Olhai para o que dizemos
e não para o que fazemos

Os bispos da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST) manifestaram-se hoje preocupados com o “elevado índice” e “fins trágicos” de violência doméstica sobre a mulher, apelando à “atenção de toda sociedade” para estes casos. Certo. E a violência sobre os angolanos (homens, mulheres e crianças) onde fica? “A proveitamos para manifestar a nossa preocupação pelo índice elevado de casos de violência doméstica, muitos os quais com fins trágicos, são muitas as mortes, os homicídios fruto da violência doméstica, é algo que deve merecer a atenção de todos”, disse…

Leia mais

Bispos católicos estão
(ao que parece) vivos!

Os bispos católicos de Angola, depois de um longo e letárgico sono em que nada viram nem ouviram, acordaram sonolentos mas conseguiram desafiaram hoje a sociedade angolana (será que também fazem parte dela?) a dar mais atenção aos “pobres, abandonados e desfavorecidos” do país (20 milhões), considerando “imperioso” um maior compromisso no seu apoio. No discurso inaugural da assembleia da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST), o presidente do órgão, Filomeno Vieira Dias, considerou que este é o grande “desafio” da Igreja e da sociedade. É? Ou será…

Leia mais

Deus pode perdoá-los
mas o angolanos não

O apoio às camadas mais desfavorecidas do país e o combate à pobreza são as actuais prioridades da Igreja Católica angolana, a par da sua vocação na promoção dos direitos que os membros da sociedade merecem. Das duas uma. Ou o Presidente da Conferência Episcopal de Angola e São-Tomé (CEAST), Dom Filomeno Vieira Dias, tem um arcaico conceito de actualidade ou só agora o MPLA o autorizou a falar de alguns velhos, muito velhos, problemas do país: pobreza e desfavorecidos. Por Óscar Cabinda Esta suposta aposta da CEAST foi afirmada…

Leia mais

“Milagre”. Bispos voltam a
pensar pela própria cabeça

Os bispos da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST) manifestaram-se hoje indignados com o “quadro deplorável de degradação” da saúde no país, lamentando a “escandalosa e gritante” falta de medicamentos e a “desumanidade endémica” nos hospitais. Pelos vistos, provavelmente graças à interferência de Jorge Mário Bergoglio que terá metido uma cunha ao Papa Francisco, os bispos voltaram a ter a capacidade de pensar pela própria cabeça e, dessa forma, darem voz a quem a não tem. Milagre? Talvez. A declaração dos bispos católicos foi hoje feita pelo vice-presidente…

Leia mais

De vez em quando os bons também quebram o silêncio

O papa Francisco nomeou o cardeal-patriarca de Lisboa, Manuel Clemente, como seu enviado especial ao I Congresso Eucarístico Nacional de Angola, que decorre de 12 a 18 de Junho, na cidade de Huambo, e que vai ter como lema “Reconheceram-no ao partir do Pão” (Lc 24, 31). Por Orlando Castro Este evento, organizado pela Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST), visa assinalar as comemorações dos 150 anos da segunda fase da evangelização de Angola. Segundo uma nota da diocese de Huambo, o I Congresso Eucarístico do país tem…

Leia mais

De bem com Deus e…
(já agora) com o Diabo

Os bispos católicos angolanos defenderam hoje que Angola precisa de um Governo competente, que “governe para todos e não apenas para aqueles que o elegeram e, pior ainda, para uma elite de privilegiados”. Por Orlando Castro Ao longo dos 41 anos de independência, mas sobretudo durante os 38 anos que José Eduardo dos Santos leva como Presidente da República, nunca nominalmente eleito, a maioria dos bispos católicos têm apoiado o Presidente da República (José Eduardo dos Santos) às segundas, quartas e sextas, o Titular do Poder Executivo (José Eduardo dos…

Leia mais

Que a voz do Povo
seja a voz de Deus

“Muitos governantes que têm grandes carros, numerosas amantes, muita riqueza roubada ao povo, são aparentemente reluzentes mas estão podres por dentro”. Esta é, por muito que nos custe, a realidade do nosso país. Pena é que a Igreja Católica, por exemplo, tenha medo da verdade. Por Orlando Castro Alguém se recorda, por exemplo, o que D. José de Queirós Alves, arcebispo do Huambo, afirmou em Julho de 2012 na comuna de Chilata, município do Longonjo, a propósito das eleições? O prelado referiu que o povo angolano tinha muitas soluções para…

Leia mais

As (supostas) preocupações de bispos (ditos) católicos

Os bispos católicos angolanos defenderam hoje, em Luanda, que os procedimentos e regras do registo eleitoral, em curso em Angola, devem incutir, em todos, “confiança para que não se parta para as eleições com suspeições”. Então há esse risco? Pois. A fazer fé nas eleições anteriores e nos indícios das que estão marcadas para 2017, nomeadamente com a CNE atirada para canto e o Governo a pôr e dispor, a confiança num processo transparente já parece mais uma miragem. A posição dos bispos foi expressa pelo presidente da Conferência Episcopal…

Leia mais

Discriminação, racismo ou… ambos

O tema é polémico. Muito! Mas, infelizmente, ele campeia no seio de uma das mais implantadas comunidades cristãs: a Católica, em Angola. Os motivos são vários, tais como a discriminação, a falta de oportunidades iguais e a ascensão de uma etnia, muitas vezes, e outras a raça, principalmente, europeia ou latina nos lugares cimeiros e decisivos da hierarquia da Igreja em Angola. “Não está em cheque a fé das nossas gentes, o nosso compromisso com o catolicismo, mas tão-somente a gestão da igreja, que não deve estar ligada sempre ao…

Leia mais

Bispos católicos temem implosão na Lusofonia

Responsáveis católicos de sete países de língua portuguesa manifestaram hoje, em Aparecida, no interior do estado brasileiro de São Paulo, “preocupação pela instável situação social, política e económica em quase todos os países” lusófonos. Num comunicado conjunto, enviado à imprensa no último dos cinco dias do XII Encontro de Bispos dos Países Lusófonos, os representantes alertaram que esta instabilidade tem “consequências na vida dos cidadãos, famílias e instituições”. No documento, condenaram as “situações de corrupção, de exploração dos mais pobres e de tráfico de seres humanos” e chamaram a atenção…

Leia mais