorizada, uma unidade mecanizada e dois batalhões, que nos termos das Nações Unidas são cerca de 850 pessoas cada. Então o número poderá…

Leia mais

Aos poucos a Guiné-Bissau começa a ser um Estado

O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Domingos Simões Pereira, disse, à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas, que o país está a reavaliar todos os contratos celebrados pelo Estado. Ou seja, o executivo está a trabalhar num programa do contencioso, para o qual foi criada uma comissão interministerial, que visa trazer clareza aos contratos que envolvem o estado ou no qual o estado tem alguma participação. “Estamos a identificar estes casos e, em alguns vamos precisar de uma auditoria. No final, o que pretendemos é que todos os guineenses se revejam nos métodos…

Leia mais

Angola quer África em permanência no Conselho de Segurança da ONU

O vice-presidente de Angola, Manuel Vicente, defendeu hoje na 69ª assembleia-geral das Nações Unidas que o Conselho de Segurança alargue o número de representantes permanentes para incluir um país africano. “Reiteramos a necessidade de reformar e revitalizar o sistema das Nações Unidas, em particular a reforma do Conselho de Segurança, que devia estar mais em linha com o contexto internacional e reflectir uma representação geográfica igualitária através do aumento do número de membros permanentes”, disse Manuel Vicente, defendendo “o direito do continente africano se sentar entre os membros permanentes do…

Leia mais

Direitos humanos? É claro que Angola apoia… Portugal

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros português mostrou-se confiante na eleição de Portugal para o Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, cuja votação será a 21 de Outubro. Nesta matéria, garantida que está a cegueira permanente de Lisboa em relação ao que se passa em Angola, é certo o apoio do regime de Eduardo dos Santos. No seu discurso durante a 69ª Assembleia-Geral das Nações Unidas, que decorre em Nova Iorque, Rui Machete recordou as “propostas e compromissos” que Portugal apresentou no âmbito da sua candidatura, “com o objectivo de promover…

Leia mais

CPLP? O que é que isso é?

O ministro angolano das Relações Exteriores, Georges Chikoti, garantiu hoje em Nova Iorque, onde representa o país na 69ª Sessão da Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU), que a CPLP “está longe” de ser uma comunidade económica. Recorde-se que o ministro dos Negócios Estrangeiros português. Rui Machete, manteve conversas com os representantes dos países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), durante esta semana, sobre a necessidade de uma circulação de bens e pessoas mais flexível dentro da organização. “Já existe uma circulação importante entre os países da CPLP, mas claro que…

Leia mais

Xanana Gusmão defende a Guiné-Bissau

O primeiro-ministro de Timor-Leste, Xanana Gusmão, apelou hoje, no discurso proferido na 69ª Assembleia-geral da ONU, a decorrer em Nova Iorque, EUA, para a comunidade internacional apoiar a Guiné-Bissau. “Aproveito para fazer um apelo a todos os países aqui presentes para se juntarem a Timor-Leste e aos parceiros da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa) para em cumprimento com os mais altos valores da solidariedade internacional apoiarem a consolidação dos ganhos alcançados pelos guineenses”, afirmou Xanana Gusmão. Segundo o chefe do governo de Timor-Leste, que assumiu a presidência da…

Leia mais