Nova era dos diamantes em… 2022

O ministro angolano dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, Diamantino Azevedo, reafirmou hoje que espera lançar a bolsa de diamantes de Angola, de forma experimental, no próximo ano, sublinhando que pretende cooperar neste domínio com empresários belgas. Em 26 de Março, o ministro já tinha dito o mesmo, apenas acrescentando “se as condições permitirem”, referindo que “a criação de uma bolsa não se faz apenas por decreto”. Hoje o ministro falava num encontro, em Luanda, com uma delegação de mais de 20 empresários belgas, associados ao Centro Mundial de Diamantes…

Leia mais

Alvos seleccionados e dedo no gatilho

João Lourenço, Presidente angolano, por sinal não nominalmente eleito, e também Presidente do MPLA e Titular do Poder Executivo, apelou no dia 29 de Outubro de 2020 aos jovens a “não se deixarem manipular” por aqueles que não têm condição de resolver os seus problemas em educação, saúde, habitação e emprego. Olhando para as fotos que publicamos e considerando que o MPLA “só” está no Poder há 45 anos, percebe-se tudo. João Lourenço discursava, na qualidade de líder do MPLA, partido no poder há 45 anos, na abertura da IV…

Leia mais

Cão, esse corrupto português

Território habitado já na Pré-história, como atestam vestígios encontrados nas regiões das Lundas, Congo e deserto do Namibe, apenas milhares de anos mais tarde, em plena proto-história, receberia povos mais organizados. Os primeiros a instalarem-se foram os bochimanes – grandes caçadores, de estatura pequena (pigmeus) e claros, de cor acastanhada. No início do século VI d.C., povos mais evoluídos, de cor negra, inseridos tecnologicamente na Idade dos Metais, empreenderam uma das maiores migrações da História. Eram os Bantu e vieram do norte, provavelmente da região da actual República dos Camarões.…

Leia mais

É (mais) fácil investir num país governado há 45 anos pelo mesmo partido

A Assembleia Nacional angolana aprovou hoje, na generalidade, uma proposta de lei com alterações pontuais à actual lei do investimento privado, para permitir negociar incentivos, facilidades e demais direitos aos investidores de elevados montantes, sobretudo estrangeiros. A proposta de lei que altera a lei do investimento privado foi aprovada com 175 votos a favor do MPLA, da UNITA, da CASA-CE, do PRS e da FNLA, nenhum contra e sete abstenções, de deputados independentes. Na apresentação da proposta de lei, o secretário de Estado para a Economia e Planeamento, Mário Caetano…

Leia mais

Comam à vontade, aconselha João Lourenço

O Presidente angolano, João Lourenço, convidou hoje os investidores estrangeiros a examinar o leque de oportunidades de negócios no país nos sectores da agricultura e pecuária, indústria, pescas, transportes, construção e turismo. Podem, aliás, tomar conta do país desde que, é claro, o MPLA continue a ser quem manda… ou a julgar que manda. Por Orlando Castro (*) João Lourenço interveio hoje no Fórum sobre Investimento em Angola, organizado no âmbito da iniciativa anual britânica conhecida como “África Debate”, que contou com o envolvimento activo do Instituto para a Mudança…

Leia mais

Ditadura já tem rosto identitário

O sistema nunca esteve tão ostensiva e desavergonhadamente comprometido em “assassinar” a finada ditadura gourmet de Dos Santos, na convicta disposição de privatizar o Estado, a favor do capital estrangeiro e da pequena clique ligada ao MPLA. Por William Tonet A aposta é dar o ouro ao bandido, garantindo da parte deste uma faustosa renda, depositada no estrangeiro, e a manutenção de um Poder efémero e decorativo que desabará tão logo os novos colonizadores estrangeiros, por exemplo libaneses com nacionalidade americana, cortem os fios que fazem a marioneta parecer ter…

Leia mais

O maior cego é aquele que não quer ver

A corrupção está viva, muito activa e, desgraçadamente, já gastou mais dinheiro, nos últimos anos, quando o objectivo principal, segundo o novo presidente, era o de arrecadar, os milhões na posse dos corruptos do seu partido, a quem apelidou de marimbondos. Por William Tonet Agostinho Neto, que comemorará aniversário e surge como ídolo de uma parte dos angolanos do MPLA, não está imune as críticas de corrupção, no seu consulado, ao instituir as lojas do povo e as lojas dos dirigentes, tanto assim é que corre notícia, vinda da Suíça…

Leia mais

Soberania escancarada aos estrangeiros

Os sucessivos erros na política, tomados por agentes com responsabilidade pública, pagam-se caro, principalmente, quando depois de alcandorados ao topo da magistratura republicana, quer seja através de indicação ideológica, golpe militar, nomeação monárquica ou eleição, lesam, caprichosamente, terceiros de boa-fé (populações e povos). Por William Tonet U m alto dirigente político, comprometido com o país e a cidadania tem no ponteiro da sua bússola, um único objectivo de nobreza: implantar um verdadeiro projecto de sociedade, oposto aos vulgares, sarcásticos e sanguinários projectos de poder. Angola, o nosso belo e pujante…

Leia mais

(De)mentes brilhantes!

O ministro de Estado e chefe da Casa de Segurança do Presidente da República angolano, general Pedro Sebastião, disse hoje, em Luanda, que milhares de angolanos no exterior aguardam por regresso ao país, dos quais mais de 5.000 em Portugal. Pedro Sebastião respondia hoje na Assembleia Nacional à preocupação com angolanos que se encontram na Turquia, à espera de voo de regresso, levantada pelo deputado da CASA-CE, André Mendes de Carvalho “Miau”. Segundo Pedro Sebastião, um general que iniciou a sua carreira militar em 1973 no exército português, só em…

Leia mais

Somos tão pobres. Venham
a nós as vossas… doações!

As autoridades angolanas anunciaram hoje que, nos primeiros nove meses de 2019, registaram doações avaliadas em 4,7 milhões de dólares (4,2 milhões de euros), nomeadamente de bens alimentares e equipamentos, “destinados ao apoio institucional” e projectos das organizações não-governamentais. Nem mais. Lá continuam os pobres dos países ricos a ajudar os ricos dos países pobres (que se servem em vez de servirem). Segundo a directora geral do Instituto de Promoção e Coordenação de Ajuda às Comunidades (Iprocac), Anabela Sampaio, as doações são provenientes de organizações internacionais, agências das Nações Unidas,…

Leia mais