No reino de Obiang, 90 anos
de prisão. Parabéns à… CPLP

A Guiné Equatorial condenou a penas de prisão até 90 anos quatro opositores detidos no ano passado no Sudão do Sul por suposta associação com uma alegada tentativa de golpe de estado em 2017, segundo informação oficial. Os condenados são Martin Obiang Ondo (advogado), Bienvenido Ndong Ondo (empresário) e Feliciano Efa Mangue (soldado do exército espanhol), sentenciados a 90 anos de cadeia, além de Julio Obama Mefuman (ex-cabo do exército espanhol), a quem foi decretada uma pena de 60 anos de cadeia, segundo a sentença do Tribunal Militar, divulgada pelos…

Leia mais

Como ontem, urge bajular
os que hoje estão no Poder

O ex-Presidente cabo-verdiano, Pedro Pires, considera que Angola permanece em transição, com a liderança de João Lourenço e as reformas iniciadas, e lamentou que a “moda” de contestar resultados eleitorais em África tenha chegado a Moçambique. Pelo menos em matéria de fraudes eleitorais ele sabe do que fala… A posição foi assumida pelo antigo chefe de Estado cabo-verdiano (2001 a 2011) em entrevista à Lusa a propósito do último “Relatório sobre a Governação Africana da Fundação Mo Ibrahim”, instituição que lhe atribuiu (imerecidamente) o Prémio de boa governação em 2011.…

Leia mais

Desilusão Marcelista ou a primavera que não floriu

Senhoras e senhores, neste ambiente de língua portuguesa (que podia ser a castelhana, a francesa, a inglesa e, quem sabe, um dia, a língua chinesa) eu tenho o direito, o privilégio, o prazer e o condão de vos comunicar que está aberto e declarado o combate, em meu nome expresso, e por todos aqueles que, por enquanto permanecem no silêncio, pela dignidade e respeito pelas gentes do Império Emisferiano das culturas latinas, asiáticas, africanas, ameríndias e oceânicas, pela protecção, amadurecimento, desenvolvimento e expansão das suas características e dos seus interesses…

Leia mais

Lourenço e Obiang juntos
na cimeira da “coisa” (CPLP)

Sete chefes de Estado (incluindo João Lourenço) além do anfitrião Cabo Verde, já confirmaram a presença na cimeira da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), agendada para Julho, na ilha do Sal, segundo informação da Presidência cabo-verdiana. Umas férias são sempre agradáveis. Quanto à CPLP propriamente dita, continua a ser um fossa. Marcelo Rebelo de Sousa, de Portugal, João Lourenço, de Angola, Michel Temer, do Brasil, José Mário Vaz, da Guiné-Bissau, Teodoro Obiang, da Guiné Equatorial, Filipe Nyusi, de Moçambique, e Evaristo Carvalho, de São Tomé e Príncipe, são…

Leia mais

Parabéns à CPLP!

A CPLP está de parabéns. O Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang, foi reconduzido na direcção do Partido Democrático da Guiné Equatorial (PDGE) para cumprir um mandato com “duração indeterminada”, por ocasião do 6º congresso ordinário desta formação partidária. Por Orlando Castro “O presidente fundador do PDGE, Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, é o presidente do PDGE por uma duração indeterminada”, declarou o secretário-geral do partido, Jerónimo Osa Osa Ecoro, ao ler uma das resoluções do congresso na televisão nacional. A reunião partidária, que se realizou na capital económica do país,…

Leia mais

São mestres. Tudo os une
e (é claro!) nada os separa

A Human Rights Watch (HRW) disse hoje num relatório que tem provas de corrupção na família do Presidente da Guiné Equatorial e salienta que o país tem pouco tempo para usar o dinheiro do petróleo para combater a pobreza. Corrupção? Reconheça-se que Teodoro Obiang Nguema Mbasogo está, contudo, abaixo do nível do seu homólogo e amigo José Eduardo dos Santos… “A HRW encontrou provas de que os principais dirigentes do Governo têm interesses em empresas públicas que recebem contratos de construção, incluindo o Presidente e a sua família”, lê-se no…

Leia mais

Um (enorme) equívoco chamado Pedro Pires

O presidente da Fundação Mo Ibrahim apontou, em Marrocos, o antigo Presidente cabo-verdiano, Pedro Pires, como “um herói” e um exemplo para outros líderes africanos pelo seu papel na introdução da democracia no seu país. No melhor pano cai a nódoa. Mo Ibrahim está (muito) mal informado. “O problema com África é que não conhece os seus heróis, só conhece os maus líderes, os criminosos”, afirmou Mo Ibrahim, que intervinha no arranque do “Fim de Semana da Governação Ibrahim”, que decorre até domingo em Marraquexe. Na sessão deste ano, estão…

Leia mais

Siga a pena de morte

O reino esclavagista de Teodoro Obiang, também conhecido por Guiné Equatorial, acaba de passar um (mais um) monumental atestado de estupidez aos restantes membros da Comunidade de Países de Língua (mais ou menos) Portuguesa – CPLP. Tudo normal, portanto. De cócoras, cantando e rindo, eles lá vão… levados, levados sim! Por Orlando Castro Assim o reino de Obiang (amigo íntimo de José Eduardo dos Santos) diz que está disposto a abolir “imediatamente” a pena de morte mas só quando for encontrado um “modelo adequado” que tenha em conta o contexto…

Leia mais

Obiang envergonha a CPLP

O antigo embaixador do Brasil junto da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Lauro Moreira, considerou que a entrada da Guiné Equatorial no bloco lusófono é uma questão que envergonha a organização. “É uma vergonha. Se não fossem suficientes os problemas que nós temos internamente, agora temos um problema que é pavoroso, porque é uma questão que envergonha a CPLP”, afirmou à agência Lusa Lauro Moreira, que é presidente do Conselho Directivo do Observatório da Língua Portuguesa (OLP). Para o antigo embaixador brasileiro junto da CPLP (2006-2010), o bloco…

Leia mais

CPLP, ONU e… Obiang

O futuro secretário-geral da ONU, António Guterres, disse confiar que a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) poderá desempenhar “um papel positivo” quanto à pena de morte, em relação à qual a Guiné Equatorial impôs uma moratória. Por Norberto Hossi “Apena de morte está espalhada em todos os continentes ainda, infelizmente. Mas tenho confiança que a CPLP possa desempenhar um papel positivo neste domínio”, defendeu o próximo responsável da Organização das Nações Unidas, em declarações aos jornalistas, em Brasília, antes de ser recebido pelo Presidente brasileiro, Michel Temer, no…

Leia mais