A CULTURA CONTINUA A TER DONO?

O ministro da Cultura, Turismo e Ambiente angolano, Filipe Zau, disse hoje que a diversificação da economia no sector do turismo vai ter preocupações ambientais, destacando medidas como a transformação do plástico em combustível ou a dessalinização da água do mar. As autoridades angolanas estão a tentar transformar o plástico, que é deitado no mar e cria “um problema enorme à biodiversidade, em combustível, como forma de tentar lançar o fomento do turismo, tornando os preços mais baratos, porque se gasta muito com combustível”, afirmou Filipe Zau, numa conferência de…

Leia mais

SOPA DE CULTURA, TURISMO E AMBIENTE

O Fundo do Ambiente angolano vai ser transformado em Fundo da Cultura, Turismo e Ambiente para fomentar a actividade turística, sobretudo o turismo interno, apoiar associações ambientais e artistas em dificuldades sociais, anunciou hoje o ministro do sector. Senhor ministro Filipe Zau, não dará também para explicar aos angolanos que o resultado final de aprender a viver sem comer é… morrer? Segundo o ministro da Cultura, Turismo e Ambiente, Filipe Zau, estão em curso trabalhos visando a “reforma do Fundo do Ambiente com vista à sua transformação em Fundo da…

Leia mais

DE JOÃO PINTO A FILIPE ZAU

No dia 28 de Janeiro de 2015, o ex-vice-reitor para os Assuntos Académicos, ex-decano, ex-vice-decano, ex-conselheiro do ex-reitor e ex-docente da Faculdade de Direito da Universidade Independente de Angola (UnIA), João Pinto Manuel Francisco, criticou severamente o reitor da mesma universidade, Filipe Silva de Pina Zau na sua página de “Facebook”. O docente e deputado, entre outras “pintacoadas” escreveu o seguinte: “(…) o Doutor Filipe Zau mostrou claramente que ser pedagógico pode convir para o ensino primário ou médio, mas na Universidade implica cientificidade, humildade, debate permanente, liberdade e tradição”…

Leia mais

FILIPE ZAU SUBSTITUI JOMO FORTUNATO

O Presidente angolano, João Lourenço, exonerou hoje o ministro da Cultura, Turismo e Ambiente, Jomo Fortunato, que vai ser substituído pelo académico Filipe Zau (foto). O decreto, divulgado pela Casa Civil do Presidente refere que Jomo Fortunato, que tinha sido nomeado para o cargo em Novembro de 2020, foi exonerado por conveniência de serviço. Jomo Fortunato, jornalista da área cultural e professor universitário, sucedeu à bióloga Adjany Costa, a primeira ministra a assumir a tutela das três pastas que foi nomeada em 6 de Abril de 2020, mantendo-se apenas sete…

Leia mais