EFACEC? O QUE É ISSO, PERGUNTA O MPLA

O ministro da Economia e do Mar de Portugal, António Costa Silva (natural de Catabola, Angola), afirmou (falhada a venda ao grupo DST) que há “alguns interessados, mais do que se pensa” na compra da Efacec e garantiu estar empenhado em encontrar uma solução para a empresa. “Nesta altura, a única coisa que posso dizer é que estamos empenhados em encontrar uma solução para a Efacec, que é uma grande empresa tecnológica, importante para o país”, afirmou António Costa Silva, referindo que este é “um processo complexo” mas garantindo que…

Leia mais

NINGUÉM QUER A EFACEC? CHAMEM A… ISABEL!

Privatização da Efacec volta à estaca zero com fim das negociações com a DST. Governo confirma que não foi concluída a alienação, depois de longos meses de negociações com o grupo de Braga. Processo para a privatização vai continuar, escreve o jornal português Público. E continua: Ainda não foi desta vez que o atribulado processo de privatização da Efacec foi concluído. Os ministérios da Economia e das Finanças informaram esta sexta-feira, em comunicado conjunto, a ruptura das negociações para a venda de 71,73% do capital social da Efacec, que está…

Leia mais

VOLTA ISABEL, ESTÁS PERDOADA!

Os trabalhadores da Efacec (Portugal) cumprem na próxima quarta-feira uma greve de duas horas para exigir ao Governo a compra de matérias-primas, contestar a reprivatização e reclamar a demissão da administração da empresa, avançou fonte sindical. Nos termos do pré-aviso de greve – emitido pelo Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Actividades do Ambiente do Norte (Site-Norte) – a greve decorrerá entre as 14:00 e as 16:00 de quarta-feira, estando prevista uma concentração de trabalhadores na portaria principal do polo da Arroteia, em São Mamede de Infesta, Matosinhos,…

Leia mais

Portugal é… “barriga de aluguer”

A Winterfell, empresa de Isabel dos Santos que controlava a Efacec, apresentou uma acção de impugnação da decisão do Governo português de nacionalizar as suas acções da companhia, argumentando, entre outras alegações, violação de preceitos legais. Em comunicado, a Winterfell refere que, “nos fundamentos desta acção”, são apresentados dez argumentos de que a nacionalização da Efacec – empresa portuguesa que opera nos sectores da energia, engenharia e mobilidade – terá alegadamente violado “um conjunto de preceitos legais”. Na nota, a empresa Winterfell informa que, “na sequência da publicação no Diário…

Leia mais

PGR de Angola desconhece leis de países onde pleiteia

A recente nacionalização da Efacec e a informação distorcida passada pelo Procurador-Geral da República de Angola, general doutor, Pitta Groz, ao Titular do Poder Executivo, levando, erroneamente, João Lourenço a enquadrar o acto do governo português, de 2 de Julho de 2020, como estando no quadro da cooperação judiciária, entre os dois países. A nacionalização da empresa eléctrica, através do Decreto-Lei n.º 33-A/2020 de 2 de Julho, está fora dos acordos. Logo é uma ofensa à razoabilidade jurídica, tal interpretação e, mais grave é da irracionalidade e raiva na gestão…

Leia mais

Os louros de João Lourenço

O Presidente angolano, João Lourenço, considerou hoje que, “de alguma forma”, a nacionalização da Efacec está relacionada com a cooperação judiciária entre Angola e Portugal no âmbito dos processos que envolvem a empresária Isabel dos Santos e cuja documentação (supostamente comprovativa) a “Justiça” angolana ajudou a encaminhar para o “Luanda Leaks”. “É um trabalho que vem sendo feito entre a justiça angolana e a justiça portuguesa”, afirmou o chefe de Estado, à margem da inauguração do novo Instituto Geológico de Angola, em Luanda. Por outras palavras, o também Presidente do…

Leia mais

Portugal nacionaliza a Efacec

O Governo português anunciou que vai nacionalizar 71,73% do capital social da empresa Efacec Power Solutions. Esta medida garante, segundo o Executivo a “salvaguarda de cerca de 2.500 postos de trabalho” e a “continuidade da empresa”. A reprivatização deverá ser a fase seguinte. “E sta participação social é detida pela sociedade Winterfell 2, com sede em Malta, e indirectamente controlada por Isabel dos Santos”, disse, por sua vez, o ministro da Economia. “O Conselho de Ministros tomou esta decisão porque a Efacec está em situação de grande impasse accionista, na…

Leia mais

O último a rir é o que chora melhor

Isabel dos Santos recebeu quase 30 propostas para a aquisição da empresa que define como “um caso de sucesso”. A Efacec. Tanto sucesso que, no final e de acordo com a estratégia da Procuradoria-Geral da República do MPLA (Angola), os angolanos vão continuar com a barriga (ainda) mais vazia, e os seus proprietários continuarão a cantar e a rir num qualquer paraíso, fiscal ou não. Isabel dos Santos defende o sucesso da Efacec e sublinha que está “impossibilitada de poder ajudar”. Em comunicado emitido em nome da accionista Winterfell, tendo…

Leia mais

Sem contas congeladas

A empresa portuguesa Efacec esclareceu hoje que não tem as contas congeladas e que “está a operar a todos os níveis”, sublinhando que a sociedade e os seus accionistas “são entidades distintas”. No dia em que o Ministério Público de Portugal requereu o arresto de contas bancárias da empresária Isabel dos Santos, no âmbito do pedido de cooperação judiciária internacional das autoridades angolanas, a Efacec veio esclarecer, em comunicado, que a empresa e os seus accionistas “são entidades distintas”, pelo que as contas da empresa “não foram congeladas, nem em…

Leia mais

E quem se lixa são os…

Em Portugal, os trabalhadores da Efacec estão com o coração nas mãos após o anúncio da venda da participação de Isabel dos Santos (declarada “inimiga número 1” pelo supostamente novo regime do MPLA). Temem o que será uma certeza, novos despedimentos. O Sindicato das Indústrias Transformadoras e Energia do Norte (Site Norte) tem-se mostrado “apreensivo”, primeiro com o arresto das contas e participações em empresas de Isabel dos Santos e, mais recentemente, com o anúncio da venda da participação da empresária angolana na Efacec, rejeitando que tal possa vir a…

Leia mais