CUBAR BAJULAÇÃO E CUBICAR DEMAGOGIA

Angola reiterou, na Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque, o fim do embargo económico, comercial e financeiro, bem como das medidas unilaterais e coercivas impostas pelos Estados Unidos da América (EUA) contra Cuba. É claro que em Angola, há 48 anos com o MPLA no Poder, continua o embargo contra os próprios angolanos, nomeadamente os 20 milhões pobres. egundo o representante permanente de Angola junto da ONU, Francisco da Cruz, essas medidas ameaçam e violam os direitos humanos fundamentais, incluindo o direito à autodeterminação. Direitos humanos que só…

Leia mais

SE O GENERAL O DIZ… VIVA CUBA

O general João Lourenço, Presidente angolano, fazendo seus também o pensamento do Presidente do MPLA e do Titular do Poder Executivo, defendeu hoje o “aumento da fasquia” (a fasquia não se aumenta, sobe-se ou desce-se) da cooperação económica entre Luanda e Havana, que diz estar “abaixo do que é exigido” pelos povos de ambos os países, apontando para a necessidade de trabalho “conjunto e contínuo”. ra então, no âmbito da visita do seu homólogo cubano a Angola, Miguel Díaz-Canel, o general João Lourenço disse que “o nível da cooperação económica…

Leia mais

AMIGO DO MPLA? SIM. AMIGO DOS ANGOLANOS? NÃO!

O Presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, visitou o Memorial ao único herói que o MPLA permite, o assassino António Agostinho, onde depositou uma coroa de flores no sarcófago do Primeiro Presidente de Angola e genocida responsável pelo assassinato de 80 mil angolanos nos massacres de 27 de Maio de 1977. iguel Díaz-Canel, que chegou, domingo, a Luanda, será também recebido pelo Presidente da República, João Lourenço, no Palácio Presidencial da Cidade Alta, onde vão testemunhar a assinatura de acordos. No dia 19 de Abril de 2018, o “El Comandante” João…

Leia mais

«O MPLA NÃO É UM PARTIDO DEMOCRÁTICO»

«O jornalista e advogado Jaime Azulay afirmou, ontem, 06/07, que o Angola jamais se vai democratizar, sem que antes o MPLA, partido no poder, decida fazê-lo internamente. aime Azulay considera que Angola precisa reencontrar-se, sendo imperioso que os governantes se foquem mais nos reais problemas dos cidadãos e menos nos seus interesses pessoais. O jornalista, que já exerceu funções de administrador não executivo das Edições Novembro, e conhecido pelas suas reportagens de guerra, durante o conflito armado em Angola, foi o homenageado nas Quintas & Homenagens, uma promoção de uma…

Leia mais

POBRES ANGOLANOS SOLIDÁRIOS COM CUBA

As primeiras 70 toneladas de bens de primeira necessidade, das cerca de duas mil recolhidas em Angola, já chegaram a Havana (Cuba), a fim de acudir as vítimas do furacão Ian. Que lindo. Solidariedade e mesmo isso. É mesmo bonito dar aos outros o que faz falta aos nossos. Os 20 milhões de pobres angolanos até já perderam a… fome. Trata-se do primeiro voo humanitário para o transporte dos produtos recolhidos, no quadro de uma campanha solidária promovida pela Associação dos Ex-Estudantes de Angola em Cuba, decorrida entre os dias…

Leia mais

O Simon Bolívar do Cazenga ou do Cacuaco

É tragicómico observar um fala-barato, especialista em demagogia e contradição, opinar sobre economia e política internacional e sobre ética e diversidade, um militante de um partido sanguinário e cleptocrático, de “esquerda progressista”, o especialista em comunicação social, que nem conseguiu aquecer o lugar como ministro da propaganda do governo autocrático de João Lourenço. Foi “zonerado”. Por Domingos Kambunji João Melo, ultimamente, tem andado armado em Simon Bolívar, do Cazenga ou do Cacuaco, a “libertar” países da América Latina dos liberalismos e neoliberalismos, como “progressista de esquerda” e a tentar dar…

Leia mais

“Temos fome”. “Abaixo a ditadura”

“É verdade que não temos Internet móvel, mas também não temos medicamentos”, respondeu na terça-feira o ministro dos Negócios Estrangeiros cubano, Bruno Rodriguez. A Internet móvel foi restabelecida esta quarta-feira em Cuba, após três dias de interrupção depois das históricas manifestações de domingo, mas continua a ser impossível aceder a redes sociais e a aplicações de mensagens, constataram jornalistas da AFP. Com 3G ou 4G, o acesso à aplicação WhatsApp ou às redes sociais Facebook ou Twitter, entre outras, estava bloqueado, segundo a agência France-Presse. “É verdade que não temos…

Leia mais

Ser cubano (mas não só)
é meio caminho andado!

A contratação de médicos estrangeiros, nomeadamente cubanos, quando existem no país mais de 4.000 profissionais desempregados, foi hoje questionada, em Luanda, pelo Sindicato Nacional dos Médicos de Angola (Sinmea). Eles são médicos, são professores, são tudo o que Cuba quiser. É assim desde 1975, altura em que os mercenários de Fidel Castro vieram ajudar o MPLA a matar… angolanos. Segundo o presidente do Sinmea, Adriano Manuel, o Ministério da Saúde foi a Cuba para contratar médicos expatriados, “alguns deles com rótulos de especialistas”. “E quando vêm para Angola, nós identificamos…

Leia mais

Desmantele-se o MPLA

A democracia não é um sistema de governo perfeito mas até ver não há melhor. Este aforismo, diz que da autoria de Churchill, está tão batido que já dá náuseas e por isso nunca o proferi verbalmente e jamais pensei escrever tamanho lugar-comum e frase tão “cliché” e por isso para me penitenciar vou eu próprio forjar um axioma que pode ser que fique nos anais profundos, pardacentos e penetrantes da história e seja lapidado em estelas imponentes. Aliás eu não gosto de Churchill e não apenas por ser um…

Leia mais

Chineses apostam na língua portuguesa

Uma das mais prestigiadas universidades da China vai passar a ter a língua portuguesa como disciplina opcional, já no próximo ano lectivo, ilustrando a crescente importância dos países lusófonos para o comércio e diplomacia chineses. Enquanto isso, os países lusófonos tudo fazem, sem o assumir, para chutar o português para fora de jogo. A partir de Setembro, a Universidade Qinghua vai oferecer o português como disciplina opcional aos alunos de todos os cursos de licenciatura, disse à agência Lusa fonte da instituição. Localizada no norte de Pequim, a Qinghua é…

Leia mais