Lusófonos poderiam ser… o futuro

Os nove países de expressão oficial portuguesa seriam a décima maior economia do mundo, valendo 1,8 biliões de dólares, ficando abaixo do Canadá e acima da Coreia do Sul, numa lista liderada pelos Estados Unidos da América.  De acordo com a base de dados do Fundo Monetário Internacional (FMI), a junção do Produto Interno Bruto (PIB) de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Equatorial, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste daria uma riqueza de 1,8 biliões de dólares, equivalente a cerca de 1,5 biliões de euros. Entre as…

Leia mais

No OGE o MPLA mostra o que é

Liberty Chiaka, líder do grupo parlamentar da UNITA, o maior partido da oposição que o MPLA ainda permite em Angola, disse hoje que votaram contra o Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2021, por várias insuficiências técnicas, omissões, entre outras questões, que o documento apresenta. Em conferência de imprensa, o grupo parlamentar da UNITA apresentou a sua visão sobre o OGE 2021 aprovado na segunda-feira pela Assembleia Nacional, com votos favoráveis do MPLA, partido no poder há 45 anos, e da representação parlamentar da FNLA, partido que está em vias…

Leia mais

O poder do… umbigo

A UNITA diz “não estar surpreendida” com o posicionamento do deputado David Mendes, que anunciou abandonar o grupo parlamentar do partido, aceitando a sua desvinculação, mas contestando as “inverdades”. A UNITA, maior partido na oposição que o MPLA ainda permite em Angola, disse hoje “não estar surpreendida” (em bom rigor ninguém ficou surpreendido) com o posicionamento do deputado David Mendes, que no domingo anunciou abandonar o grupo parlamentar do partido, aceitando a sua desvinculação, mas contestando as “inverdades”. A palavra mais correcta seria “mentiras”, mas a Direcção da UNITA continua…

Leia mais

“Gado” e explosão social

Em determinadas fases da vida de uma sanzala, bwala, região ou país, as dificuldades levam os seus líderes a recorrer à sapiência dos adágios e provérbios, para contornarem as intempéries e não apontarem culpas da fraca produção e fome ao passado. “Proteger limpa a água do rio é sinal de preservação da vida”, provérbio indígena, angolano, que atesta a responsabilidade do Mwene (soba-chefe tradicional; chefe da comunidade), na protecção da comunidade, animais e florestas. Por William Tonet Nas quezílias que Angola está a viver, principalmente entre o antigo e o…

Leia mais

Lusofonia? O que é isso?

Ao contrário do que fazem franceses e ingleses, os portugueses têm por hábito deixar para depois de amanhã o que deveriam ter feito ontem. Não existe uma conjugação estratégica de objectivos. Cada um rema para o seu lado e, é claro, assim o barco comum (a Lusofonia) não chega a nenhum porto. Há projectos sobrepostos, e muitas áreas onde ninguém chega. Ninguém não é verdade. Chegam os amigos dos donos do poder, ou sejam os do PS e do PSD em Portugal, do MPLA em Angola, da FRELIMO em Moçambique,…

Leia mais

Onde param os portugueses africanos?

Até há pouco tempo, os portugueses europeus eram uma espécie em franco crescimento. Agora, pela mão da “sociedade” mais ou menos anónima, de Cavaco, Coelho & Portas, as coisas mudaram. Mudaram, não de forma sincera e honesta, mas mudaram. Por Orlando Castro Q ualquer homenagem, em Portugal, a José Eduardo dos Santos, presidente da Angola há 36 anos sem nunca ter sido nominalmente eleito, e presidente do MPLA, partido que “governa” o país desde 1975, não terá dificuldade em juntar quase 100% do Produto Interno Bruto de Angola (para isso…

Leia mais