Heil MPLA, Heil Presidente!

A vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, disse que o partido pretende que os seus quadros e dirigentes sejam efectivamente defensores intransigentes da linha política, dos princípios e valores da orientação ideológica da organização, respeitando o povo e lutando, incansavelmente, pela defesa dos seus interesses. Isso inclui a “linha política” exemplificada pelos massacres de 27 de Maio de 1977? A responsável, que falava na abertura do curso de formação político-ideológica para os membros do Comité Central, disse que o MPLA encara a elevação constante do nível politico-ideológico e cultural dos quadros,…

Leia mais

Jacarés com rodas

Tomás Bica Mumbundo integra a lista de “candidatos” a membros do Comité Central do MPLA que já aprovou a lista dos 134 nomes a ser aprovada no 7.º Congresso Extraordinário, de 15 de Junho. É, entre muitos outros, o paradigma daquilo que os dirigentes do partido mais gostam: bajulação. Ontem bajulou (tal como fez João Lourenço) José Eduardo dos Santos e hoje bajula João Lourenço. Amanhã logo se verá… Em Setembro de 2014 a JMPLA, em Luanda, garantia que continuaria a trabalhar em prol do crescimento da organização, na perspectiva…

Leia mais

Também é preciso caçar marimbondos da oposição

O MPLA aprovou a estratégia para as primeiras eleições autárquicas angolanas, em 2020, no qual definiu o perfil dos candidatos que se apresentem à votação. A ideia é mesmo erradicar os marimbondos da Oposição que, apesar de muito fraquinha, de vez em quando ainda… pica. No quadro deste “pacote”, o Comité Central recomendou às estruturas do partido que tenham em atenção os Estatutos do MPLA e regulamentos vigentes, “acautelando a organização, a disciplina, a transparência, o rigor, a objectividade e a previsibilidade em todo o processo de modo a salvaguardar…

Leia mais

Amigos ao poder

O novo presidente do MPLA, João Lourenço, na primeira reunião extraordinária do MPLA, realizada hoje, dia em que foi eleito, por volta das 22h58, como era de se esperar, começou a varrer a casa e a entregar “guias de marcha” a alguns dinossauros, considerados não só radicais, como próximos de José Eduardo dos Santos e, alguns que em determinadas alturas, se opuseram ao novo homem forte do MPLA. Assim, na primeira reunião do Comité Central, saíram do Bureau político, Dino Matross, Paulo Kassoma, Joana Lina, Bento Bento, Norberto Garcia, entre…

Leia mais

Rei falou, sipaios comeram
e (é evidente) ajoelharam

O líder do MPLA, igualmente Titular do Poder Executivo e Presidente da República há 38 anos, José Eduardo dos Santos, defendeu hoje uma “boa organização” como prioridade do partido para as eleições gerais de Agosto próximo, às quais – parece – já não concorre. O líder do MPLA e Presidente de Angola desde 1979 (nunca nominalmente eleito) discursava na abertura da sessão extraordinária do Comité Central do partido, que hoje se reuniu para apreciar eventuais ajustamentos à lista de candidatos a deputados nas eleições gerais, que ainda não foram agendadas.…

Leia mais

E o sucessor é…

O presidente do MPLA, chefe de Estado e Titular do Poder Executivo, José Eduardo dos Santos, afirmou hoje o objectivo do partido em vencer as eleições gerais de 2017 pelo menos com maioria absoluta, mas não esclareceu se é candidato. “O nosso objectivo é ganhar as eleições com maioria qualificada ou no mínimo maioria absoluta e o segredo estará na disciplina, na união e coesão de todos em torno dos nossos candidatos, quer no processo da campanha eleitoral quer no momento da votação”, afirmou José Eduardo dos Santos, durante o…

Leia mais

João Lourenço na calha?
Só o “querido líder” sabe

O MPLA reúne sexta-feira em Luanda o Comité Central, numa altura em que o líder do partido no poder em Angola, José Eduardo dos Santos, ainda não disse se pretende recandidatar-se ao cargo de Presidente da República. Como o Folha 8 escreveu na sua última edição, num artigo de Pedrowski Teca, o mundo ouviu inúmeras vezes que o presidente José Eduardo dos Santos, no poder desde 1979 sem nunca ter sido nominalmente eleito, deixaria a Cidade Alta e a vida política activa. Mas foram, pelo menos até agora, palavras que…

Leia mais

Presidente do MPLA quer (mais) democracia

Presidente do MPLA quer (mais) democracia - Folha 8

O presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos, afirmou hoje, sexta-feira, que o partido está determinado em continuar a dar passos com vista a aprofundar a democracia interna. Era bom. Talvez depois conseguisse compreender o que é a democracia externa, ou seja a que não existe no país. José Eduardo dos Santos fez este pronunciamento ao discursar na abertura da 8ª sessão ordinária do Comité Central do MPLA que decorre em Luanda, tendo referido que só uma organização partidária fundada em princípios democráticos pode promover a democratização da sociedade em…

Leia mais