MAIS DO MESMO PARA ENGANAR MATUMBOS

O volume de contratação de serviços a empresas (formalmente) angolanas no sector petrolífero atingiu já, este ano, mais de 14 mil milhões de dólares (13 mil milhões de euros), revelou hoje a concessionária nacional. s dados foram avançados por João Santiago, técnico de conteúdo local da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG), durante o ‘workshop’ sobre Conteúdo Local, subordinado ao tema “O Alicerce para o Crescimento Sustentável do Empresariado Angolano”. Segundo João Santiago, em 2022, os contratos adjudicados atingiram os nove mil milhões de dólares (8,4 mil milhões…

Leia mais

APENAS 142 CASOS DE TRÁFICO HUMANO EM OITO ANOS

As autoridades angolanas tiveram um registo nos últimos oito anos, de 142 casos de tráfico de seres humanos, revelou o director nacional dos Direitos Humanos, Yannick Bernardo, à margem do “workshop de formação e sensibilização em tráfico de seres humanos para profissionais da comunicação social”. o entanto, Yannick Bernardo referiu que, no quadro do combate ao tráfico de seres humanos, “existe, desde 2014, uma Comissão Interministerial que traça estratégias para contrapor as acções ligadas ao tráfico de seres humanos”. Yannick Bernardo disse ainda que o país é propenso ao registo…

Leia mais

APESAR DE TUDO… PORTUGAL SEDUZ

A população estrangeira residente em Portugal aumentou em 2022 pelo sétimo ano consecutivo, totalizando 781.915 cidadãos, mantendo-se a comunidade brasileira como a mais representativa com 239.744 cidadãos. Angolanos são 31.761. Relatório de Imigração, Fronteiras e Asilo (RIFA), a que agência Lusa teve acesso por ocasião do aniversário do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), revela que “em 2022 verificou-se pelo sétimo ano consecutivo, um acréscimo da população estrangeira residente, com um aumento de 11,9% face a 2021, totalizando 781.915 cidadãos estrangeiros titulares de autorização de residência”. Segundo o SEF, os…

Leia mais

ESTRANGEIROS É QUE (CO)MANDAM

A administração da transportadora aérea (do MPLA) angolana TAAG afirma que a rota Luanda-Lisboa é importante para a companhia, sem divulgar números, e avançou que está a crescer “fortemente” no mercado brasileiro. Enquanto isso, muitos dos seus mais reputados pilotos angolanos estão a zarpar para outros… voos. presidente do Conselho de Administração, Ana Major, falava no acto de apresentação dos resultados da TAAG em 2022, frisando que a rota Luanda-Lisboa “não é de menosprezar”, sem adiantar pormenores por ser “um dado competitivo” que não pretendia partilhar. Pelas mesmas razões, a…

Leia mais

ESTRANGEIRO E BRANCO

Depois de um Velho amigo do MPLA me dizer que essa ideia de que a UNITA tem militantes (quadros) brancos em Portugal é treta, eis que um outro Velho amigo (agora da UNITA) me escreve, citando ipsis verbis – diz ele – uma afirmação de Adalberto da Costa Júnior: “Os estrangeiros podem nos ajudar mas não farão o trabalho fundamental”. Como estrangeiro fiquei esclarecido. Por Orlando Castro m 1975, (tinha Adalberto da Costa Júnior 13 anos de idade) já com o país em guerra acelerada, o Presidente da UNITA teve,…

Leia mais

(MAIS) UM CRIME DO REGIME

O Sindicato de Pilotos das Linhas Aéreas (SPLA), o Sindicato do Pessoal Navegante de Cabine e o Bureau Sindical da TAAG, companhia aérea angolana, manifestaram-se hoje contra a manutenção em Angola de duas aeronaves e 53 tripulantes estrangeiros. Um comunicado das três organizações lamenta “o comportamento da administração da TAAG – Linhas Aéreas de Angola, SA que tem suprimido direitos adquiridos pelos colaboradores ao longo dos anos, não permitindo que possam beneficiar dos mesmos”. Os subscritores do documento sublinham que foram retirados direitos adquiridos, “que se podem considerar retaliatórios”, como…

Leia mais

TAAG NA RIBALTA DO VALE TUDO

Um avião que a África do Sul diz ter sido fretado pela companhia aérea angolana TAAG, mas que esta diz não ter ligação (contrariando a informação da Embaixada angolana), foi arrestado no Aeroporto Internacional da Cidade do Cabo, depois de ali ter aterrado sem a autorização. O arresto foi feito depois de o avião ter pousado, na sexta-feira, no aeroporto sem autorização obrigatória de operador estrangeiro (FOP), referiu o Ministério dos Transportes sul-africano, citado pelo jornal online Eyewitness. De acordo com a mesma fonte, o avião levava a bordo apenas…

Leia mais

700 MIL ESTRANGEIROS VIVEM EM PORTUGAL

A população estrangeira residente em Portugal aumentou em 2021 pelo sexto ano consecutivo, totalizando 698.887 cidadãos, mantendo-se a comunidade brasileira como a mais representativa e a que mais cresceu, revelou o SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras). Em 2020, angolanos (assim catalogados pelo governo do MPLA) eram 25.802. “Em 2021 verificou-se, assim, pelo sexto ano consecutivo, um acréscimo da população estrangeira residente, com um aumento de 5,6% face a 2020, totalizando 698.887 cidadãos estrangeiros titulares de autorização de residência, valor mais elevado registado pelo SEF, desde o seu surgimento em…

Leia mais

SÓ FALTA A RÚSSIA MANDAR O CHEQUE

O vice-presidente da Câmara Africana de Energia (CAE) em Angola, Verner Ayukegba, defende que a agricultura, a infra-estrutura logística, as telecomunicações e tecnologias, e o sector financeiro são os quatro sectores que deverão receber mais investimento externo. Vladimir Putin já garantiu que, depois de arrasar a Ucrânia, vai investir no reino do MPLA. Só impõe uma condição: Angola apoiar a agressão à Ucrânia. Simples! Num artigo publicado no site da CAE, uma organização destinada a captar investimento em África, principalmente na área energética, o vice-presidente em Luanda escreve que a…

Leia mais

KERO NAS MÃO DO GRUPO ERITREU ANSEBA

O Estado angolano assinou o contrato de exploração e gestão, por 10 anos, da rede de hiper e supermercados Kero com o grupo eritreu Anseba, informou hoje o Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (IGAPE). De acordo com uma nota do IGAPE, o contrato de cessão do direito de exploração e gestão da rede de hiper e supermercados Kero, que não dá a opção de compra durante a vigência do contrato, envolve 12 lojas, com 6.000 metros quadrados de área, das quais oito se situam em Luanda…

Leia mais