Só vêem o que o patrão manda

A Procuradoria-Geral da República angolana referiu hoje que em Agosto não existia em Angola nenhum processo contra o empresário angolano Carlos São Vicente, genro do único herói nacional do MPLA, Agostinho Neto, quando as autoridades judiciais suíças solicitaram auxílio judicial para as investigações que decorriam naquele país. Numa comunicação divulgada hoje à imprensa, o porta-voz da Procuradoria-Geral da República, Álvaro João, confirma a autenticidade de uma carta daquele órgão judicial, em reposta a uma missiva rogatória das autoridades judiciais suíças. Segundo Álvaro João, a mesma data de Agosto passado e…

Leia mais

Irene fala de massacre?

Irene Neto, filha do primeiro presidente angolano, Agostinho Neto, e mulher do empresário Carlos São Vicente, afirma-se vítima de um “massacre judicial e mediático” e apelou à libertação do marido, que disse estar “preso injustamente”. Será que, como habitualmente, vai acusar o Folha 8 e fazer queixa à ERCA? Em comunicado, a médica, também membro do Bureau Político do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA, no poder há 45 anos) lamenta a falta de solidariedade dos camaradas de partido, sobretudo – calculamos – daqueles que ajudaram o seu pai…

Leia mais

Irene Neto com contas congeladas e apreensão de bens

A Procuradoria-Geral da República (PGR) de Angola ordenou o congelamento de contas e apreensão de bens de Irene Neto, filha do primeiro presidente angolano, Agostinho Neto, que ontem (como todos anos) foi celebrado como herói nacional (segundo o MPLA). A notícia foi avançada pelo jornal Expresso que dá conta que a decisão está relacionada com a investigação de vários crimes no processo da seguradora AAA, da Sonangol, onde o marido de Irene Neto, o empresário Carlos São Vicente foi presidente. Uma fonte judicial adiantou entretanto que foram também enviadas cartas…

Leia mais

Bens de Carlos São Vicente engordam pecúlio do Estado

A Procuradoria-Geral da República (PGR) angolana ordenou a apreensão de vários edifícios do grupo AAA, pertencente ao empresário Carlos São Vicente, genro de Agostinho Neto, que está a ser investigado na Suíça, por suspeitas de peculato e branqueamento de capitais. A Fundação António Agostinho Neto irá mover um processo-crime contra a PGR (eventualmente pedindo o seu fecho) e apresentar queixa à ERCA? Segundo um comunicado do Serviço Nacional de Recuperação de Activos da PGR foram apreendidos os edifícios AAA, os hotéis IU e IKA, localizados em todo o território nacional…

Leia mais

Suíça congela 900 milhões de Carlos São Vicente

A Justiça suíça decidiu manter congelados 900 milhões de dólares da conta do empresário angolano Carlos São Vicente, por suspeitas de lavagem de dinheiro, noticiou um blogue que acompanha questões judiciais na Suíça, respaldando o que o Folha 8 escreveu no passado dia 29. A notícia do reputado blog judicial suíço Gotham City cita o despacho do Ministério Público da Suíça, e tem sido replicada por vários órgãos de comunicação social e pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ, na sigla em inglês), que divulgou o próprio documento judicial…

Leia mais