Em breve Angola irá sinalizar Portugal

O secretário de Estado para a Saúde Pública de Angola, Franco Mufinda, garantiu que Portugal não integra a lista de Estados sinalizados pelo executivo angolano devido ao surto do novo Coronavírus (Covid-19), mas admite que é algo que pode mudar se os casos portugueses aumentarem. E como é certo que vão aumentar… “N esta fase, construímos, no âmbito da prevenção, linhas com restrição de alguns países, que são quatro: Irão, Coreia do Sul, Itália e China, com um critério único, que era a falha na contenção dos casos”, começou por…

Leia mais

Pobreza no meio (do Povo), exuberância nos extremos

O Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê um crescimento económico negativo (recessão) de 0,3% do Produto Interno Bruto para Angola este ano, antecipando depois uma expansão de 1,2% em 2020 e uma aceleração para 3,8% em 2024. Como é óbvio, em dois anos o Presidente dos angolanos do MPLA, João Lourenço, não poderia fazer mais… De acordo com o relatório sobre as Perspectivas Económicas Mundiais, divulgado hoje em Washington, os peritos do FMI afirmam que “a economia de Angola, por causa do declínio na produção petrolífera, deve contrair-se este ano e…

Leia mais

Novo (+ ou -) artista
para o mesmo semba

O Presidente angolano, João Lourenço, perspectivou hoje aumentos nas tarifas de electricidade e na água, com a progressiva retirada dos subsídios estatais, e alertou que “não é vergonha nenhuma” que cidadãos nacionais assumam ter fortunas no exterior, desde que sejam repatriadas. João Lourenço discursava hoje na Assembleia Nacional, em Luanda, no âmbito da discussão e votação na generalidade da proposta de lei do Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2018, a primeira vez que um chefe de Estado vai ao Parlamento para participar no debate, deslocação que não estava inicialmente…

Leia mais

Regime trata deputados como se fossem criminosos

O Presidente do MPLA profere o anual discurso sobre o Estado da (sua) Nação na segunda-feira, 17 de Outubro, na sede da Assembleia que deveria ser, mas não é, Nacional. Assim começará a quinta sessão legislativa da III legislatura reinante. Desta vez existe mais uma das inovações típicas do regime, não tendo sido possível ao Folha 8 descobrir se a perspicácia dos acólitos do MPLA é original ou uma mera cópia do que é praticado nas mais avançadas democracias do mundo e que, como se sabe, são uma bússola para…

Leia mais

Cinto (bem) apertado para (é claro!) os mesmos de sempre

O Orçamento Geral do Estado (OGE) angolano para 2016 vai manter, do ponto de vista oficial, limites “apertados” na despesa, tendo em conta que a cotação internacional do barril de petróleo continua em baixa, divulgou hoje o Ministério das Finanças. A informação, que cita a Directora Nacional do Orçamento do Estado, Aia-Eza da Silva, acrescenta que o OGE de 2016 já está em preparação, em conjunto com os gestores públicos, e que não se perspectiva “um maior nível de receitas”, num contexto em que as que são oriundas do petróleo…

Leia mais