PENAFIEL (TAMBÉM) ENVERGONHA A VERDADE

O escritor angolano Pepetela (co-responsável pelo assassinato de milhares e milhares de angolanos nos massacres de 27 de Maio de 1977, liderados por Agostinho Neto) começa hoje a ser homenageado em Benguela, pelo evento Escritaria, um festival literário originalmente organizado na cidade portuguesa de Penafiel, que este ano estreia internacionalmente em Angola a sua vergonhosa operação de branqueamento dos criminosos do MPLA. e acordo com a Câmara Municipal de Penafiel, a entidade organizadora, o evento vai estar patente durante 15 dias nas instalações do Instituto Piaget, em Benguela, mas vai…

Leia mais

… E SE HITLER FOSSE POETA DO MPLA?

A Embaixada do MPLA em Portugal homenageou o professor Pires Laranjeira e a Faculdade de Letras da Universidade do Porto pelo empenho na divulgação da obra e exaltação da figura do genocida e herói nacional do MPLA, Agostinho Neto, durante o colóquio internacional “Sou Um Dia em Noite Escura”, realizado na cidade do Porto, no quadro das comemorações do centenário daquele que, em 27 de Maio de 1977, mandou massacrar milhares e milhares de angolanos. Pires Laranjeira, académico da Universidade de Coimbra, tem sido um dos principais investigadores e promotores…

Leia mais

“XIBATA JÁ MUNDU, YA AJIBANDA, YA AJIKULUMUKA”

O secretário de Estado para as Finanças e Tesouro angolano, Ottoniel dos Santos, disse hoje, em Luanda, que o resultado da avaliação do Grupo de Acção Financeira (Gafi) será determinante para a imagem de Angola e do sistema financeiro, em particular. Ottoniel dos Santos falava hoje na abertura do XII Fórum Banca de iniciativa do jornal Expansão que abordou o tema “O Impacto da Avaliação do Gafi no Sector Bancário – Transformações na Estrutura e Desafios Futuros”. Segundo o secretário de Estado para as Finanças e Tesouro, que se manifestou…

Leia mais

DA EURONEWS À TVI, A LAVAGEM

Em ano de eleições, continua em vigor um alegado acordo de publicidade celebrado entre o Governo angolano (há 46 anos nas mãos do MPLA) e a Euronews, canal que assumiu divulgar notícias favoráveis ao regime. Ex-eurodeputada portuguesa, Ana Gomes, já tinha denunciado caso. Ana Gomes é contra a propaganda paga com dinheiro público da União Europeia (UE) para promover governos cleptocratas, como era (e continua a ser) o caso de Angola. Foi a ex-eurodeputada que denunciou junto de instâncias da UE a existência de um contrato de publicidade entre a…

Leia mais

QUEM ESTÁ NO PODER É SEMPRE BESTIAL

A embaixadora da União Europeia em Angola, Jeannette Seppen, reconhece hoje o mesmo que reconhecia quando José Eduardo dos Santos era presidente. Ou seja, que “Angola está num bom caminho em matérias de Direitos Humanos”. Acrescenta, como antes, que “ainda há coisas por fazer”. Em declarações à imprensa, no fim do IV Diálogo Estratégico Caminho-Conjunto, entre Angola e a União Europeia, a diplomata disse que o trabalho que ainda precisa de ser feito enquadra-se nesta parceria que passa, também, por falar dos passos e avanços que já foram dados, como…

Leia mais

QUAL CAMÕES, QUAL CARAPUÇA!

A abertura das actividades alusivas ao 8 de Janeiro, Dia da Cultura Nacional (do MPLA), acontece amanhã, no Memorial (27 de Maio de 1977) António Agostinho Neto, com a deposição de uma coroa de flores no sarcófago do, segundo o MPLA, maior poeta de língua portuguesa dos últimos oito séculos… Esta efeméride foi aprovada em decreto-lei nº 21 e publicada no Diário da República nº 87, I série, de Novembro de 1986, em homenagem ao discurso sobre a Cultura Nacional do primeiro presidente de Angola, António Agostinho Neto, proferido em…

Leia mais

PALAVRAS, LEVA-AS O… MPLA

A responsável da Unidade de Informação Financeira (UIF) de Angola, Francisca de Brito, rejeitou hoje a ideia de que haja sistemas financeiros “limpos” ou “sujos”, salientando que os bilionários africanos existem porque tiveram ajuda dos bancos estrangeiros. Não seria caso para dizer que ladrões tanto são os que roubam, como os que ficam de guarda e como os que recebem o produto do roubo? Numa conversa com jornalistas em Luanda, Francisca de Brito (foto) sublinhou a importância da unidade que dirige no combate ao branqueamento de capitais e defendeu que…

Leia mais

BRANQUEAR O MPLA, CONSPURCAR A OPOSIÇÃO E ACUSAR PORTUGAL

A Cedesa, entidade que estuda assuntos da África Austral mas com destaque para Angola e que tem sede em Lisboa, diz que o país se tornou “um aliado importante” dos EUA e que “um falhanço americano” nas relações com os angolanos seria “um falhanço global” da estratégia norte-americana face à China. “A atitude dos EUA face a Angola sempre foi ambivalente, e não será agora que irá enveredar por um caminho de confronto, quando Angola se tornou um aliado importante, por dois motivos muito reais”, começa por referir a Cedesa…

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA “ALTEROU” PÁTRIA DA COVID

A União Europeia (UE) está a negociar com Angola o novo pacote de apoios financeiros, com montantes ainda por definir, focado em tudo aquilo que o Governo do MPLA, no Poder há 46 anos, não conseguiu fazer: diversificação económica, protecção social e governança (acto ou efeito de governar). Jeannette Seppen, que falava à margem do seminário de capacitação sobre protecção social Transform assinalou que a UE tem dado “o apoio possível ao Governo e à população angolana no sentido de encontrar respostas” para os desafios de combate à pobreza e…

Leia mais

E quando o padrinho está na cozinha…

Tem um “padrinho na cozinha”? Se não, convém sempre ter um pouco de “gasosa” à mão, para pagar a quem possa facilitar o acesso a serviços públicos ou privados. Muitas vezes, quase sempre, a vida em Angola só funciona com corrupção. É assim há 46 anos. Se o poder corrompe, o poder total corrompe totalmente. Maioria no Parlamento? MPLA. Titular do Poder Executivo? MPLA. Presidente da República? MPLA. PGR? MPLA. Tribunais? MPLA… “Padrinho na cozinha” é uma expressão corriqueira em Angola. O termo significa ter uma pessoa conhecida num determinado…

Leia mais