Para quê perder tempo com julgamentos?

Em entrevista ao jornal português Público, hoje publicada, o líder da oposição que o MPLA ainda permite que exista em Angola, garante que recorrerá aos tribunais internacionais se João Lourenço e o MPLA, por “manipulação” do Tribunal Constitucional, o tirarem da presidência da UNITA. Adalberto da Costa Júnior fala de um “gabinete de acção psicológica” pago pelo Estado ao serviço do actual Presidente. “Estes são bem piores que o anterior Presidente, José Eduardo dos Santos”, é o título escolhido pelo jornal. Será preciso dizer mais alguma coisa? Revisitemos o texto…

Leia mais

Razão sem força é jacaré sem dentes

Adalberto da Costa Júnior, líder da UNITA, maior partido da oposição que o MPLA está farto de permitir, reuniu-se com a cúpula de dirigentes da organização política, para reflectir sobre as eleições de 2022 (se acontecerem) e o (mau) estado da democracia no país. Segundo uma nota distribuída hoje, Adalberto da Costa Júnior abordou, com os altos dirigentes da formação política, questões da vida interna do partido, “assim como das incidências dos interesses da comunidade internacional sobre os vários domínios da vida do país”. No “encontro de reflexão” estiveram presentes,…

Leia mais

Presidente “ordena” mobilização geral contra a UNITA

A UNITA, o maior partido da oposição que o MPLA (ainda e por enquanto) permite, acusou hoje o MPLA, no poder há quase 46 anos e que reconhece que aceitou a democracia porque esta “lhe foi imposta”, de “subverter a lei visando perpetuar-se no poder”, reiterando a legalidade da eleição do seu líder, Adalberto da Costa Júnior. Recorde-se que no MPLA não há eleições para escolher o seu líder. “O Secretariado Executivo do Comité Permanente da Comissão Política da UNITA acompanha com bastante atenção e preocupação os últimos desenvolvimentos da…

Leia mais

Derrota eleitoral, guerra à vista

João Lourenço, Presidente angolano, por sinal não nominalmente eleito, e também Presidente do MPLA e Titular do Poder Executivo, apelou no dia 29 de Outubro de 2020 aos jovens para “não se deixarem manipular” por aqueles que não têm condição de resolver os seus problemas em educação, saúde, habitação e emprego. Os jovens não alinharam. Então, para grandes males (possível derrota eleitoral) grandes remédios (guerra, por enquanto jurídica, contra o Presidente da UNITA). Por Orlando Castro João Lourenço discursava, na qualidade de líder do MPLA, partido no poder há quase…

Leia mais

Adalberto e Chivuku “aterrorizam” Lourenço

Um projecto país, nunca como agora, se impõe, como necessidade primária para a materialização do verdadeiro sonho de mulheres e homens habitantes deste torrão, carentes de uma independência imaterial. A independência material entregue pela potência colonial, em 1975, a uma só identidade ideológica (excluindo as demais e cidadania), “ab initio” adversa ao pluralismo e a democracia participativa, causadora, justa ou injustamente, de todos os conflitos. Por William Tonet Hoje, a descrença é tão grande no modelo de governação de Estado, liderado pelo MPLA, que os cidadãos clamam por uma nova…

Leia mais

Angolanos precisam e merecem

Eis o texto integral da declaração política dos responsáveis pela “Ampla Frente Patriótica para a Alternância”, Adalberto da Costa Júnior, Presidente da UNITA; Abel Epalanga Chivukuvuku, Coordenador do Projecto Pra Já Angola e Filomeno Vieira Lopes, Presidente do Bloco Democrático: «Na sequência de mais um período de concertação para a mudança, os proponentes da AMPLA FRENTE PATRIÓTICA para ALTERNÂNCIA – enquanto conjugação do esforço patriótico para concretizar a alternância democrática em Angola- vêm manifestar a sua profunda preocupação pela degradação progressiva da crise que assola o País, ante a incapacidade…

Leia mais

“Bullying” racista e xenófobo

A UNITA, o maior partido da oposição que o MPLA (ainda) permite em Angla, assegurou hoje que o seu presidente, Adalberto da Costa Júnior, detinha apenas a “nacionalidade angolana originária” aquando da sua eleição e investidura, em 2019, considerando a impugnação do acto como “uma maquinação política e eleitoralista”. Segundo o Secretariado Executivo do Comité Permanente da Comissão Política da UNITA, o processo de impugnação que corre no Tribunal Constitucional (TC), sucursal (ainda) do MPLA, “já não busca a tutela jurisdicional da legalidade”. A eleição de Adalberto da Costa Júnior,…

Leia mais

ACJ “merece estima e apreço dos angolanos”

O Adalberto está na moda e o “da Costa Júnior” também, face ao seu carácter reconciliador e de coerência, que metem medo ao seu principal adversário. Quem o ouve, quem o lê, sente estar diante de um homem equilibrado e só mesmo um grande sacana, safado, mal educado e invejoso pode odiar um homem com a grandeza da sua estrutura ética e moral, moldada muito antes de se ter tornado presidente da UNITA ou militante deste partido. Por Fernando Vumby (*) Conheço-o desde os tempos de estudante na cidade invicta…

Leia mais

Nacionalidade, raça, cor e…

O antigo primeiro-ministro de Angola, Marcolino Moco, manifestou-se hoje contra o que classificou como “bullying” racista e xenófobo” à volta do líder da UNITA, Adalberto da Costa Júnior, nos últimos dias no país. Marcolino Moco protestou, na sua conta do Facebook, “contra o regresso (ou nunca chegou a ir-se embora?) da política de desqualificação gratuita de ‘outras’ figuras e ou organizações políticas, pela via mais baixa possível”. Para o ex-secretário-geral do MPLA, ouvir ou insinuar-se que o líder da UNITA, maior partido da oposição que o MPLA ainda permite em…

Leia mais

Está na hora, Adalberto!

Adalberto da Costa Júnior, no primeiro encontro enquanto líder da UNITA com o Presidente angolano, João Lourenço, pediu a devolução do património do seu partido, “nunca cumprida”, e que estava prevista nos acordos de paz (rendição). “Foi uma boa conversa, uma conversa aberta a que esperamos dar continuidade futura no sentido de criarmos confiança e diálogo, mesmo quando possa haver leituras divergentes, para que tenhamos oportunidade de encontrar momentos de aproximação”, disse Adalberto da Costa Júnior, após a longa audiência de cerca de hora e meia na Cidade Alta, em…

Leia mais