(MAIS) UM CRIME DO REGIME

O Sindicato de Pilotos das Linhas Aéreas (SPLA), o Sindicato do Pessoal Navegante de Cabine e o Bureau Sindical da TAAG, companhia aérea angolana, manifestaram-se hoje contra a manutenção em Angola de duas aeronaves e 53 tripulantes estrangeiros. Um comunicado das três organizações lamenta “o comportamento da administração da TAAG – Linhas Aéreas de Angola, SA que tem suprimido direitos adquiridos pelos colaboradores ao longo dos anos, não permitindo que possam beneficiar dos mesmos”. Os subscritores do documento sublinham que foram retirados direitos adquiridos, “que se podem considerar retaliatórios”, como…

Leia mais

TAAG NA RIBALTA DO VALE TUDO

Um avião que a África do Sul diz ter sido fretado pela companhia aérea angolana TAAG, mas que esta diz não ter ligação (contrariando a informação da Embaixada angolana), foi arrestado no Aeroporto Internacional da Cidade do Cabo, depois de ali ter aterrado sem a autorização. O arresto foi feito depois de o avião ter pousado, na sexta-feira, no aeroporto sem autorização obrigatória de operador estrangeiro (FOP), referiu o Ministério dos Transportes sul-africano, citado pelo jornal online Eyewitness. De acordo com a mesma fonte, o avião levava a bordo apenas…

Leia mais

700 MIL ESTRANGEIROS VIVEM EM PORTUGAL

A população estrangeira residente em Portugal aumentou em 2021 pelo sexto ano consecutivo, totalizando 698.887 cidadãos, mantendo-se a comunidade brasileira como a mais representativa e a que mais cresceu, revelou o SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras). Em 2020, angolanos (assim catalogados pelo governo do MPLA) eram 25.802. “Em 2021 verificou-se, assim, pelo sexto ano consecutivo, um acréscimo da população estrangeira residente, com um aumento de 5,6% face a 2020, totalizando 698.887 cidadãos estrangeiros titulares de autorização de residência, valor mais elevado registado pelo SEF, desde o seu surgimento em…

Leia mais

SÓ FALTA A RÚSSIA MANDAR O CHEQUE

O vice-presidente da Câmara Africana de Energia (CAE) em Angola, Verner Ayukegba, defende que a agricultura, a infra-estrutura logística, as telecomunicações e tecnologias, e o sector financeiro são os quatro sectores que deverão receber mais investimento externo. Vladimir Putin já garantiu que, depois de arrasar a Ucrânia, vai investir no reino do MPLA. Só impõe uma condição: Angola apoiar a agressão à Ucrânia. Simples! Num artigo publicado no site da CAE, uma organização destinada a captar investimento em África, principalmente na área energética, o vice-presidente em Luanda escreve que a…

Leia mais

KERO NAS MÃO DO GRUPO ERITREU ANSEBA

O Estado angolano assinou o contrato de exploração e gestão, por 10 anos, da rede de hiper e supermercados Kero com o grupo eritreu Anseba, informou hoje o Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (IGAPE). De acordo com uma nota do IGAPE, o contrato de cessão do direito de exploração e gestão da rede de hiper e supermercados Kero, que não dá a opção de compra durante a vigência do contrato, envolve 12 lojas, com 6.000 metros quadrados de área, das quais oito se situam em Luanda…

Leia mais

Nova era dos diamantes em… 2022

O ministro angolano dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, Diamantino Azevedo, reafirmou hoje que espera lançar a bolsa de diamantes de Angola, de forma experimental, no próximo ano, sublinhando que pretende cooperar neste domínio com empresários belgas. Em 26 de Março, o ministro já tinha dito o mesmo, apenas acrescentando “se as condições permitirem”, referindo que “a criação de uma bolsa não se faz apenas por decreto”. Hoje o ministro falava num encontro, em Luanda, com uma delegação de mais de 20 empresários belgas, associados ao Centro Mundial de Diamantes…

Leia mais

Alvos seleccionados e dedo no gatilho

João Lourenço, Presidente angolano, por sinal não nominalmente eleito, e também Presidente do MPLA e Titular do Poder Executivo, apelou no dia 29 de Outubro de 2020 aos jovens a “não se deixarem manipular” por aqueles que não têm condição de resolver os seus problemas em educação, saúde, habitação e emprego. Olhando para as fotos que publicamos e considerando que o MPLA “só” está no Poder há 45 anos, percebe-se tudo. João Lourenço discursava, na qualidade de líder do MPLA, partido no poder há 45 anos, na abertura da IV…

Leia mais

Cão, esse corrupto português

Território habitado já na Pré-história, como atestam vestígios encontrados nas regiões das Lundas, Congo e deserto do Namibe, apenas milhares de anos mais tarde, em plena proto-história, receberia povos mais organizados. Os primeiros a instalarem-se foram os bochimanes – grandes caçadores, de estatura pequena (pigmeus) e claros, de cor acastanhada. No início do século VI d.C., povos mais evoluídos, de cor negra, inseridos tecnologicamente na Idade dos Metais, empreenderam uma das maiores migrações da História. Eram os Bantu e vieram do norte, provavelmente da região da actual República dos Camarões.…

Leia mais

É (mais) fácil investir num país governado há 45 anos pelo mesmo partido

A Assembleia Nacional angolana aprovou hoje, na generalidade, uma proposta de lei com alterações pontuais à actual lei do investimento privado, para permitir negociar incentivos, facilidades e demais direitos aos investidores de elevados montantes, sobretudo estrangeiros. A proposta de lei que altera a lei do investimento privado foi aprovada com 175 votos a favor do MPLA, da UNITA, da CASA-CE, do PRS e da FNLA, nenhum contra e sete abstenções, de deputados independentes. Na apresentação da proposta de lei, o secretário de Estado para a Economia e Planeamento, Mário Caetano…

Leia mais

Comam à vontade, aconselha João Lourenço

O Presidente angolano, João Lourenço, convidou hoje os investidores estrangeiros a examinar o leque de oportunidades de negócios no país nos sectores da agricultura e pecuária, indústria, pescas, transportes, construção e turismo. Podem, aliás, tomar conta do país desde que, é claro, o MPLA continue a ser quem manda… ou a julgar que manda. Por Orlando Castro (*) João Lourenço interveio hoje no Fórum sobre Investimento em Angola, organizado no âmbito da iniciativa anual britânica conhecida como “África Debate”, que contou com o envolvimento activo do Instituto para a Mudança…

Leia mais