Jornalistas sim, jornaleiros não!

O Governo do MPLA, que está no poder em Angola há pouco tempo (apenas há… 45 anos), lançou hoje a consulta pública, durante um mês, de dois anteprojectos legislativos, para adequação do pacote legislativo da Comunicação Social ao contexto actual e aos novos desafios que se colocam ao sector (cuja esmagadora maioria está na mão do Estado/MPLA) e aos jornalistas, uma espécie quase em vias de extinção. Trata-se da proposta de Lei das Rádios Comunitárias e da proposta de Lei das Sondagens e Inquéritos de Opinião, e que vêm complementar…

Leia mais

Angola é do MPLA

A Procuradoria-Geral da República do MPLA (PGR) anunciou esta sexta-feira, em Luanda, que a TV Palanca, Rádio Global e Agência de Produção de Programas de Áudio e Visual foram entregues ao Estado angolano. Por alguma razão, a velha máxima do partido que está no Poder há 45 anos sofreu com a chegada de João Lourenço uma alteração. Passou a ser “O MPLA é Angola e Angola é DO MPLA». Em comunicado, a PGR refere que o Serviço Nacional de Recuperação de Activos entregou hoje a empresa Interactive Empreendimentos Multimédia, Lda.,…

Leia mais

MPLA promete abrir portas onde nem existem paredes!

O ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, acompanhado pelo ex-ministro da Comunicação Social, agora secretário de Estado, Nuno “Carnaval”, diz que o Governo está a estudar o tipo de apoio a prestar ao sector da comunicação social do país, particularmente o privado. O MPLA aposta forte em fornecer toneladas de antibióticos depois de constatar que o doente já morreu… Manuel Homem informou, após uma visita que efectuou à Rádio Tocoista, Rádio Mais, Rádio Movimento Frequência Modelado (MFM), Jornal “O pais”, e à TV Zimbo,…

Leia mais

Carnaval do MPLA estagia e “actua” na capital colonial

O ministro da Comunicação Social de Angola, Nuno Caldas Albino “Carnaval”, afirmou hoje à Lusa que o Governo angolano está a estender aos media um “paradigma de transparência” que permite maior democracia no acesso de todos os sectores da sociedade. O anterior ministro, João Melo, está com as orelhas a arder, mas é preciso ter calma. Carnaval é sempre que o MPLA quer e, para azar dos angolanos, quer que seja quase todos os dias. “Não podemos dizer que não ocorra um outro constrangimento em relação a um ou outro…

Leia mais

Carnaval todo o ano

O ministro da Comunicação Social, Nuno Albino “Carnaval”, anunciou, em Luanda, que o sector está a negociar com o Ministério das Finanças para a atribuição de verbas para o processo de instalação da Comissão da Carteira e Ética dos Jornalistas. Nuno Albino, que respondia às preocupações dos deputados em relação às prioridades da comunicação social, durante a (suposta) discussão da Proposta de Lei de Orçamento Geral do Estado para o próximo ano, sublinhou que, no período em que se trabalhou na elaboração da proposta de OGE para 2020, ainda não…

Leia mais

Ora então, siga a farra!

O ministro da Comunicação Social, Nuno dos Anjos Caldas Albino “Nuno Carnaval”, reiterou hoje, em Luanda, a contínua modernização dos órgãos públicos, processo que teve início com a entrada do novo governo há dois anos. Na sua tomada de posse, João Lourenço defendeu a necessidade de se manter e aprofundar o exercício da liberdade de expressão e de imprensa, alcançada nos últimos anos. Na sua intervenção durante a passagem de pastas, o novo ministro referiu-se à continuidade da expansão do sinal da RNA em vários pontos do país, a melhoria…

Leia mais

Carnaval (seja onde for) é sempre que o MPLA quiser!

O Presidente da República, João Lourenço, nomeou hoje Nuno dos Anjos Caldas Albino “Nuno Carnaval” ministro da Comunicação Social, em substituição de Aníbal João da Silva Melo, exonerado na mesma data. “Nuno Carnaval” é deputado do MPLA (partido no poder desde 1975) é licenciado em gestão de empresas e presidente da 7ª comissão parlamentar (Cultura, Assuntos Religiosos, Comunicação Social, Juventude e Desportos). Foi apaniguado de José Eduardo dos Santos e terá descoberto que os jornais diários se publicam todos os… dias. Segundo uma nota da Casa Civil da Presidência da…

Leia mais

O perfume podre da demagogia

Agora o jornal da Angola do MPLA e os outros órgãos de informação oficial ao serviço do MPLA já se preocupam com a avaliação negativa do jornalismo que praticam mas insistem em repetir, teimosamente, os erros do passado, perfumando-os com muita demagogia para tentarem ludibriar o público que pretendem ser o seu alvo principal na manipulação de mentalidades? Por Domingos Kambunji Q ual é a admiração? Estes moços de recados ao serviço do governo do MPLA são comandados pelas ordens superiores de João Melo, o Ministro que foi muito obediente…

Leia mais

“Conteúdos patrocinados”
e jornalismo são opostos!

Comissão da Carteira Profissional de Jornalista (CCPJ) de Portugal emitiu uma recomendação sobre “conteúdos patrocinados” que os jornalistas angolanos, bem como as entidades ligadas ao sector, devem levar em conta se, de facto, quiserem dignificar esta actividade profissional. A CCPJ é um organismo independente de direito público ao qual incumbe assegurar o funcionamento do sistema de acreditação profissional dos jornalistas, equiparados a jornalistas, correspondentes e colaboradores da área informativa dos órgãos de comunicação social, bem como o cumprimento dos respectivos deveres profissionais. A CCPJ é composta por oito elementos com…

Leia mais

Mais uma lição de Cabo Verde aos génios do MPLA

O Governo cabo-verdiano vai atribuir o estatuto de utilidade pública aos órgãos de comunicação social privados, o que vai implicar perdão fiscal e o não pagamento de impostos durante cinco anos, anunciou, esta terça-feira, o ministro da tutela. Segundo o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, a medida, que ainda será aprovada em Conselho de Ministros, pretende “desafogar” os órgãos privados com a descontinuidade do pagamento de dívidas ao Estado e o investimento do valor do perdão fiscal na própria empresa. “São duas propostas que resultam de…

Leia mais