AS GALHARDIAS DO BASFOND

O subscritor (os autores são os que compraram o denunciante) da queixa-crime contra o presidente da UNITA que o MPLA destituiu, Rui Manuel Galhardo da Silva, insiste em reproduzir ordens que lhes chegam para dizer que Adalberto da Costa Júnior irá mesmo responder por tentativa de homicídio. Segundo as instruções recebidas, Rui Galhardo diz que isso acontecerá não por conta de uma acção da Procuradoria-Geral da República (PGR), mas por uma outra intentada pelos seus mentores (embora subscrita por ele) junto da Direcção Nacional de Investigação Penal (DNIAP), que a…

Leia mais

Pistoleiro do Cazenga

O ex-deputado da UNITA, David Mendes, acusou hoje o líder do maior partido da oposição que o MPLA ainda permite em Angola, Adalberto da Costa Júnior, de ser o financiador de campanhas de agitação realizadas nas redes sociais. Quando se nasce para ser lagartixa não adianta comprar um espelho de aumento. Nunca se chega a jacaré. Por Norberto Hossi (*) David Mendes falava em conferência de imprensa, na qual anunciou ter já remetido o pedido formal ao presidente da Assembleia Nacional para a sua saída do grupo parlamentar da UNITA,…

Leia mais

O poder do… umbigo

A UNITA diz “não estar surpreendida” com o posicionamento do deputado David Mendes, que anunciou abandonar o grupo parlamentar do partido, aceitando a sua desvinculação, mas contestando as “inverdades”. A UNITA, maior partido na oposição que o MPLA ainda permite em Angola, disse hoje “não estar surpreendida” (em bom rigor ninguém ficou surpreendido) com o posicionamento do deputado David Mendes, que no domingo anunciou abandonar o grupo parlamentar do partido, aceitando a sua desvinculação, mas contestando as “inverdades”. A palavra mais correcta seria “mentiras”, mas a Direcção da UNITA continua…

Leia mais

A caminho do… MPLA?

O deputado independente David Mendes, eleito nas listas da UNITA, anunciou a saída da bancada parlamentar do principal partido da oposição que o MPLA ainda permite em Angola, após ter sofrido ameaças de morte. Em declarações à TV Zimbo, David Mendes disse que amanhã, terça-feira (3.11) vai formalizar a sua saída da bancada parlamentar da UNITA, afirmando não haver “condições morais” para continuar no lugar. Será que, como aconteceu com muita boa gente, o MPLA vai abrir os braços (entre outros sinais de boas-vindas) a mais um (des)contente? “Eu não…

Leia mais

Saúde Lourenço

De acordo com o que escrevei aqui não há muito tempo – e confesso que não tenho orgulho nenhum (ou algum) nas minhas capacidades oraculares – os dias de tempestade viriam para JLo, e, com eles o seu desterro à mais indigente solidão, e terminei dizendo, que talvez só eu ou até algum companheiro do Folha 8 viéssemos a estender-lhe a mão. Por Brandão de Pinho Tal como Agostinho Neto foi desmascarado e de herói passou a besta negra graças à impagável e incessante campanha do Folha 8 que diligentemente…

Leia mais

Alarvidades provenientes do Parlamento

A filósofa alemã Hannah Arendt (n. 1906 – m. 1975), quando abordou os movimentos de unificação étnica anteriores à primeira grande guerra em seu livro “As origens do totalitarismo” destacou a pouca oposição aos governos da Rússia e Austro-Hungria, de tal modo que declarou mesmo, referindo-se à monarquia dos Habsburgos, que “o parlamento [existente] era pouco mais que uma associação de debates – e não muito inteligente”. Por Sedrick de Carvalho Sem transmissão das sessões parlamentares, desconhecemos o desempenho dos deputados angolanos à Assembleia Nacional, pelo que nos temos questionado…

Leia mais

A propósito da afirmação “Estou farto dos portugueses em Angola”

A política é como a madrasta fingida. As palavras proferidas pelo deputado à Assembleia Nacional, Dr. Manuel David Mendes, durante a discussão da proposta da Lei de Base das Privatizações tiveram um efeito de discórdia dentro da cúpula do partido do “Galo Negro”. Por Pedro Neto (*) Não é de surpreender a demarcação do maior partido da oposição. Era de se esperar. O deputado independente pela bancada da UNITA, ao declarar: “estar fartos dos Portugueses em Angola”, atingiu almas. Almas que não pretendem provocar outro “irritante” com os Tugas, porque…

Leia mais

O espelho (e os telhados)
do deputado David Mendes

Na quarta-feira, durante o debate que antecedeu a aprovação sobre a Lei de Repatriamento de Capitais, o advogado e fundador da associação Mãos Livres, David Mendes, deputado independente eleito nas listas da UNITA, resolveu fazer um bombástico e selectivo ataque aos portugueses. Não foi a alguns portugueses, não foi a alguns empresários portugueses, foi aos portugueses (“Estou farto dos portugueses em Angola”). Por Orlando Castro As declarações de David Mendes devem ser bem analisadas, porque desde logo não é um pé-descalço. É advogado e deputado. As suas declarações são iguais…

Leia mais

Igrejas, seitas, Cabinda?
Hum! Porrada “sagrada”

Cerca de 900 igrejas e seitas religiosas foram encerradas em Cabinda entre 6 de Novembro e 12 deste mês no quadro da “Operação Resgate” e da lei que regula o exercício da actividade religiosa. Certamente que, depois da afirmação do advogado e deputado da UNITA, David Mendes (“Estou farto dos portugueses em Angola”), as autoridades poderão fechar – em todo o país – todos os estabelecimentos ligados aos portugueses… Os números foram avançados pelo superintendente da polícia local, José da Mónica Falé, que procedia a um balanço da operação destinada…

Leia mais

Racismo de David Mendes fez mais pela destruição da UNITA do que o MPLA

A Direcção da UNITA demarcou-se hoje das declarações do deputado David Mendes, eleito pelo partido, que afirmou, na Assembleia Nacional, estar “farto dos portugueses em Angola”, classificando a afirmação como um “deslize”. Deslize? Ou será, antes, que a UNITA – lá bem no seu íntimo – concorda com estas declarações? “Acompanhámo-las [as declarações de David Mendes] e nós próprios ficamos muito surpreendidos com esta saída, que, naturalmente, não nos pode vincular, até porque não temos essa posição sobre Portugal ou sobre outra qualquer presença estrangeira em Angola. Creio que acabou…

Leia mais