Brasileiros e portugueses unidos contra o fascismo

Um grupo de estudantes e imigrantes brasileiros criou um movimento em Portugal para combater a ascensão da extrema-direita nos dois países e para ajudar compatriotas que saiam do Brasil devido à situação política. “O propósito da Frente de Imigrantes Brasileiros Antifascistas do Porto [FIBRA] é actuar no contexto português, acompanhando o que acontece no Brasil, em relação à ascensão da extrema-direita. No Brasil já ascendeu ao poder, aqui começam a haver alguns sinais. A Europa está infestada de grupos que já beliscaram o poder, e surgimos para fazer frente a…

Leia mais

PGR investiga burla da “empresa” Build Angola

Mais de mil angolanos denunciaram no dia 16 de Maio uma alegada “burla” da empresa brasileira “Build Angola”, em investimentos superiores a 240 milhões de dólares (203 milhões de euros), para a construção de residências, em que passados dez anos “nenhuma foi entregue”. A situação foi relatada nesse dia por um dos coordenadores da comissão de lesados, Hélio Silvestre, que atribuiu culpas à antiga Agência de Investimento Privado (ANIP) de Angola, pelo facto de “certificar uma empresa que não era idónea”, lamentando por isso o “silêncio das autoridades”. “Somos no…

Leia mais

Sinfonia portuguesa em Laúca

Perto de 300 trabalhadores portugueses participam na construção da maior barragem de Angola, em Laúca, no rio Kwanza, mas a obra faz-se em português também com milhares de operários angolanos e brasileiros. O Aproveitamento Hidroeléctrico de Laúca vai produzir, a partir de 2017, cerca de 2.070 MegaWatts (MW) de electricidade, mais do dobro da capacidade das duas barragens já em funcionamento no mesmo rio, mas ainda insuficiente para as necessidades do país. Localizada no município de Cambambe, na província do Cuanza Norte, a barragem foi encomendada pelo Estado por 4,3…

Leia mais