Que (in)gratidão de JLo!

Segundo o ex-ministro da Comunicação Social do MPLA, João Melo, a imprensa pública, em Angola, estava obrigada a continuar a desempenhar um papel preponderante durante as próximas décadas. Isto queria dizer que durante as próximas décadas (certamente, como nos últimos 44 anos, sob a égide do MPLA) Angola não será uma verdadeira democracia e um Estado de Direito. Por Orlando Castro O também “jornalista” e escritor (segundo a Angop, note-se) discursava no Encontro das Empresas Públicas de Comunicação Social da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), organizado pela Direcção…

Leia mais

E por falar em Itiandro…

O Presidente da República, também Presidente do MPLA e Titular do Poder Executivo, João Manuel Gonçalves Lourenço, exonerou o seu Secretário Judicial e Jurídico, Itiandro Slovan de Salomão Simões, por este o ter aconselhado – numa clara demonstração de abertura à sociedade, sem qualquer tipo de exclusão – a nomear um morto para a Empresa de Navegação Aérea. Já não se pode ser criativo? O homem tinha morrido, mas não deixou de ser do… MPLA. Recordemos que, em 2017, o Presidente João Manuel Gonçalves Lourenço, no uso das suas competências…

Leia mais

O quê? Exonere-se!

O chefe de Estado angolano, João Lourenço, exonerou hoje o presidente do Conselho de Administração da Empresa Gestora de Terrenos Infra-estruturas (EGTI), Rodrigo dos Santos (foto), e nomeou em seu lugar Pedro Cristóvão. Uma nota da Casa Civil do Presidente da República divulgada hoje indica que foram também exonerados, por conveniência de serviço, os administradores da EGTI Pedro Cristóvão e Alexandre Manuel. Em substituição, foram nomeados Kilson Gouveia e Quilaco Pedro. A Empresa Gestora de Terrenos Infra-estruturados (EGTI), criada em 2015 pelo Governo (e que – como não poderia deixar…

Leia mais

Roscofe Rescova é o novo governador de… Luanda

O Presidente João Lourenço exonerou hoje Adriano Mendes de Carvalho do cargo de governador da província de Luanda, nomeando para aquelas funções o líder da organização da Juventude do MPLA, Sérgio Luther Rescova, que assim de sipaio de José Eduardo dos Santos passa a chefe de posto do novo dono disto tudo. De acordo com uma nota da Casa Civil do Presidente da República, além de Luanda, província com cerca de sete milhões de habitantes e cujo governador passa a ser Sérgio Luther Rescova, o chefe de Estado exonerou outros…

Leia mais

Exonerado presidente do Memorial Agostinho Neto

O Presidente da República, João Lourenço, exonerou Jomo Francisco Isabel de Carvalho Fortunato do cargo de presidente do Conselho de Administração do Memorial António Agostinho Neto, devido a verificação de condutas inapropriadas durante a realização de actividades culturais no interior desta instituição. Para o seu lugar foi escolhido António Antunes Fonseca. Segundo uma nota de imprensa da Casa Civil do Presidente da República, verificaram-se condutas inapropriadas durante a realização de actividades culturais no interior do Memorial António Agostinho Neto, recinto que deve ser respeitado pela sua importância e solenidade. O…

Leia mais

Presidente exonera (amigo, compadre e…) ministro

O chefe de Estado angolano, João Lourenço, exonerou hoje o seu amigo e compadre Augusto Tomás do cargo de ministro dos Transportes, tendo nomeado para aquelas funções Ricardo Viegas de Abreu, até agora secretário para os Assuntos Económicos do Presidente da República. Esta é a primeira exoneração entre os ministros empossados em Setembro por João Lourenço e tem todos os ingredientes para ser ou, pelo menos parecer, a criação de um bode expiatório. Ou, pelo contrário, Augusto Tomás vai levantar voo para algo bem mais rentável do que ser ministro?…

Leia mais

No caso dos BI, SIAC cobra forte e feio e só complica

O Serviço Integrado de Atendimento ao Cidadão (SIAC), especificamente a sua agência no Talatona, tem deixado muito a desejar quanto ao tratamento de Bilhetes de Identidade (BI), principalmente quando não há qualquer diferenciação com instituições públicas. Isso mesmo confirmaram, no local, jornalistas do Folha 8. Por Pedrowski Teca e Fazegas Manico O SIAC é um serviço público com autonomia administrativa e financeira, criado em Setembro de 2007 através do Programa da Reforma Administrativa do Estado Angolano (PREA) do Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, por orientação do ex-presidente…

Leia mais

Burla legitimada pela UTIP
“exonera” general Nunda

O Presidente da República terá já chamado o Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA), general Geraldo Sachipengo Nunda, e – segundo fontes próximas do general – ter-lhe-á dito que, em função do mais recente escândalo financeiro com um falso fundo tailandês, em que está envolvido, seria exonerado. “O general Nunda informou o Presidente João Lourenço, a este propósito, que perante este caso (do qual se considera também vítima) era já sua intenção pedir a demissão, salvaguardando assim a imagem e a honra das FAA, bem como a…

Leia mais

“Exoneração” foi (como esperado) a palavra de 2017

O vocábulo “exoneração” é a Palavra do Ano 2017 em Angola, tendo recolhido 40% dos votos dos cibernautas angolanos, foi hoje divulgado numa cerimónia no Camões-Centro Cultural Português, em Luanda. Segundo a Plural Editores, que organiza a iniciativa, participaram cerca de 2.500 cibernautas e, à palavra “exoneração”, seguiu-se “mudança”, que obteve 21% dos votos, e “divisas”, em terceiro lugar, palavra que alcançou 18% das intenções de voto. A eleição da Palavra do Ano em Angola teve início, em Dezembro, dois meses após a tomada de posse do Presidente da República,…

Leia mais

A “limpeza” não pára.
Mande já não manda

O Presidente angolano, João Lourenço, exonerou hoje de funções o Inspector-Geral da Administração do Estado (IGAE), Joaquim Mande, tendo nomeado para o mesmo cargo o comissário Sebastião Domingos Gunza. De acordo com uma informação disponibilizada pela Casa Civil do Presidente da República, a exoneração de Joaquim Mande foi feita “a seu pedido”, tendo sido exonerados ainda os inspectores-gerais adjuntos Artur Mário Neínda, Pena Fernandes da Silva e Beatriz Alberto Quitambe Fernandes. Um despacho assinado por Joaquim Mande, publicado a 15 de Setembro último, gerou forte polémica em Angola e não…

Leia mais