Sai Safeca entra Lopes e a orgia (do BPC) continua…

Nada como ter os melhores peritos do país todos no MPLA e, por conseguinte, todos no mesmo governo. Hoje, pela abalizada e internacionalmente reconhecida qualidade técnica e política do ministro das Finanças angolano, Archer Mangueira, ficou a saber-se que o Executivo considera que a capacidade do Estado para socorrer o Banco de Poupança e Crédito (BPC), maior banco de capitais públicos angolanos, “atingiu o seu limite”. Ficou também a saber-se que o kwanza renovou os mínimos frente ao euro e manteve o valor mais baixo de sempre frente ao dólar.…

Leia mais

Roubar para capitalizar. Capitalizar para roubar!

O Estado angolano vai injectar 280 milhões de euros no Banco de Poupança e Crédito (BPC) para garantir que o maior banco do país mantenha a actividade normal, segundo um decreto presidencial de ontem, dia 30 de Janeiro. No dia 7 de Março de 2018, Presidente João Lourenço tinha autorizado, por decreto, uma emissão especial de dívida pública, de mais de 685 milhões de euros para a recapitalização do… Banco de Poupança e Crédito (BPC). De acordo com um decreto assinado pelo Presidente da República, João Lourenço, de 30 de…

Leia mais

De buraco em buraco até
(é claro) à cratera final!

O Banco de Poupança e Crédito (BPC) de Angola referiu hoje que vai manter a política de encerramento de balcões e de despedimento de funcionários, no quadro da reestruturação e do saneamento da instituição. A indicação foi avançada pelo presidente do Conselho de Administração do BPC, Alcides Safeca, no Lubango, capital da província da Huíla, à margem do lançamento de uma linha de financiamento apoiada pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD). “Vai haver, sim, o despedimento de pessoal”, declarou Alcides Safeca, lembrando que o processo de reestruturação e saneamento tem…

Leia mais

No caso do BPC o governo
é incompetente, diz o FMI

O FMI está preocupado com o crédito malparado no BPC, o maior banco angolano, recomendando ao Governo que nova injecção de liquidez fique condicionada à concretização do plano de reestruturação e mantendo-se proibida a concessão de novos empréstimos. A informação consta das conclusões, de Junho, da missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) no âmbito das consultas regulares com as autoridades angolanas, ao abrigo do Artigo IV, realizadas este ano, e que abordam com preocupação a situação da banca angolana, e a sua falta de liquidez. Na avaliação, a missão do…

Leia mais

Estado injecta mais uns
largos milhões no BPC

O Estado angolano necessita de injectar 31.500 milhões de kwanzas (115 milhões de euros) no Banco de Poupança e Crédito, para completar o capital social do maior banco nacional, em processo de reestruturação devido ao volume de crédito malparado. A informação consta da análise da auditoria externa às contas de 2017 do BPC, totalmente detido pelo Estado, elaborada pela UHY – Auditores & Consultores, e que alerta desde logo que a “capacidade do banco para continuar as operações depende do sucesso das suas actividades futuras, da manutenção dos depósitos dos…

Leia mais