Acordos, memorandos mas
o dedo sempre no… gatilho

Os Presidentes do Uganda, Yoweri Museveni, e do Ruanda, Paul Kagamé, assinaram esta quarta-feira, na capital angolana, o Memorando de Entendimento de Luanda, que coloca fim a acusações mútuas entre os dois países. Ver para crer… até quando, como de costume. Isto porque, por exemplo, Darfur foi… ontem! O acto de assinatura do documento ocorreu durante uma cimeira quadripartida, em que participaram além dos dois Presidentes, os chefes de Estado de Angola, João Lourenço, da República Democrática do Congo (RD Congo), Félix Tshissekedi, e da República do Congo, Denis Sassou…

Leia mais

Serviços públicos fortes
geram governação sólida

O relatório “Fórum Ibrahim de 2018: Serviço Público em África” servirá de base para o debate do Fórum Ibrahim de 2018, a ocorrer em Kigali, Ruanda, no sábado, 28 de Abril. O Fórum irá concentrar-se no Serviço Público em África, a sua relação essencial com a boa governação e liderança eficaz, novos desafios e actuais deficiências, formas e meios de o fortalecer e de o tornar apelativo para a geração seguinte. Mo Ibrahim, Presidente da Fundação Mo Ibrahim, dz: “O serviço público é o pilar da governação. Sem serviços públicos…

Leia mais

Para quando um TPI para
os fabricantes de armas?

Sidiki Kaba, presidente da Assembleia dos Estados parte do Estatuto de Roma, tratado fundador do Tribunal Penal Internacional (TPI), apelou à África do Sul e ao Burundi para reconsiderarem as suas decisões de retirada daquela instância. Hipocrisia ao seu mais alto nível. Por Orlando Castro Em síntese dir-se-ia que o Ocidente vende as armas, os africanos matam-se e o TPI condena os… africanos! Enquanto existir carne negra para morrer e riquezas para roubar, os países ditos civilizados lá estarão prontos para vender arsenais em nome da… justiça. O antigo Presidente…

Leia mais

Xeque-mate aos rebeldes

Xeque-mate aos rebeldes - Folha 8

O Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, participa hoje em Kinshasa numa cimeira para analisar a instabilidade na República Democrática do Congo (RDC), em que além do anfitrião, Joseph Kabila, participa o seu homólogo sul-africano, Jacob Zuma. O encontro acontece em vésperas da anunciada intervenção militar para expulsar as forças rebeldes que que actuam no leste da RDC. A cimeira tripartida foi preparada em Luanda, na passada terça-feira, durante um encontro entre os chefes de Estado de Angola e da África do Sul, que respectivamente lideram a Conferência Internacional da…

Leia mais