Dia de Portugal (europeu)

A embaixada portuguesa em Angola vai oferecer, quarta-feira, às autoridades angolanas, uma quantidade de equipamento de protecção individual sanitário e medicamentos, no âmbito da comemoração do Dia de Portugal. Agradecemos. Numa altura em que as balas (versão brasileira para rebuçados) estão a matar… é simpático. Segundo uma nota da Embaixada portuguesa, a entrega do material é uma “expressão da gratidão dos portugueses face ao país que tão bem os acolhe”. Em bom rigor, acolhe tão bem os estrangeiros. Mas essa é outra história. O acto simbólico, que terá lugar na…

Leia mais

“Eu e a primeira-dama”

“Bem-vindo, senhor Presidente”, saudou o Santo Padre, em português. “Muito obrigado. É uma grande honra para mim”, respondeu o Chefe de Estado angolano, num longo e fraternal aperto de mãos. Quase fez lembrar o que se passara com o seu antecessor, José Eduardo dos Santos. Em declarações à Rádio Vaticano, o Chefe de Estado angolano disse que a conversa foi em torno da cooperação entre ambos os países, tendo informado ao Papa Francisco que Angola, sendo um Estado laico, promove a sã convivência entre as várias religiões. “Falamos de Angola,…

Leia mais

“Europa não pode trocar dinheiro por dignidade”

O cabeça-de-lista do partido português Nós, Cidadãos! às eleições europeias, Paulo Morais, acusa (com toda a razão) as televisões portuguesas de não darem a mesma atenção a todos os partidos, apesar de as expectativas da campanha estarem a ser “superadas”. Contactado pelo Folha 8, perguntou: “Pode (a Europa) aceitar negociar com países, como Angola, onde as populações não vêem reconhecidos os mais básicos direitos humanos? Pode ajudar, por essa via, a enriquecer uma elite cada vez mais corrupta e cada vez mais desumana? E respondeu: “Não”. “A s televisões estão…

Leia mais

Portugal e Angola

Pelos meus minúsculos conhecimentos entendo que toda amizade deve ser baseada numa óptica de mutualidade e reciprocidade e não na rivalidade e conflitualidade permanente. Portugal e Angola falam, mas não conversam. Ser amigo de alguém não significa concordar com tudo que ele diz e pensa. Por Malundo Kudiqueba (*) Não defendo a unanimidade ou uniformidade de pensamento como condição para ser amigo de alguém. Dizem que Portugal e Angola são países irmãos, mas não vejo irmandade. Portugal e Angola têm uma amizade baseada em interesses, e toda amizade baseada em…

Leia mais

Amigos descartáveis

Faltam poucos dias para conhecermos um novo ano. Se eu tiver que fazer uma análise política daquilo que foi o ano de 2018 para a República de Angola, começarei por dizer que, este país, para além de vários problemas sociais internos, perdeu a capacidade de consolidar as suas amizades com os países irmãos e amigos acolhedores de longa data, com destaque a República Democrática do Congo (RDC). Por João Kanda Bernardo Em Outubro do ano em curso, quando Angola celebrava 40 anos dos acordos de boa vizinhança com a RDC,…

Leia mais

A melhoria das “ralações”

Nós nunca tivemos problemas de “ralações” bilaterais, com os portugueses, os angolanos ou com outros “eses” e “anos”, para termos necessidade de apaziguar e mudar comportamentos e atitudes. Também temos a certeza de que os angolanos e os portugueses de bom senso não tiveram problemas de “ralações” depois de reconhecida a dependência de Angola do MPLA, sem reconhecerem os cambalachos. Por Domingos Kambunji O que sabemos é que, muito recentemente, os que pensam ser donos das mentalidades, manipuladores de opiniões, em Angola e em Portugal, envolveram-se em grandes makas, especialmente…

Leia mais

Um passo histórico para portugueses e angolanos

Um forte dispositivo de segurança marcou a chegada do Presidente João Lourenço a Lisboa, onde hoje inicia a sua primeira visita de Estado a Portugal. António Costa considera que a visita do Presidente completa “um ciclo de normalização das relações” e Marcelo Rebelo de Sousa espera que Portugal e Angola estejam à altura do “desafio histórico”. A chegada do chefe de Estado ao hotel no centro da capital portuguesa, onde ficará hospedado até domingo, ficou marcada por um forte aparato de segurança junto do estabelecimento e que envolveu duas dezenas…

Leia mais

Sim, patrão; 是的,老板

A visita oficial à China feita pelo Presidente angolano, João Lourenço, saldou-se na assinatura de 138 contratos e garantias de empréstimo de 2.300 milhões de dólares (2.000 milhões de euros). Êxito total, diz o Governo. Será? Perguntam os mais cépticos. E a comida quando é que chega? Questionamos 20 milhões de pobres. Num encontro com o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, o Presidente da República, “acompanhado” pelo Presidente do MPLA e do Titular do Poder Executivo, prometeu que os financiamentos obtidos, bem como os que vier a contratar (sim, este é…

Leia mais

Juízo emérito e universal
dá medalha de ouro a JLo

O chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou partilhar “o juízo universal” sobre o primeiro ano de João Lourenço como Presidente de Angola, “um juízo que sublinha o dinamismo, a energia, a imaginação” com que tem actuado. Reconheça-se, desde logo, que a universalidade de Marcelo Rebelo de Sousa é tão íntegra e credível que, recorde-se, o levou a felicitar João Lourenço como Presidente de Angola mesmo antes da divulgação oficial dos resultados eleitorais. Em declarações aos jornalistas, no final de uma reunião informal da Comunidade dos Países de…

Leia mais

Divórcio foi só temporário

O Jornal de Angola, órgão do MPLA, dedicou hoje um editorial em que destaca a “nova era” nas relações com Portugal, depois de um passado com um “divórcio temporário” que serviu para evidenciar “mais as desvantagens que as vantagens do distanciamento”. A provar a reconciliação, o Presidente João Lourenço afirmou hoje que os investimentos directos portugueses em todos os sectores em Angola são “bem-vindos” e que Portugal pode assumir um papel relevante no desenvolvimento dos dois países. Intitulado “As Relações Portugal-Angola”, o editorial refere que, embora na actualidade os laços…

Leia mais