VAMPIRISMO DIVERSIFICADO E INCLUSIVO

O Governo angolano, nas mãos do MPLA há 48 anos, reiterou hoje a necessidade de construir uma economia assente numa base produtiva “dinâmica, diversificada e inclusiva”, e diz testemunhar, “com satisfação”, pelo país um movimento dinâmico de transformação da vida no campo. Como prefácio a um “best-seller” do anedotário nacional, da autoria do ministro de Estado para a Coordenação Económica de Angola, José de Lima Massano, não poderia ser mais eloquente. osé de Lima Massano, destacando o bom ritmo (segundo a bitola da minhoca que julga ser uma jibóia) de…

Leia mais

SÓ NÓS SABEMOS QUE SOMOS OS MELHORES

O Governo angolano (do MPLA há 48 anos) considera que o ambiente de negócios do país “não é péssimo e nem é mau”, mas “tem espaço para melhorias”, tendo como base a segurança patrimonial, reconhecimento da propriedade privada e outros. Por alguma razão (pós-doutoramento em venda da banha de cobra) José de Lima Massano é – segundo o seu patrão – o perito dos peritos do regime. e acordo com o ministro de Estado para a Coordenação Económica de Angola, José de Lima Massano, não existe nenhum país do mundo…

Leia mais

GIGANTES COM PÉS… DESCALÇOS

O ministro de Estado e da Coordenação Económica, José de Lima Massano, rejeitou hoje que a inflação em Angola esteja descontrolada, admitindo que se venha a registar um abrandamento dos preços nos próximos meses. Aliás, desde que o MPLA está no Poder (há 48 anos) nada está descontrolado… uestionado pela Lusa, à margem da conferência Angola Oil&Gas, sobre os dados divulgados terça-feira, que colocam a inflação de Agosto em 13,54%, nos limites do intervalo de 12 a 14% esperado pelo Governo, Lima Massano considerou que a inflação está, ainda assim,…

Leia mais

RAZÕES PARA ACREDITAR NO PARAÍSO (DO MPLA)

Acedi ao convite que me foi formulado pelo Ministério da Indústria e Comércio, não apenas pela importância de que se reveste este evento tendo em conta as experiências anteriores, mas especialmente pelo carácter sugestivo do lema desta 5ª Edição da Expoindústria: «É Possível Caminharmos Juntos». Por João Lourenço (*) e facto, as nossas acções, os nossos programas, os nossos planos, só podem lograr êxitos se caminharmos efectivamente juntos. O contexto actual da indústria transformadora nacional oferece-nos hoje bastantes desafios, oportunidades mas também constrangimentos, que caracterizam o contexto global e específico…

Leia mais

MATUMBOS, MAS NEM TANTO!

O general João Lourenço, Presidente angolano e do MPLA, bem como Titular do Poder Executivo, destacou hoje que o país (referia-se à sua re(i)pública) saiu em 2021 do período de recessão económica “em que esteve mergulhado desde 2016”, comprometendo-se a tudo fazer para que Angola não “interrompa este momento de crescimento económico”. mensagem de João Lourenço dirigida à Assembleia Nacional do MPLA, onde hoje supostamente se discutiu, na generalidade, o Orçamento Geral de Estado (OGE) para 2023, foi lida pelo ministro de Estado para a Coordenação Económica, Manuel Nunes Júnior.…

Leia mais

OGE ELEITORAL PARA 2023

A consultora Eurasia considerou que as eleições municipais em Angola, previstas para 2023, deverão ser adiadas para permitir ao Governo capitalizar os resultados das medidas de apoio previstas no Orçamento para 2023. Em concreto, as eleições serão realizadas (como todas) quando MPLA tiver a certeza que as vai ganhar. O susto que apanharam este ano, perdendo mas ganhando, não voltará a acontecer… se isso depender do MPLA. ssim, segundo a Eurasia, “as autoridades deverão provavelmente adiar as eleições municipais para 2024, pelo menos, depois de estarem previstas para 2023, para…

Leia mais

A PÓPIA DOS VENDILHÕES

Angola tem trabalhado para se posicionar cada vez mais como um “Estado amigo do ambiente” e o seu ordenamento jurídico afigura-se “suficientemente protector do ambiente”, com normas que consagram imposições e proibições de crimes ambientais, foi hoje anunciado. Quando será que o MPLA (no poder há 47 anos) entende que o problema não está nas leis, nos acordos, nos compromissos que subscreve, mas sim no seu não cumprimento? egundo o ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente angolano, Adão de Almeida, o país tem trabalhado, enquanto membro…

Leia mais

IDE EM PAZ E QUE O MPLA VOS ACOMPANHE?

Os bispos católicos angolanos exortaram hoje os políticos a fazerem discursos que “elevem o patriotismo e a cidadania”, reiterando a necessidade da “tolerância” e de “evitarem discursos insultuosos e incendiários, que tendem à banalização”, em ambiente eleitoral. Mais vale tarde do que nunca… É preciso primar “principalmente os políticos, por discursos que despertem a nobreza do patriotismo, da cidadania, da harmonia e amizade social que garantam no povo acreditar num futuro melhor”, afirmou hoje o presidente da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST), José Manuel Imbamba. O responsável…

Leia mais

SÓ MESMO JOÃO LOURENÇO SERIA (IN)CAPAZ

O Ministro de Estado para a Coordenação Económica, Manuel Nunes Júnior, afirmou, em Moçâmedes, que o MPLA tem força para vencer as próximas eleições, graças à implementação do processo de reformas, que está permitir retomar o crescimento, apesar da crise económica internacional e da pandemia da Covid-19, que afectaram o mundo, principalmente de 2020 a 2021. Foi isso que o chefe mandou dizer, é isso que ele diz. “O presidente do MPLA, no âmbito da governação, está a dirigir um processo de reformas que está a permitir realizar muitas coisas…

Leia mais

TODOS SOMOS LIVRES PARA VOTAR (NO MPLA)

Luísa Damião, a vice-presidente do MPLA, partido no poder há 46 anos, disse hoje, em Luanda, que continuam a sensibilizar (sinónimo da coagir pela barriga) os seus potenciais eleitores para que as eleições de Agosto sejam realizadas “de forma ordeira e tranquila”. Luísa Damião falava no final de uma reunião promovida pelo executivo para abordar questões ligadas ao processo eleitoral, designadamente dúvidas sobre o registo eleitoral oficioso, que teve a duração de seis meses. “A democracia faz-se com todos, mas precisamos de respeitar as leis e nós somos partidos com…

Leia mais